Categoria: Condeúba

Vitória da Conquista: Campanha da Fraternidade 2024 é tema de audiência na Câmara

O Arcebispo de Vitória da Conquista, Dom Josafá Menezes da Silva

Na noite desta terça-feira, 27, foi realizada na Câmara Municipal de Vitória da Conquista, a Sessão Especial em comemoração a Campanha da Fraternidade 2024. Esse ano, a campanha tem como tema Fraternidade e Amizade Social e é promovida pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). A sessão no Legislativo Municipal está prevista na na Lei número 2.081 de 2016 e desde então é realizada todos os anos em parceria com a igreja católica. Além dos parlamentares e representantes da igreja, autoridades e representantes da comunidade participaram do encontro.

Tornar atual a mensagem de Jesus – O presidente da Câmara Municipal de Vitória da Conquista, vereador Hermínio Oliveira (PODE) afirmou que a Campanha da Fraternidade 2024 traz um convite de amor que ultrapassa as barreiras geográficas e do espaço. “Diante do processo de divisão, ódio, guerras e indiferenças que tem marcado a sociedade brasileira e o mundo, somos convocados a despertar o olhar de irmão, o cuidado, a empatia. Somos responsáveis pelos ambientes que estamos e convivemos”, afirmou. O presidente destacou ainda que a missão da igreja é tornar atual a mensagem de Jesus.

Oração, jejum e esmola – O Arcebispo Dom Josafá Menezes da Silva lembrou que quaresma está firmada sobre o tripé da oração, o jejum e a esmola. Para ele, esses princípios além de alicerçar a comunidade cristã, viabiliza a efetividade para a Campanha da Fraternidade. “Precisamos tornar o caminho quaresmal mais efetivo e fraternal. É por essa razão que realizamos a Campanha da Fraternidade”, declarou o Arcebispo. Dom Josafá lembrou que muitas das pastorais existentes em Conquista nasceram como fruto dessas campanhas. Nesse contexto, o líder religioso afirmou que a Campanha da Fraternidade deve entrar nos programas das pastorais, comunidades, serviços e movimentos eclesiais, além de se tornar tema e ação de muitos setores da sociedade civil.

O Arcebispo encerrou seu pronunciamento destacando a relevância do tema da campanha em 2024. “Fraternidade de amizade social”, essa é a motivação para que possamos abrir nossos corações na dimensão dos braços da cruz que nunca se fecha e acolhem a todos e aqueles mais necessitados”, ressaltou. Por fim, agradeceu a Câmara Municipal por sediar esse debate. “Estamos felizes por sermos acolhidos nessa Casa Legislativa e darmos inicio a essa sessão solene tão importante para tratar a campanha da fraternidade”, pontuou Dom Josafá.

Acolhimento do Poder Legislativo – O coordenador arquidiocesano de Pastoral, Padre Frenilson, destacou que anualmente a Câmara acolhe as atividades da Campanha da Fraternidade. “A apresentação da Campanha da Fraternidade é um evento que acontece de forma tradicional nessa Casa do Povo. Objetiva refletir o drama social e, juntamente com o nosso Legislativo, os pastores e agentes sociais, sensibilizar para que a proposta da Campanha da Fraternidade aconteça de forma eficaz em nossa cidade”, disse ele. “Um tema caro pois nos convida a olhar para o outro com Fraternidade”, completou.

