Arquivos diários: 12 de junho de 2019

Condeúba: Reeleita por aclamação a Diretoria do Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentável

Por Oclides da Silveira

Reeleita por aclamação a diretoria do Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentável de Condeúba (CMDS)

O Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentável de Condeúba (CMDS), teve sua reeleição confirmada por aclamação no último dia 4 de junho de 2019, o seu diretório renovado para o Biênio 2019-2020. Para presidente, permanece José Carlos Batista (Zé de Fernando), vice presidente, também permanece José Alves Pereira (Zezo), como secretário assumiu Juarí Francisco do Nascimento e como segundo secretário, continua Ailton Marques de Brito.

“Estamos na luta pela sustentabilidade de nosso município”, afirmou o Presidente reeleito José Carlos Batista. Continue lendo Condeúba: Reeleita por aclamação a Diretoria do Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentável

DIA DOS NAMORADOS – LIÇÕES DE AMOR

Por Antônio Santana

Professor, Escritor e Poeta Antônio da Cruz Santana

Aprendi a ler pensando em você
A despojar-me no seu bem-querer,
A plantar a semente ao amanhecer,
A perdoar para não ferir você.

Aprendi a amar sem questionar,
A perceber sem nada lhe oferecer,
A beijar você sem ver e sem sofrer,
A falar no seu nome sem saber o sobrenome.

Aprendi a me preparar para não atrasá-la,
A sonhar e a imaginar o rio dentro do mar,
A casar sem ter casa para morar,
A navegar a vida do jeito que dá.

Aprendi a contar prosa e depois me desculpar,
A viver um namoro com medo de terminar,
A gritar, a acreditar e a me libertar,
A ressuscitar na verdade e encontrar você na saudade.

Paróquia de Santo Antônio/Condeúba: Celebrada a 11ª noite do Trezenário de Santo Antônio

Por Oclides da Silveira

Tema: “Chamados a ser comunidade que reparte o pão e vive a caridade”

Foi celebrada ontem terça-feira dia 11 de junho de 2019, a 11ª noite do Trezenário de Santo Antônio. TEMA: “Chamados a ser comunidade que reparte o pão e vive a caridade”. DIRIGENTE: Padre Cleonidio. ANIMAÇÃO: Ana Maria, Antônia e Claudio Novaes. RESPONSÁVEIS: Pastoral do Dízimo e OVM.

O padre Cleonidio que pertence a uma comunidade da cidade de Brumado, fez uma belíssima celebração, com destaque especial para a reflexão sobre o tema da noite, que foi: “Chamados a ser comunidade que reparte o pão e vive a caridade”. Nesta linha nossa Igreja tem trabalhado de forma permanente, afirmou o Padre. No final da celebração a equipe responsável pela noite, entregou uma cesta de “Biscoitos Condeúba” como brinde ao Padre Cleonidio.

Os agradecimentos dos festeiros e comunidade em geral, para os Padres Cleonidio que veio celebrar conosco e também ao Padre José Silva que tem dado toda sua cobertura, para que essa festa de Santo Antônio, tenha dado tão certo até aqui, pois, nosso vigário não se ausentou em nenhuma das 11 noites do trezenário, mesmo com a presença de outros Padres que vieram para celebrar, ainda assim, o Pe. José Silva se fez presente. Continue lendo Paróquia de Santo Antônio/Condeúba: Celebrada a 11ª noite do Trezenário de Santo Antônio

Junho de 2019: 40 anos da morte de Woquiton Fernandes Teixeira

Por André Koehne

Dr. Woquiton Fernandes Teixeira

O dia 26 de junho de 2019 marca quatro décadas da morte de uma das figuras mais emblemáticas da política caetiteense no final do século XX: o médico Woquiton Fernandes Teixeira.
Nascido no dia 17 de maio de 1934, filho de D. Josefina e Franco Fernandes; dizem que era para ser registrado como “Washington”, mas um erro do escrivão consagrou o neologismo “Woquiton” que o tornava até então único. Formou-se em Medicina em Salvador, cidade onde conheceu a esposa Edelweiss Yeda Nunes, com quem teve três filhos: Hasama, Janssen e Jimena.

Em 1962, ano de sua formatura, Woquiton volta para a Caetité natal onde jazia fechado um hospital erguido durante a gestão do governador Antônio Balbino em parceria com a Diocese de Caetité; graças a ele e outros colegas como Carlos, Lely e Zequinha, as instalações foram finalmente inauguradas e a iniciativa colocava Caetité como pioneira na região ao possuir o primeiro hospital digno desse nome no sertão; aquela novidade também gerou um fluxo de pacientes acima do esperado, como o próprio Woquiton narrava, divertindo-se: ora era uma mulher que se queixava de uma dor que, no exame, revelava ter sentido cinco anos antes; ora um senhor que vinha examinar um ferimento já cicatrizado: todos queriam “experimentar” o hospital e os seus novos doutores… Continue lendo Junho de 2019: 40 anos da morte de Woquiton Fernandes Teixeira