Arquivos da categoria: Cidade

Conquista: Mais de 250 vanzeiros protestam na inauguração do Aeroporto Glauber Rocha

Protesto silencioso, mais de 250 vans estacionadas na frente do Aeroporto

Além de diversos sindicatos e movimentos sociais, endossam os protestos na inauguração do Aeroporto Glauber Rocha, os vanzeiros que operam em Vitória da Conquista. O foco das manifestações é o prefeito Herzem Gusmão e o presidente Jair Bolsonaro.

No começo da manhã desta terça-feira (23), os motoristas seguiram em carreata pela BR-116 até a frente do Novo Aeroporto. Até o momento já são mais de 250 vans estacionadas na frente do local e existe a previsão de que mais veículos cheguem nas próximas horas.

Os protestos são contra o artigo 256, que, de acordo com os motoristas, prejudica a categoria.

“Nós estamos fazendo um protesto, porque com essa nova lei está difícil para a gente trabalhar. Nosso objetivo é chegar até Brasília no próximo dia 20”, declarou Humberto Rodrigues, motorista de van.

Os motoristas afirmam que o protesto é pacífico. O objetivo dos trabalhadores é chamar a atenção do presidente Jair Bolsonaro para a situação da categoria.

Farinha da banana produzida em Santa Luzia ganha destaque na Feira da Agricultura Familiar em Brumado

Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Presente na III Feira da Agricultura Familiar de Brumado, a produtora Naiara Araújo faz parte do movimento de trabalhadores assentados, acampados e quilombolas. Elas trouxeram para o evento o que se produz na cidade de Santa Luzia, sul do estado da Bahia. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, ela disse que os produtos são feitos na própria comunidade por um grupo de 10 mulheres.

A base dos alimentos é agricológica, ou seja, sem o uso de agrotóxico. Um dos produtos que ganhou destaque na feira foi a farinha de banana verde, que é produzida na região a partir de um longo processo. Segundo Araújo, a farinha é muito usada para prevenir o diabetes, para emagrecer, para regular o intestino, abaixar o colesterol, entre outros benefícios. “Você pode usar na comida substituindo a farinha de mandioca porque é bem mais saudável. Dá pra usar como aveia”, disse.

Um sachê com 250 gramas do alimento foi vendido na feira por R$ 5. Durante o evento, as produtoras também apresentaram diversos outros produtos, como banana chips, cocada de cacau, doces de jenipapo, bolo de pote e a farinha de maracujina, que é calmante e faz muito sucesso entre os adeptos.

Vale registra queda de 34% na produção do minério de ferro

Em relatório publicado nesta segunda-feira, 22, a mineradora Vale informou que sua produção de minério de ferro caiu 33,8% no segundo trimestre deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado e 12,1% em relação ao trimestre anterior. A retração é apontada como consequência de paralisação de minas após o desastre de Brumadinho (MG), em janeiro deste ano.

A ruptura da barragem na cidade mineira deixou 248 mortos. Há 22 pessoas ainda desaparecidas. Além da queda na produção, a Vale também registrou recuo nas vendas de minério de ferro e pelotas. A queda foi de 18,2% no segundo trimestre, ante mesmo período de 2018. O volume de vendas de minério e pelotas somou 70,8 milhões de toneladas entre abril e junho.

Na comparação com o primeiro trimestre, porém, as vendas cresceram 4,5%, devido ao consumo de estoques no exterior, disse a empresa. Além do impacto do rompimento da barragem, no final de janeiro, um desastre que deixou centenas de mortos, o recuo teve a contribuição de fortes chuvas no Sistema Norte, em abril e início de maio.

Maior produtora global de minério de ferro, a Vale destacou que a produção da commodity “apresentou melhoria substancial” no fim do segundo trimestre, com a retomada das operações da mina de Brucutu (MG), que haviam sido interrompidas após Brumadinho, e o aumento de embarques no Sistema Norte.

Aeroporto Glauber Rocha: Rui Costa não vai a evento com Bolsonaro em Vitória da Conquista

Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

O governador da Bahia, Rui Costa, desistiu de comparecer à inauguração do aeroporto Glauber Rocha, em Vitória da Conquista, marcado para esta terça-feira (23). A decisão deu-se em consequência da polêmica criada por Jair Bolsonaro que, na sexta-feira, disse que os governadores do Nordeste eram “governadores de paraíba”.

