Arquivos da categoria: Bahia

1ª Igreja Batista completa 119 anos em Vitória da Conquista

Redação

Foto: Arquivo/Diário do Sudoeste

A 1ª Igreja Batista foi fundada no dia 4 de fevereiro de 1900, pelo conquistense Tertuliano da Silva Gusmão, na Fazenda Felícia, em uma casa de adobe por ele construída em frente à sua residência. Hoje a mesma fazenda pertence ao ex-governador Nilo Coelho.

Atualmente, a 1ª Igreja Batista Bíblica possui quase mil membro e mais de 30 missionários militando em vários estados do Brasil realizando trabalhos de evangelização e pregação.

Neste final de semana está sendo comemorado os 119 anos, com a realização de cultos em celebração aos 119 anos de existência da 1ª Igreja Batista Bíblica de Vitória da Conquista. A programação terá culto na manhã deste domingo e à noite ás 19 horas.

Ex-governador Nilo Coelho é condenado pela Justiça Federal e perde direitos políticos por 5 anos

A 1ª Vara da Justiça Federal de Guanambi condenou o ex-governador da Bahia e ex-prefeito da cidade, Nilo Coelho (PSDB), por improbidade administrativa.

De acordo com a decisão, o tucano causou danos à administração pública enquanto prefeito e, por essa razão, perderá os direitos políticos por cinco anos.

A condenação também prevê multa em três vezes o valor da última remuneração de seu cargo como prefeito.

Nilo Coelho foi prefeito de Guanambi entre 1983 ao ano de 1986 e também no período entre 2005 e 2010.

Caminhão fica preso em guard-rail após tombar em Barra do Choça; motorista e passageiro morreram

Um grave acidente aconteceu na manhã deste sábado (16). O motorista perdeu o controle do caminhão em que dirigia, tombou e ficou preso no Guard-rei, na ladeira conhecida como a “Curva da Morte”, em Barra do Choça.

O veículo, um caminhão baú, Mercedes, 16/20, Placa Policial OCL 9452, de Jequié estava carregado com 20 toneladas de açúcar.O motorista e um passageiro ficaram presos às ferragens e, infelizmente, não resistiram e morreram na hora. Uma das vítimas foi identificada camo Uelber Felicio dos Santos. Ele era conhecido como ‘Binho’ e morava no bairro Jequiezinho, em Jequié. O outro passageiro foi socorrido e levado ao hospital de Barra do Choça. De acordo com informações do Hospital, a vítima está bem e aguarda a família para levá-lo para casa.

As Polícias Militar e Rodoviária, além do Corpo de Bombeiros participaram da ação de resgate e controle do tráfego.

itambéagora.com

Jovem é detido após posts com ameaça de atentado semelhante ao de Suzano (SP) em escola na BA

Um jovem de 18 anos foi detido nesta sexta-feira (15) após fazer posts na internet com ameaça de atentado em uma escola de Teixeira de Freitas, no extremo sul da Bahia, semelhante ao ocorrido em Suzano (SP), que terminou com 10 mortos, na quarta-feira (13).

Segundo informações da Polícia Civil, o jovem, de prenome Marcos, colocou em seu perfil num aplicativo de mensagens e em outras redes sociais a informação de que o Centro Territorial de Educação Profissional da cidade “seria a próxima escola a ter um massacre”.

Conforme a polícia, os amigos dele, ao verem a mensagem, espalharam a notícia, o que gerou um pânico na cidade.

Depois disso, policiais militares descobriram onde o jovem morava, no bairro São Lourenço, e ele foi detido. A polícia informou que ele foi conduzido à delegacia por “suspeita de planejamento de ato terrorista em escola”

Ainda segundo a polícia, na delegacia, Marcos confessou ter produzido e divulgado o material com as ameaças à escola, mas alegou que se tratava de uma brincadeira. Ele pediu desculpas e, após o depoimento, foi liberado, segundo a polícia.

Advogada esclarece aos produtores rurais de Brumado como regulamentar o usucapião

Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

A advogada Eriedna Rocha esteve presente, na manhã desta quarta-feira (13), na reunião mensal do Conselho Rural de Brumado para esclarecer aos produtores sobre o usucapião. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, ela explicou que o usucapião é um instituto apresentado pelo novo Código de Processo Civil (2015) que visa regularizar a propriedade de bens que estão irregulares.

Rocha informou que o Brasil é pioneiro em bens dessa natureza, em que a pessoa é apenas possuidora, não conseguindo comprovar a sua propriedade. Um dos primeiros requisitos para legalização do bem em questão é, conforme informou, comprovar a sua posse, a qual pode ser feita através do recibo de compra e venda.

No caso do imóvel rural, a comprovação também pode ser feita por meio da moradia e do cultivo da propriedade. Além disso, a advogada destacou que, hoje, as instituições financeiras exigem que a propriedade esteja regular para concessão de benefícios, o que reforça ainda mais a importância desse reconhecimento.

Maragogipe/BA.: Grupo explode uma agência do Bradesco

Foto: Reprodução/TV Bahia

Um grupo armado explodiu uma agência do Bradesco da cidade de Maragogipe, no recôncavo da Bahia, na madrugada desta quinta-feira (14). De acordo com a polícia, a ação durou cerca de 40 minutos.

Os bandidos chegaram por volta de 2h30, e moradores relataram que escutaram barulhos de tiros por quase uma hora. Não há informações sobre feridos, nem se alguma quantia foi roubada da agência, que ficou destruída na ação. Segundo a polícia, os suspeitos atiraram contra o posto da Polícia Militar (PM), jogaram miguelitos na ponte de São Félix, que dá acesso a cidade, além de atearam fogo em diversos veículos, um desses próximo ao complexo policial da cidade, que fica na Ladeira do Corte, um dos acessos para a cidade, para impedir a saída dos agentes de plantão.