“O outro sob a ótica do amor” – Para falar sobre o tema da Campanha da Fraternidade 2024, o professor Mozart Tanajura, utilizou como base o livro escrito por ele “O outro sob a ótica do amor”, publicado no ano de 2014, que apresenta uma releitura do evangelho segundo São João na qual ele buscou enfatizar a necessidade de viver o amor entre irmãos. Mozart lembrou que o tema da Campanha este ano, tem tudo a ver com a alteridade, a qual foi pautado o seu livro. “Alteridade é um tema pertinente se quisermos entender o porque de Jesus ter estado na terra e nos ensinado a viver cada vez mais a nossa dimensão humana na comunhão”, disse. O professor lembrou também que em todos os 60 anos de Campanha, todos os temas têm como base o evangelho de Cristo, em dimensão social. Ao analisar o texto base, Mozart explicou o significado de cada um dos pontos abordados: “os símbolos na teologia nos ajudam compreender os mistérios da fé, são como placas que nos indicam o caminho e nos levam a uma outra realidade, a capa deste ano traz várias pessoas em torno de uma mesa, pois a mesa simboliza comunhão” e  comparou também a realidade da casa legislativa, que se une tanto bancada de situação como a de oposição em torno de determinado tema para se chegar a um senso comum. Ele também falou da importância de compreender que todos os seres humanos são iguais, na condição de valores e de direitos, mas que ao mesmo tempo são diferentes nos sentimentos, ideias e ideologias. “A nossa sociedade precisa viver e beber dessa fonte”, afirmou, lembrando também os desafios que a igreja encontra, especialmente para o Papa Francisco que tem a missão de pastorear o povo católico em meio a suas limitações.

Mozart fez um breve relato dos temas abordados no texto base da campanha, e com ênfase na “Amizade do ponto de vista filosófico”, na qual destaca Sócrates: “a amizade ganha um contorno pessoal e ela se restringe ao âmbito humano, e é necessária para a construção pessoal”. Concluiu dizendo que a amizade Social é uma fraternidade aberta, que permite reconhecer, valorizar e amar ao outro, lembrando que ninguém tem o direito de dominar o outro, mesmo que tenha ideias diferentes.

“Comunicar com a vida o amor de Deus” – Monsenhor Gerson, da Arquidiocese de Vitória da Conquista, destacou que a campanha do ano de 2024 é um grande desafio para todos, pois ela deseja renovar a vida da sociedade, chegando no coração de cada pessoa. Ele relembrou o primeiro domingo da quaresma, em que o tema das tentações, do evangelho de São Marcos, mostra que o ser humano nasceu para o bem, mas está em permanente estado de tentação, por isso, o espírito de Jesus Cristo em cada um é necessário para resistirmos e nos convertemos à fraternidade e amizade social. Ele ainda afirmou que o tema toca em questões profundas do dia a dia, como: o direito à vida em todas as suas fases, a luta contra as guerras, o combate ao preconceito e discriminação e a promoção da inserção do pobre no mundo do trabalho, educação e saúde. O pároco finalizou sua fala citando o Papa Francisco: “amizade social é uma fraternidade aberta que permite reconhecer, valorizar e amar”.

Dificuldades a serem vencidas – A Irmã Iracema, das Medianeiras da Paz, destacou que ensinar as crianças e adolescentes a reconhecer o outro como irmão. “Para nós que estamos à frente da educação tem sido um constante desafio trabalhar com as crianças e nossos adolescentes para que saem das redes e reconheçam o próximo como aquele que é meu irmão”, disse ela.

Amizade construída diariamente – O coordenador arquidiocesano das pastorais sociais, Wallas Santos, destacou que o tema da Campanha da Fraternidade de 2024 está bem alinhado com aquilo que as pastorais vivem diariamente. “A gente exercita esse tema todos os dias em nossas atividades cotidianas por meio das pastorais. Essa amizade que construímos com nossos irmãos é de grande valia para toda comunidade”, afirmou. Ele reafirmou o compromisso com as atividades sociais desenvolvidas pela Igreja em Vitória da Conquista. “Vamos continuar firmes fazendo esse trabalho de amor e carinho e fortalecendo ainda mais essa amizade”, concluiu.

Vitória da conquista acolhedora – Michael Farias, Secretário de Desenvolvimento Social, iniciou dizendo que “ao ouvir Mozart Tanajura falar sobre o tema, eu me lembrei de como Vitória da Conquista, converge para ser uma grande região metropolitana”, disse, enfatizando que a cidade acolhe muitas pessoas que chegam para estudar ou trabalhar e que acabam se consolidando como cidadãos conquistenses. Ele associou essa chegada e acolhida ao tema da Campanha da Fraternidade 2024, que exorta toda a sociedade a importância dos laços de amizade e de acolhida, pensando sob as perceptivas de inclusão.

