Categoria: Brasil

Lewandowski determina abertura de inquérito contra Pazuello

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, determinou nesta segunda-feira (25) a instauração de inquérito para investigar a atuação do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, no colapso da saúde pública em Manaus.

O pedido foi feito pelo procurador-geral da República, Augusto Aras, e decorre de representações apresentadas à PGR (Procuradoria-Geral da República) por partidos políticos.

De acordo com reportagem da Folha, os denunciantes relataram conduta omissiva do ministro e de seus auxiliares na crise que se instalou na rede hospitalar do Amazonas, principalmente nas unidades de saúde da capital.

Lewandowski deu cinco dias para a Polícia Federal colher o depoimento de Pazuello. O ministro se tornou relator do caso por ser responsável por outros processos que discutem a situação de Manaus.
“Atendidos os pressupostos constitucionais, legais e regimentais, determino o encaminhamento destes autos à Polícia Federal para a instauração de inquérito, a ser concluído em 60 dias, conforme requerido pelo Procurador-Geral da República, ouvindo-se o Ministro de Estado da Saúde”, decidiu.

Fonte: Bahia Notícias

Filme com participação do artista caculeense Carlos White estreou neste domingo em Tiradentes-MG

Imagens do Instagram Rosa Tirana

O filme “Rosa Tirana”, produzido e dirigido por Rogério Sagui, estreou em grande estilo, neste domingo (24), ao participar da 24ª Mostra de Cinema de Tiradentes, em Minas Gerais, um dos mais importantes festivais de cinema do país. O longa-metragem, filmado no interior da Bahia, conta com a participação do ator José Dumont, Elba Ramalho em sua trilha sonora.

O Caculeense Carlos Alberto de Souza, mais conhecido como Carlinhos White, fez parte do elenco juntamente com o ator global José Dumont.

Na manhã deste domingo, o ator através de suas redes socais anunciou o grande lançamento. O longa-metragem promete ser sucesso da televisão brasileira.

O longa conta sobre a maior seca que o sertão nordestino já viveu, pessoas que abandonaram suas casas em busca de sobrevivência e água.

É nesse lugar que vive Rosa, uma menina de dez anos de idade, que ao ver sua mãe adoecer, os rios secando e o sertão sendo tomado por desesperança, sai em jornada para encontrar Nossa Senhora Imaculada, a rainha do sertão, a fim de lhe entregar uma flor que poderia ser a única a resistir àqueles longos anos de seca, e então a santa realizaria o milagre: fazer chover no sertão.

Acidente com ônibus deixa ao menos 12 mortos e 9 feridos no Paraná


Um acidente com um ônibus de turismo por volta das 8h30 desta segunda-feira (25) na BR-376 em Guaratuba, no litoral do Paraná, deixou ao menos 12 mortos e 9 feridos, de acordo com informações da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

O veículo saiu da pista e tombou na margem da rodovia na altura do km 668, conhecido como Curva da Santa, quando descia a Serra do Mar. O Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) presta atendimento no local.

Entre os feridos, 5 estão em estado grave e 4 em estado moderado. Eles foram transportadas para hospitais de Curitiba, no Paraná, e de Joinville, em Santa Catarina. Ao todo, o veículo levava 57 passageiros e tinha dois motoristas. Ainda não se sabe as causas do acidente.

Em sua conta no Twitter, o governador do Pará, Hélder Barbalho (MDB), afirmou que recebeu com muita tristeza a notícia do acidente envolvendo um ônibus de turismo de Belém.

“Imediatamente, pedi para o secretário de segurança do Estado entrar em contato com os responsáveis pelo resgate, no local do acidente, para identificar as vítimas e prestar o apoio necessário. Meus sentimentos aos que perderam familiares nesse terrível incidente”, escreveu Barbalho.

“O Governo irá acompanhar para dar o suporte necessário.”

Fonte: sertaoemdia.com.br

TSE suspende consequências para quem não votou nas eleições de 2020

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, assinou ontem (21) uma resolução suspendendo as consequências legais para quem não votou nas eleições municipais de 2020 e não justificou ou pagou a multa. Entre suas justificativas, a medida considera “que a persistência e o agravamento da pandemia da Covid-19 no país impõem aos eleitores que não compareceram à votação nas Eleições 2020, sobretudo àqueles em situação de maior vulnerabilidade, obstáculos para realizarem a justificativa eleitoral”.

O texto da resolução sobre o assunto considera ainda a “dificuldade de obtenção de documentação comprobatória do impedimento para votar no caso de ausência às urnas por sintomas da covid-19”. A norma não estipula prazo para a suspensão das sanções para quem não votou e não justificou ou pagou multa.

A medida ficará vigente ao menos até que o plenário do TSE vote se aprova ou não a resolução assinada por Barroso. Isso não deve acontecer antes de fevereiro, devido ao recesso forense. A resolução destaca que não se trata de uma anistia para quem não votou, pois tal providência somente poderia ser tomada pelo Congresso Nacional, frisa o texto da norma.