“A medida anunciada é excluir o povo da inauguração, fazer uma inauguração restrita a poucas pessoas, escolhidas a dedo como se fosse uma convenção político-partidária. Não posso concordar com isso”, diz Costa.

De acordo com o jornal o Globo, o vice-governador da Bahia, João Leão, e os três senadores do estado também não vão à inauguração, que se transformou num mega evento desde que Bolsonaro falou sobre os governadores nordestinos.

Eram inicialmente cerca de 200 convidados. Passou para 300 na sexta-feira — desses apenas 70 para o governo da Bahia — e, ao longo do fim de semana, o número subiu para 600 convidados (neste caso, a quantidade reservada ao governo da Bahia era de cem convites).

Cordeiros: Morreu o Sr. Deusdete Ricardo da Silva conhecido por “Deuzim”

Por Oclides da Silveira – Jornalista MTPS nº 5910/BA.

Morreu na manhã desta segunda-feira dia 22 de julho de 2019, o Sr. Deusdete Ricardo da Silva conhecido por “Deuzim”, ele deixou viúva a Sra. Raquel. Seu corpo está sendo velado em sua residencia na Fazenda São João Velho. Seu sepultamento será amanhã cedo dia 23/7 às 07:00 horas no Cemitério Municipal Jardim da Saudade na sede em Cordeiros/BA.

Nós do Jornal Folha de Condeúba deixamos nossos sentimentos à família enlutada por essa perda irreparável, deste ente tão querido. Que o bom Deus o tenha ao seu lado para a eternidade. Descanse em paz Sr. “Deuzim”!!!

Atletas maratonistas condeubenses se destacaram na corrida de ruas na cidade de Vitória da Conquista

Por Oclides da Silveira – Jornalista MTPS nº 5910/BA.

O corredor condeubense Gilberto “Beto” em primeiro lugar no pódio de mais uma grande corrida

Foi realizada na manhã de  domingo dia 21 de julho de 2019 a “Corrida Avengers Club 2019”, na cidade de  Vitória da Conquista/BA., a corrida de 10 km. As classificações dos corredores condeubenses foram as seguinte: Gilberto Fernandes “Beto”, 1º lugar na categoria na geral 5 kms. José Carlos Dias ficou em 2º lugar na categoria 40 a 49 anos 10 kms. Continue lendo Atletas maratonistas condeubenses se destacaram na corrida de ruas na cidade de Vitória da Conquista

Mortugaba/Sítio: Morreu o Sr. José Pereira dos Santos o popular “Zé de Vavá” aos 66 anos de idade

Por Oclides da Silveira – Jornalista MTPS nº 5910/BA.

Sr. José Pereira dos Santos o popular “Zé de Vavá” aos 66 anos de idade

Morreu nesta tarde de sexta-feira dia 19 de julho de 2019  às 13h30min., o Sr. José Pereira dos Santos o popular “Zé de Vavá” aos 66 anos de idade. Ele deixou viúva a Sra. Maria Santana de Sousa e dez filhos Marineis, Marinaldo, Eva, Adão, Crê, Nice, Denilsa, Marilene, Renata, Adriana além de 14 netos e 1 bisneto. Seu corpo está sendo velando na Fazenda Sítio em sua residencia. O sepultamento será hoje 20/7 a tarde no Cemitério Municipal da Fazenda Sítio, ainda sem horário definido, aguardando parentes de fora chegar.

Atendimento: FUNERÁRIA ISAC PRO-TANATUS

Nós do Jornal Folha de Condeúba deixamos nossos sentimentos à família enlutada por essa perda irreparável deste ente tão querido. Que o bom Deus o tenha ao seu lado para a eternidade. Descanse em paz Sr. JOSÉ!!!

Caetité: TJ-BA mantém proibição do aumento de salários do executivo e legislativo

Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Por unanimidade, o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) decidiu acatar a ação popular movida pelos advogados Leonardo Monteiro e Fabiano Cotrim com a finalidade de não permitir o aumento dos salários do prefeito, vice-prefeito, vereadores e secretários municipais de Caetité.

De acordo com o Sudoeste Bahia, atualmente, o gestor recebe mais de R$ 24 mil, fora as inúmeras vantagens financeiras próprias do cargo. Já os vereadores recebem R$ 6.400. Um dos autores da proposta, o advogado Leonardo Monteiro disse que, desde a proibição, foram economizados cerca de R$ 3 milhões aos cofres municipais, apenas em relação ao subsídio dos vereadores.