Segundo ele, “Vitória da Conquista, talvez de todas as cidades brasileiras, é uma cidade de homens e mulheres que tem dentro de si esse sentimento de comunhão e convergência, e sobretudo de um coração aberto a uma perceptiva de acolhimento”, disse, exaltando a importância do tema para enfrentamento dos desafios históricos do país, como a pobreza, falta de acesso a educação e politicas sociais de combate a desigualdade. E concluiu dizendo que não há como se falar em fraternidade e amizade social sem se falar em inclusão e do enfrentamento as desigualdades.

Brumado: TCM acata termo de ocorrência contra ex-prefeito Aguiberto Lima Dias

TCM acata termo de ocorrência contra ex-prefeito de BrumadoO ex-prefeito do município de Brumado, Aguiberto Lima Dias

Os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), em sessão plenária, realizada nesta terça-feira (27), consideraram procedente termo de ocorrência movido pela 2ª Diretoria de Controle Externo (2ª DCE) contra o ex-prefeito do município de Brumado, Aguiberto Lima Dias.

O termo tem como objeto o cometimento de irregularidade relacionada ao cancelamento de “Restos a Pagar” não processados.

Apesar de indicar voto pela procedência do termo, o conselheiro relator Mário Negromonte deixou de aplicar a penalidade ao responsável, em razão da prescrição da pretensão punitiva e ressarcitória. Cabe recurso da decisão.

Tarifa zero: Conquista na linha de frente pela aprovação

A prefeita de Vitória da Conquista Sheila Lemos, é a favor da tarifa zero nos transportes públicos

A implantação da Tarifa Zero nos transportes públicos brasileiros é uma das reivindicações da FNP, Frente Nacional das Prefeitas e Prefeitos. Na última semana inúmeros gestores e gestoras públicos se reuniram no Rio de Janeiro para tratar da Mobilidade Urbana e o assunto foi tema do encontro. Convidada a discursar, a prefeita Sheila Lemos demonstrou seu apoio integral à gratuidade do transporte público.

Mas este não foi nem o primeiro, nem o único momento que a prefeita de Vitória da Conquista se manifestou sobre o assunto. Ela tem buscado apoios em Brasília para conseguir a aprovação da PEC 25/2023 junto à Câmara dos Deputados.

O envolvimento da prefeita, que tem sido voz ativa na FNP em relação à Tarifa Zero, já vem desde o ano passado, quando a Proposta de Emenda à Constituição foi apresentada, em maio de 2023. Em novembro ela foi a Brasília tratar do assunto e recentemente deu entrevista a uma rádio local falando de sua posição favorável à tarifa.

“Esta aprovação depende do Congresso Nacional e vai ter o financiamento das três esferas de governo, federal, estadual e municipal. O que temos tentado é fazer a sensibilização dos deputados, mostrando que se trata de justiça social. Afinal, o transporte, junto com a alimentação, consomem quase todo o orçamento das famílias economicamente desfavorecidas”. Afirmou Sheila Lemos, acrescentando: “Quem estiver disposto a lutar com a gente, de forma séria e robusta será bem-vindo. Cerramos fileiras pelo bem-estar da população independente de filiação partidária dos envolvidos . A própria FNP, que é pluripartidária, é exemplo disso. Mas não podemos admitir que algo de extrema importância para a população seja usado com interesses políticos em ano eleitoral, queremos compromisso de fato com o tema”, finalizou a prefeita.

Vitória da Conquista: Cristiano se apresentou na Delegacia acompanhado de advogada após atropelar dois homens

Cristiano Dias

O homem que atropelou propositalmente dois homens no bairro Brasil, em Vitória da Conquista, no último sábado (24), se apresentou na Delegacia, nesta quarta-feira (28).

Cristiano Dias chegou acompanhado da advogada de defesa, sendo preso imediatamente, juntamente com o Corolla, utilizado no atropelamento. A prisão ocorreu as equipes da Polícia Civil empreenderem diligências para prendê-lo.