O prazo para justificar ausência no primeiro turno encerrou-se em 14 de janeiro. O limite para justificar a falta no segundo turno é 28 de janeiro. Ambas as datas marcam os 60 dias após as votações, que ocorreram em 15 e 29 de novembro.

Cai avião com jogadores do Palmas Futebol; IML e Bombeiros confirmam que há mortos

O acidente aconteceu logo após a decolagem no distrito de Luzimangues, no estado de Tocantins. Morreram o presidente, o comandante e quatro jogadores

Correio Braziliense

Um avião particular de pequeno porte caiu, na manhã deste domingo (24/1) às 8h15, logo após a decolagem no distrito de Luzimangues, no estado de Tocantins. Vídeos compartilhados nas redes sociais mostram a aeronave completamente destruída num matagal onde há uma fumaça cinza. Segundo a TV Anhaguera, o Instituto Médico Legal e o Corpo de Bombeiros confirmaram a morte de todos os tripulantes.

Como os corpos ficaram carbonizados após o acidente, a identificação foi feita com a confirmação da lista de passageiros divulgada pela assessoria de imprensa do Palmas Futebol, clube da cidade tocantinense. Estavam a bordo o presidente do clube Lucas Meira, o comandante Wagner e os jogadores Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule e Marcus Molinari. A equipe viajava para jogar na segunda-feira (25/1) contra o Vila Nova em Goiânia pela Copa Verde.

As causas do acidente ainda não foram reveladas. O avião caiu no final da pista da Associação Tocantinense de Aviação. O clube lamentou o acidente e ressaltou que daria todo o apoio a família das vítimas. Confira a íntegra da nota.

O Palmas Futebol e Regatas vem por meio desta informar que por volta das 8h15 da manhã deste domingo, 24, ocorreu um acidente aéreo envolvendo o presidente do clube Lucas Meira, quando decolava para Goiânia, para a partida entre Vila Nova x Palmas nesta segunda, 25, válida pela Copa Verde. O avião em que Lucas estava junto com o comandante Wagner e os atletas Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule e Marcus Molinari, decolou e caiu no final da pista da Associação Tocantinense de Aviação. Lamentamos informar que não há sobreviventes. Neste momento de dor e consternação, o clube pede orações pelos familiares aos quais prestará os devidos apoios, e ressalta que no momento oportuno voltará a se pronunciar. Continue lendo

Novo Bolsa Família deve ser liberado no final do mês; Confira as novidades no programa

No final de 2020 o governo federal decretou o fim do auxílio emergencial deixando os beneficiários preocupados, principalmente porque a pandemia ainda não passou e o equilíbrio da economia e renda familiar parece cada vez mais distante.

Com isso, muitos tem esperança de serem inseridos no programa Bolsa Família, que segundo o Ministério da Cidadania, será turbinado em 2021.

Na última segunda-feira, o ministro da Cidadania Onyx Lorenzoni, informou em entrevista exibida no programa Direto ao Ponto, da Jovem Pan que o novo Bolsa Família será pago até o final de janeiro..

Quais as novidades no programa?

De acordo com Lorenzoni, todos os detalhes do novo Bolsa Família já estão acertados e assim, a pasta está pronta, só aguardando a autorização do presidente Bolsonaro para ser divulgado.

Questionado sobre o novo programa, o ministro disse que não precisa criar um outro e o que tiver de ser modificado será feito no Bolsa Família mesmo, ele diz que não necessidade de mudar, e facilita bem mais, pois as pessoas já se familiarizaram com o programa.

Onyx disse ainda que o novo Bolsa Família deverá pagar um valor mínimo que seja superior a R$ 200:

“Vamos dar garantia para as famílias. Se a pessoa se empregou e perdeu o emprego por algum motivo, pode voltar para o programa, sem entrar na fila”.
Por fim o ministro explica de onde virá os recursos para custear o novo Bolsa Família:

“Fizemos caber o novo Bolsa dentro dos R$ 35 bilhões que o orçamento nos reserva para 2021. Nós fizemos tudo que podíamos em 2020, não pedimos um centavo a mais em nenhum programa do Ministério da Cidadania. É um aprofundamento fiscal que não tem espaço para inventar, tem espaço para ser criativo e fazer um programa diferente, mais direcionado”.

Fonte : diário ao vivo

Coronavírus: Fiocruz inicia aplicação da vacina de Oxford

Foto: Reprodução/G1

A Fiocruz começou, neste sábado (23), as primeiras imunizações com a vacina da Oxford/AstraZeneca. Os primeiros vacinados foram o infectologista Estevão Portela e a pneumologista Margareth Dalcolmo. A cerimônia ocorreu de forma simbólica, horas depois do desembarque de 2 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca no Rio.

De acordo com o G1, o carregamento foi produzido no Instituto Serum, na Índia, e passou por um procedimento de análise de segurança na Fiocruz antes de ser liberado ao Ministério da Saúde, que vai distribuí-lo aos estados. até domingo (24). Logo após ser vacinada, Dalcolmo disse que o país poderá celebrar — de verdade — quando tiver uma cobertura vacinal significativa. “Pensei que vai chegar um dia que realmente poderemos comemorar.

