Condeúba/Olho d’Água – Social: Completou anos hoje dia 29/6, a jovem Sra. Laurita Prates do Nascimento

Por Oclides da Silveira

Sra. Laurita Prates do Nascimento completa idade nova hoje 29/6

Completou idade nova hoje dia 29/6, a jovem Sra. Laurita Prates do Nascimento, ela que é mãe do diretor das Escolas do Campo Juari Francisco do Nascimento. Laurita ajudou a criar os seus 13 irmãos, ela que é a filha mais velha (adotiva) de José Silveira, ela é sempre muito querida e respeitada por todos como a matriarca da família.

Nós do Jornal Folha de Condeúba, deixamos nosso grande abraço fraternal e parabenizamos a prima Laurita pela passagem de seu aniversário, felicidades e que o bom Deus lhe dê muitos anos de vida, juntamente com sua família. Sucesso e admiração sempre amiga “Lau”.

Caminhoneiro é detido com 3 toneladas de maconha escondida em farinha no interior da Bahia

Foto: Divulgação/PRF

Um caminhoneiro foi preso nesta sexta-feira (28) após ser flagrado transportando mais de três toneladas de maconha, em um trecho da BR-116, na cidade de Feira de Santana, no interior da Bahia.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o material estava escondido em sacas de farinha na carroceria do caminhão, e foi localizado com a ajuda de um cão farejador durante uma fiscalização da rodovia.

Segundo a PRF, os responsáveis pela droga chegaram a usar naftalina para tentar disfarçar o cheiro da maconha, mas, mesmo assim, o cachorro conseguiu farejar o material. Conforme a PRF, o condutor do caminhão revelou que a maconha teria saído do Paraná e seguia para Sergipe. O caso está sob investigação. O condutor, o caminhão e a droga foram encaminhados para a Polícia Federal em Salvador.

Conta de luz fica mais caras em julho com taxa extra

Foto: iStockphoto/Getty Images

Os brasileiros pagarão mais caro na conta de energia no mês de julho, conforme anunciado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) nesta sexta-feira (28). A bandeira tarifária de julho será amarela, o que significa uma cobrança extra de R$ 1,50 a cada 100 quilowatts-hora consumidos.

Ao longo do mês de junho, esteve em vigor a bandeira verde. Neste patamar, não há cobrança extra nas contas de luz. O sistema de bandeiras tarifárias varia de acordo com o custo de geração de energia.

O objetivo é informar aos consumidores quando esse custo aumenta e permitir que eles reduzam o uso para evitar pagar uma conta de luz mais cara. Segundo informado pela Aneel, a mudança para a bandeira amarela se deu em virtude das previsões de chuvas abaixo da média na região onde estão as principais hidrelétricas do país durante mês de julho.

IBGE: Em 4 anos, comércio perde 80 mil empresas

Mais de 411 mil postos de trabalho e 80 mil empresas fechadas em quatro anos. Este é o saldo do comércio brasileiro em meio à retração econômica, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (27) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A Pesquisa Anual do Comércio (PAC) trouxe os dados consolidados do comércio em 2017.

Naquele ano, havia no país pouco mais de 1,5 milhão de empresas do ramo comerciário, que empregavam 10,2 milhões de trabalhadores. Em 2014, eram cerca de 1,6 milhão de empresas e mais de 10,6 milhões de ocupados no setor – uma queda, respectivamente, de 5% e 3,9% no período. Com o fechamento de empresas, também diminuiu o número de lojas, expresso na pesquisa como “unidades locais com receita de revenda”.

Nos quatro anos de crise, 61,7 mil lojas fecharam as portas no país, o que corresponde a uma queda de 3,9% no período. De acordo com o G1, a receita operacional líquida do comércio também encolheu com a crise. Ela atingiu a cifra de R$ 3,4 trilhões em 2017, valor este, segundo o IBGE, 5,2% menor que o alcançado em 2014.

De acordo com o técnico da Coordenação de Serviços e Comércio do IBGE, Jordano Rocha, somente o setor varejista registrou perda acumulada da receita no período, de 3%. O atacado, por sua vez, acumulou alta de 19,7%, e o de veículos, 8,9%.

Caetité: Polícia investiga desaparecimento de caminhoneiro de 64 anos

A Polícia Civil da Bahia investiga o desaparecimento do caminhoneiro Antônio Roberto Aguiar, de 64 anos, que saiu da cidade Seabra, na região da Chapada Diamantina, e seguia para o Porto de Salvador com uma carga de soja.

Nem ele e nem o carregamento chegaram ao destino. O caminhoneiro desapareceu na última quinta-feira (20). Após o sumiço, o caminhão que ele dirigia foi encontrado vazio em um trecho da BR-110, no município de Jeremoabo, no norte do estado.