Por sua vez, o presidente da Câmara de Vereadores de Caetité, Álvaro Montenegro, disse que o setor jurídico do legislativo já recorreu da decisão. Um novo julgamento do processo ocorrerá no dia 23 de agosto.

Plantação com 10 toneladas de maconha é localizada na zona rural de Euclides da Cunha

Foto: Divulgação/SSP-BA

Uma plantação de maconha com cerca de 10 toneladas foi encontrada pela Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Nordeste, na terça-feira (16), zona rural do município de Euclides da Cunha.

De acordo com Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), a plantação tinha 50 mil pés de maconha. Três homens faziam a segurança da propriedade onde era plantada a maconha e, durante a abordagem, entraram em confronto com os policiais. Um dos suspeitos foi atingido, socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

Com ele foram apreendidos uma espingarda calibre 12 e munições. Os outros dois escaparam pela mata fechada. De acordo com a SSP-BA, a plantação foi encontrada quando militares faziam rondas na região e foram informados sobre o plantio da erva, no povoado de Riacho D’Água. Varreduras foram realizadas e a maconha encontrada.

Depois do confronto, os PMs retiraram e queimaram os pés da erva. O esquema de irrigação montado também foi destruído. Uma motocicleta e 15 kg de maconha colhidos foram encontrados em barracas usadas pelos criminosos. O caso foi registrado na Delegacia Territorial de Euclides da Cunha.

Juiz determina que Prefeitura de Cícero Dantas volte a pagar adicional a servidores com mais de 24 anos na administração

Arquivo/Getty Images

O juiz Leonardo Carvalho Tenório de Albuquerque, da Comarca de Cícero Dantas (BA) deferiu, nos últimos dias, o pedido de liminar de mais de 15 servidores do município de Cícero Dantas (BA), que apresentaram tutelas de urgência, por meio do SINDCID (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Cicero Dantas), requerendo o restabelecimento do pagamento do adicional de 1/3 aos funcionários com mais de 24 anos de atuação, especificado na lei nº 13 de 1993.

O pagamento desse adicional havia sido suspenso pela Prefeitura de Cícero Dantas, após uma decisão da Justiça, em primeira instância, do mesmo juiz, desobrigando o município a pagar o benefício.

Na sentença, emitida em 26 de abril, o magistrado considerou que o texto do parágrafo único do artigo 64 da Lei Complementar n° 001/2008 (outra lei que estabelece o adicional de 1/3 e também rege o plano de cargos e carreiras dos servidores públicos de Cícero Dantas) é incoerente com o caput do mesmo, além de ter afirmado que a ausência de contrapartida específica do servidor prevista como requisito para o recebimento do benefício viola o princípio da razoabilidade.

Nas novas decisões referentes aos funcionários públicos que já recebiam o benefício, com base na lei nº 13 de 1993, o juiz Leonardo Carvalho, alegou existir requisitos para o deferimento da tutela antecipada de urgência em função de já ter sido superado o prazo de cinco anos para a anulação de atos administrativos com efeitos favoráveis aos destinatários (servidores) – mencionado na lei nº 9.784/99 – e do perigo que a demora do pagamento poderia acarretar à situação econômico-financeira dos servidores.

Satisfeito com as decisões, o presidente do SINDCID, Ambrósio Gama, considera que o acatamento dos pedidos de tutela de urgência já era esperado. “São servidores que já vinham recebendo os adicionais ha mais de há mais de cinco anos, outros, até há mais de 15, então, foi algo baseado na estabilidade financeira dos servidores. Por isso, também quero deixar claro, que o sindicato não vai parar enquanto todos os funcionários com mais de 24 anos, não estiverem recebendo seu direito”, afirmou o sindicalista.

O Sertão em Pauta entrou também entrou em contato com o Procurador do município de Cícero Dantas, Vanderlan Freire, para comentar as decisões. À nossa reportagem, ele informou que os procedimentos estão sendo analisados e que uma reunião será marcada com o servidores.

O não cumprimento das decisões do juiz pode acarretar a punição do município, com multa diária de R$ 200,00 até o limite de R$ 20 mil, quando pode ser objeto de outra apreciação. As sentenças têm validade até o final do julgamento do processo ou em caso de decisão judicial contrária.