Após ser interrogado, ele foi encaminhado para o Conjunto Penal, onde ficará à disposição da Justiça.

As vítimas seguem internadas no Hospital de Base, uma delas em estado grave.

Boa Nova: Homem morre eletrocutado enquanto pintava sacada


Um homem morreu enquanto pintava uma sacada na tarde desta quarta-feira (28), na cidade de Boa Nova. Ele teria encostado em um fio de alta tensão e sido eletrocutado.

Tadeu pintor era muito conhecido na cidade. Seu corpo ficou pendurado na sacada, provocando desespero em quem presenciou a cena.

O corpo foi levado para o IML de Vitória da Conquista por uma equipe do Departamento de Polícia Técnica.

Guanambi: Em alerta vermelho, Vigep atua e convoca populares a combater a dengue

Guanambi: Em alerta vermelho, Vigep atua e convoca populares a combater a dengue

A cidade de Guanambi entrou em alerta vermelho devido ao crescimento do número de casos de arboviroses.

Eugênia Cotrim, diretora da Vigilância Epidemiológica Municipal (Vigep), informou que o índice de infestação em Guanambi é de 7.5, quando o preconizado pelo Ministério da Saúde é menor que 1.

Alguns bairros chegam a 20% de positividade e, segundo a diretora, a situação é preocupante.

“Nos últimos dias tem positivado muita gente. Já temos 237 casos notificados de dengue, sendo 36 positivos. De chikungunya, são 92 casos notificados e 3 positivos. Para zika, temos 40 notificações e 4 positivos. Temos as três doenças circulando no município e casos com complicação internados. Isso preocupa o poder público, a gestão e toda população”, afirmou.

Para o combate ao mosquito transmissor, a Vigep tem atuado com maior intensidade nas visitas casa a casa.

Além do trabalho focal nos domicílios, Cotrim destacou a atuação perifocal dos agentes, que consiste na borrifação em focos do mosquito localizados em pontos estratégicos da cidade, onde há acúmulo de lixo, e o bloqueio costal nos bairros em que foram registrados casos suspeitos de arboviroses.

“Estamos na luta com várias atividades. Para semana que vem já temos programado um mutirão com a equipe dos Bombeiros, atenção básica e escolas dos bairros. A cada semana vamos programar atividades nos bairros com alto índice de infestação”, completou.

O carro fumacê também já foi solicitado pela secretaria municipal de saúde para reforçar o combate ao mosquito na cidade. Por fim, a diretora alertou à população que as doenças podem causar complicações e ser letais em alguns casos.

“Pedimos à colaboração da população para receber bem o agente de endemias a fim de que ele possa fazer bem o seu trabalho”, finalizou.

Por que 2024 é um ano bissexto? Entenda a origem do dia 29 de fevereiro

Por O Globo — Rio de Janeiro

Na prática, o ano bissexto faz o calendário “pular” um dia. Assim, datas que caíram na quarta-feira durante 2023 e que iriam para a quinta, passam direto para a sexta em 2024. Não à toa, este ano tem sido bem mais econômico em relação a feriados prolongados.

Há mais de dois milênios, os egípcios de Alexandria apresentaram a solução para essa discrepância. O excedente de tempo é acumulado ao longo de quatro anos, resultando no ano bissexto. Isso é essencial para evitar um descompasso entre o “ano civil”, composto por 365 dias, e o ano solar, que corresponde ao ciclo de translação da Terra ao redor do Sol, caso con.

Mas por que em fevereiro?

O problema do dia a mais ser em fevereiro tem outro culpado: Júlio César, o imperador romano. Foi ele que, em 46 a.C., reformulou a contagem do tempo e instituiu o calendário juliano. Nele, o último mês era fevereiro, mas o “bônus” do dia a mais não era adicionado depois do último dia do ano, e sim no sexto dia antes do mês de março, que era contado duas vezes. Por isso, “bissexto”.trário, após 372 anos, ocorreria um atraso de três meses.

E quem nasce no dia 29 de fevereiro?