A família de Antônio Roberto registrou o desaparecimento e está oferecendo uma recompensa de R$ 10 mil para quem tiver pistas do paradeiro da vítima. O caso está sob investigação da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Carga (Decarga).

Condeúba/Faz. Lagoa das Pedras: Morreu a Sra. Ozana Rosa de Lima aos 86 anos de idade

Por Oclides da Silveira

Sra. Ozana Rosa de Lima faleceu aos 86 anos de idade

Morreu neste sábado dia 29 de junho de 2019 pela manhã às 05:00 a Sra. Ozana Rosa de Lima aos 86 anos de idade, ela era viúva do Sr. Benvindo Amorim Silva, 11 filhos, sendo que um já faleceu, muitos netos e bisnetos. O seu corpo está sendo velado na sua residencia na Fazenda Lagoa das Pedras. O sepultamento será amanhã cedo dia 30/6 por volta das 6:00 horas no Cemitério Municipal de Sangue Suga.

Atendimento FUNERÁRIA SÃO MATHEUS

Nós do Jornal Folha de Condeúba deixamos nossos sentimentos à família enlutada por essa perda irreparável deste ente tão querido. Que o bom Deus a tenha ao seu lado para a eternidade. Descanse em paz Sra. “Ozana”.

O Dia de São Pedro e São Paulo é celebrado em 29 de junho

Por Oclides da Silveira

Estas são festividades típicas da Igreja Católica, em honra ao martírio dos apóstolos São Pedro e São Paulo

Em Condeúba a tradição de acender a fogueira de São Pedro continua sendo pelos viúvos. Ontem dia 28 de junho de 2019 véspera do dia de São Pedro, acenderam-se todas as fogueiras às 18:00 horas, as famílias reunidas se fazem uma oração em prol da alma do membro do casal falecido, em seguida bota fogo em todos os tipos de fogos que compõem as festividades junina, de chuvinha, traque, pega-moleque, bombas, foguetes e bombão.

Sra. Isabel que é também viúva e tia da Sra. Clarência, o ex-vereador José de Sousa, mais ao fundo Izael Pereira e a Sra. Clemência

Na casa da Sra. Clemência Pereira Silveira teve muitas comemorações, primeiramente por ela ser viúva do Sr. Deoclides Pereira, depois por ela ter a graça de receber muitos parentes vindo de São Paulo para passar essa data com ela, e por isso a Sra. Clemencia costuma fazer um convite aos parentes residentes aqui por perto e demais amigos, para realizar um grande forró, no decorrer da festa foram servidos todas as engarias da época como quentão, vinho quente, farofa de carne, chá de amendoim e outros mais.

A vereadora Nena dançando com o ex-vereador Jose de Sousa aos 92 anos

A animação da festa ficou por conta dos famosos artistas locais “Antoninho de Militão na sanfona, seguido por José Ribeiro no violão, “Zé de Moisés” no pandeiro e Cabral vocalista. A festança que começou por volta das 20:00 horas e foi até altas horas da madrugada do dia seguinte, contou com muitos casais dançando no grande salão da residencia de Joaquim Alves, um dos filho da Sra. Clemência. Estiveram prestigiando essa grande festa a vereadora Nena e os ex-vereadores  José de Sousa, seu filho Tony Sousa e o Professor Helio. Continue Reading

Após queda no Arraiá Aéreo em Bauru, piloto do 14 bis pede ajuda para reconstruir aeronave

Foto: Aceituno Jr

Tarde de domingo em Bauru, o evento que estava rolando era o ‘Arraiá Aéreo’! Milhares de pessoas estavam presentes para prestigiar as aeronaves, exposições e pilotos que, no céu azul da cidade, realizavam manobras quase impossíveis.

A Esquadrilha da Fumaça encantou a todos, com sete aeronaves, 40 minutos de apresentação e diversas acrobacias! Após a esquadrilha se apresentar, a réplica do 14 bis ia entrar em cena, para encantar os bauruenses em uma apresentação histórica.

Infelizmente, durante a decolagem, a aeronave de 15 anos foi atingida por um forte vento em sua lateral que provocou o acidente. A réplica do 14 bis caiu e foi destruída quase totalmente. Após a queda, o Piloto Allan Calassa, de Caldas Novas-GO, foi socorrido pela equipe de resgate e não teve ferimentos.

“Quando decolei, o nivelei para sentir a aeronave, aí os ventos viraram totalmente! Ali eu senti que já não era mais eu que controlava o voo”, comenta.

Allan ainda explica que não se machucou, porque os riscos com esse tipo de aeronave são poucos.

“Esse tipo de avião não causa ferimentos ao piloto! O Santos Dumont mesmo caiu várias vezes com o 14 bis. Ele chega muito lento ao solo, quando ele caiu em Bauru ele devia estar a uns 25 quilômetros por hora, então dificilmente um piloto sairia ferido da situação”, completa. Continue Reading