De acordo com o G1, o Bradesco informou que está trabalhando para restabelecer o atendimento o mais breve possível.

Conquista: Delegada Iara Gardênia destaca a importância da medida protetiva de urgência para mulheres vítimas de violência

Por Luciene Costa

Delegada de polícia Dra. Iara Gardênia Rocha Fernandes Louzada

– Há cinco anos à frente da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher em Vitória da Conquista, a Delegada Iara Gardênia Rocha Fernandes Louzada, tem acompanhado diversos casos de violência à mulher. “Como delegada, trabalho com a mulher que chega na DEAM humilhada, ultrajada, agredida psicologicamente, fisicamente, moralmente, sexualmente e patrimonialmente.

Por isso não fico presa apenas ao trabalho técnico de investigar, prender o agressor ou encaminhar pra Justiça representações. Tento sempre ir mais além. Atendo a mulher e faço com que ela creia que ela é forte que nós somos capazes de mudar os nossos destinos, que somos capazes de escrever a nossa própria história e que aquela mulher que ali chegou ela pode mudar completamente o destino dela”.

Na oportunidade, Dra. Iara Gardênia destacou a importância de uma ferramenta que agregou de forma significativa o seu trabalho. Trata-se da implantação da medida protetiva de urgência prevista na Lei Maria da Penha. “Conseguimos um avanço muito grande com a implantação do artigo 24 A da Lei 11.340/2006, que trata a respeito desta medida protetiva de urgência. A gente podia fazer muito pouco. A gente investigava o crime e quando não era um flagrante a gente representava pela prisão do agressor.

Com a implantação desse artigo, que é o descumprimento da medida protetiva de urgência, a mulher requer a medida, nós encaminhamos para a juíza da Vara Especializada e a partir da medida protetiva de urgência concedida à mulher podemos prender o agressor em flagrante se ele descumprir essa medida. Continue lendo Conquista: Delegada Iara Gardênia destaca a importância da medida protetiva de urgência para mulheres vítimas de violência

Cordeiros: Morreu João Gomes Jardim aos 70 anos de idade

Por Oclides da Silveira

Morreu nesta quarta-feira dia 13 de março de 2019 às 15h30min., o Sr. João Gomes Jardim aos 70 anos de idade, ele deixou viúva a Sra. Isaura Viana Jardim e 3 filhos, Lucia, Marcos e Edilson além de 3 netas Sara, Stephanie e Rebeca. Seu corpo está sendo velado em sua residência na Fazenda Jucara município de Cordeiros/BA. O sepultamento será amanhã a tarde dia 14/3 às 17:00 horas no Cemitério Municipal local na Fazenda Jussara.

Atendimento: FUNERÁRIA SÃO MATHEUS

Nós do Jornal Folha de Condeúba deixamos nossos sentimentos à família enlutada por essa perda irreparável deste ente tão querido. Que o bom Deus O tenha ao seu lado para a eternidade. Descanse em paz, Sr. “João” !!!

ÍNDIO PASSA A TER OS MESMOS DIREITOS DO CIDADÃO COMUM

Por Thiago BragaFaz longo tempo que o índio, considerado “ser da natureza”, tem direito assegurado por lei, de cultivar a terra onde nasceu, se criou e vive. Ele (a) trabalha no arado da forma que bem entende, “sem prestar contas a ninguém” sendo, apenas, assistido pela FUNAI. O “pele vermelha” tem liberdade de escolha, no tocante à assuntos de ordem pessoal, familiar e social. “Dono da terra” para sempre? Segundo texto legal, homem/mulher indígena dispõe dessa prerrogativa, pois aquilo que é “solo sagrado” se torna zona de proteção por parte do órgão fiscal. Num primeiro momento, inserido na sociedade moderna. Lembrando, é claro, de sua presença na história épica.

Mas, agora, a conversa é outra. Para o novo governo (Bolsonaro 2019), índio merece o mesmo tratamento do homem branco. Precisa, porém, “andar sem guia”, face à sua capacidade de pensar, agir e treinar as próprias habilidades: mão de obra, técnicas de uso de recursos, prática de esportes, (opcional). Onde e como? Recebendo o devido apoio do ente público. Acesso a saúde (serviço bucal, exames, retirada de remédios na farmácia popular), educação, transporte, moradia, dentre outros. Nada de privilégio no sentido de mandar e desmandar em grandes terrenos, muita das vezes, sem serventia, sendo que o mesmo não adquiriu por compra ou permuta, carecendo, sobretudo, desta atividade meio (comércio). “Cai em si”, entendendo o que é contrato, alqueire, braça de terra, sistema de irrigação, imposto de renda, além de outros. É possível sanar dúvidas e buscar soluções para casos desta natureza. O que vale é a informação levada a sério.

Em outras palavras, índio não deve viver isolado, em aldeias ou reservas ambientais mas, “ser visto como gente”, educado e pronto para servir seu país. Deve aprender cantar o hino, conhecer a Constituição Federal, frequentar a cidade, votar no dia do pleito, possuir caderneta de vacinação, etc. Caçar e pescar? Existem outros desafios que requer força física, aptidão e auto – conhecimento. Tal pensando em nada desvaloriza a figura do índio, uma vez respeitado, dentro do território pátrio. “Ir e vir”, com plena certeza de chegar em casa, fazer compras (dinheiro em espécie), dirigir automóvel, “pôr carta” no correio… No entanto, sua cultura precisa manter – se de pé, como arte, costumes, linguagem, culinária e outros. “Um pouco de cidadania não faz mau a ninguém”.