Hoje é um dia simbólico. Nós vamos comemorar de verdade quando tivermos 70% da população vacinada”, disse Dalcolmo. A especialista aproveitou o momento para homenagear os profissionais da Saúde que “passam por momentos dificílimos” na linha de frente. Ela repetiu que todas as vacinas aprovadas são seguras e estimulou a população a confiar na ciência.

“Qualquer movimento que desestimule a população ou as pessoas a não tomarem a vacina, que é a única solução capaz de interromper a cadeia de transmissão e controlar uma pandemia desta magnitude, está fazendo um desserviço, uma desumanidade. Algo injustificável. Considero os movimentos anti vacina marginais e sem nenhuma possibilidade de defesa”, criticou.

TAIOBEIRAS MERECE UM CAMPUS DO INSTITUTO FEDERAL

Sim! Eu acredito nessa ideia.

Durante a campanha eleitoral de 2020, defendi a ideia de que o belo prédio da Escola Técnica de Taiobeiras, construído pelo Ministério da Educação a partir do Programa Brasil Profissionalizado, criado pelo ex-ministro de Lula e Dilma, Fernando Haddad, em parceria com o estado e o município, obra totalmente pronta, mas ainda não inaugurada e utilizada, fosse absorvido pelo Instituto Federal do Norte de Minas Gerais, tornando-se mais um de seus campi.

Exemplo de política pública bem sucedida, a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, criou os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IFs) na gestão Lula/Haddad, através da Lei Federal nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008, possibilitando a interiorização de educação técnica e tecnológica qualificada para adolescentes e jovens das classes populares de todo o Brasil. Também a graduação e a pós-graduação têm espaço nos campi dos IFs no país inteiro.

Modelo bem sucedido, próximo de Taiobeiras, tivemos a incorporação da antiga Escola Agrotécnica Federal de Salinas ao Instituto Federal do Norte de Minas Gerais, ampliando a oferta de cursos, os recursos aplicados e constituindo aquela unidade de excelência num verdadeiro espaço universitário dentro do Alto Rio Pardo.

Por seu porte e situação central na microrregião, penso que Taiobeiras também não pode ficar de fora dessa rede. Acredito que a parte mais complicada nós já temos resolvida, que é a estrutura física, o prédio.

Agora, independentemente de a ideia partir da oposição de esquerda, é hora de toda a classe política taiobeirense se unir e buscar realizar gestões junto ao MEC, ao IFNMG e às autoridades políticas do Executivo e Legislativo (de todos os níveis da federação) para alcançarmos esse objetivo.

E aí, o que você acha?

Professor Levon

#IFNMG #campus #taiobeiras #EscolaTécnica #MEC #educação #juventude #levon

Cientistas se mobilizam para incentivar vacinação contra Covid-19

Na mesma semana em que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o uso emergencial da CoronaVac e da vacina de Oxford, cientistas e entidades criaram a campanha “Todos pelas Vacinas”. O objetivo é esclarecer as dúvidas sobre as vacinas, combater a disseminação de notícias falsas e mostrar que a vacinação não deve ser tratada como uma decisão individual.

“A vacina tem que ser tratada como um pacto de toda a sociedade para que o vírus pare de circular. Quando você se vacina, você protege não só você, mas quem está em volta de você, inclusive quem não pode tomar a vacina”, disse Flávia Ferrari, do Observatório Covid-19.

Justiça condena Eduardo Bolsonaro a pagar R$ 30 mil a jornalista

Foto: GloboNews

O Tribunal de Justiça de São Paulo condenou nesta quinta-feira (21) o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) a indenizar em R$ 30 mil a jornalista Patricia Campos Mello, do jornal “Folha de S.Paulo”, por danos morais. Ainda cabe recurso da decisão do juiz Luiz Gustavo Esteves, da 11ª Vara Cível de São Paulo, que também determinou o pagamento de custas processuais e honorários advocatícios no valor de 15% da condenação.

A jornalista acionou a Justiça após ter sido alvo de ofensa de cunho sexual, feita por Eduardo Bolsonaro em uma live publicada nas redes sociais. O deputado afirmou que Mello “tentava seduzir” fontes para obter informações que fossem prejudiciais sobre o governo do pai, Jair Bolsonaro. A live foi ao ar pelo canal do YouTube chamado “Terça Livre TV”, em 27 de maio do ano passado. O deputado também insinuou na transmissão que a jornalista propagava fake news contra o presidente para ganhar promoção no jornal.

“É igual a Patrícia Campos Mello. Fez a fakenews de 2018, para interferir na eleição presidencial, entre o primeiro e segundo turno, e o que ela ganhou de brinde? Foi morar no Estados Unidos, correspondente, né? Acho que da Folha de S.Paulo, lá nos Estados Unidos”, disse Eduardo Bolsonaro.

Para o magistrado que julgou a ação, entretanto, o filho do presidente cometeu “ofensa à honra da autora, posto que o requerido lhe imputou, falsamente, (a) a prática de fakenews e, via consequência, a conquista de uma promoção no trabalho e (b) que teria se insinuado sexualmente para obter informações do seu interesse”.