A data de nascimento é determinada pela Declaração de Nascido Vivo (DNV), de acordo com a Lei 6.015, de 1973, que dispõe sobre registros públicos.

Assim, a certidão deve conter o dia, mês, ano, lugar e horário exatos do nascimento de acordo com a DNV, e a mudança — para o dia 28 de fevereiro ou 1º de março — é considerada crime.

Ex-prefeito de Bom Jesus da Lapa é punido pelo TCM

Ex-prefeito de Bom Jesus da Lapa é punido pelo TCM
O ex-prefeito do município de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro Pereira (PSD)

Em sessão plenária realizada nesta terça-feira (27), os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios acataram, com procedência parcial, termo de ocorrência movido pela 1ª Divisão de Controle Externo (DCOE) contra o ex-prefeito do município de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro Pereira (PSD).

O termo tem como objeto a prescrição das multas aplicadas pelo Tribunal no exercício de 2015. Foi determinado ao gestor o ressarcimento, com recursos pessoais, no montante de R$ 3.474.01.

Após análise de documentação, o conselheiro Mário Negromonte, relator do processo, considerou que, apesar da apresentação de Documento de Arrecadação Municipal (DAM) com carimbo eletrônico, não é possível acatá-lo, visto que não demonstra o efetivo ingresso do pagamento nos cofres municipais.

O conselheiro ressaltou que o gestor poderia ter demonstrado tal ingresso “por meio do comprovante de pagamento do DAM ou por meio de extrato da conta bancária da Prefeitura Municipal”. Cabe recurso da decisão.

A Prefeitura convida todos para assistir o “Primeiro Condeúba Mulher”

ASCOM- Prefeitura

No dia 9 de março, na quadra do Alcides Cordeiro, acontecerá o “Primeiro Condeúba Mulher”, um evento emocionante celebrando e honrando as mulheres da comunidade de Condeúba.

Nomeado em homenagem à ex-primeira-dama Débora Tavares, o evento contará com a presença ilustre da prefeita Mara Rúbia. Palestras inspiradoras serão conduzidas pela professora Mailsa Teixeira e pela Dra. Simone, abordando questões relevantes para as mulheres. Além disso, haverá stands dedicados à saúde, ao CREAS e à participação especial da equipe CRAS com as mulheres do grupo Bem Viver.

A arte e o talento também estarão em destaque, com a reposição de artesanato produzido por grupos de mulheres locais, incluindo bordados à mão e outras peças artesanais. Este será um dia repleto de homenagens, música, palestras e exposições, promovendo o empoderamento feminino e a valorização da comunidade de Condeúba.

O Grupo Terço dos Homens do Distrito de Mandassaia se reuniram de forma campal

O Grupo Terço dos Homens do Distrito de Mndassaia, celebrando de forma campal no entorno da Praça São Salvador

No último dia 27 de fevereiro de 2024, os membros do Grupo Terço dos Homens do distrito de Mandassaia, localizado no município de Condeúba, protagonizaram um encontro marcante. Reunindo-se de forma campal e em procissão, os participantes percorreram o entorno da Praça São Salvador no distrito, celebrando não apenas a amizade que os une, mas também os sete anos de trajetória dessa significativa comunidade.

Completando o oitavo ano de fundação e caminhada no próximo mês de julho, o Grupo Terço dos Homens tem se destacado não apenas por sua longevidade, mas também pelo impacto positivo que proporciona na comunidade local. Com suas atividades e ações solidárias, o grupo tem fortalecido laços e contribuído para o desenvolvimento social do distrito.

A reunião campal desta terça-feira foi um prelúdio emocionante para as comemorações que estão por vir em julho. Os participantes expressaram gratidão pela jornada conjunta, destacando a importância da união e do comprometimento para o sucesso do grupo ao longo dos anos.

Os preparativos para o aniversário de oito anos já estão em andamento, prometendo celebrações memoráveis que refletirão não apenas a história do Grupo Terço dos Homens, mas também o impacto positivo que eles têm na comunidade de Mandassaia.

Fotos: Paulinho/JFC