Categoria: Religião

Paróquia de Santo Antônio/Condeúba: Festa de São Sebastião no Riacho Seco de Gerosino

Momento da carreata de São Sebastião passando sobre o aterro da nova Barragem do Riacho Seco

 Hoje 20 de janeiro de 2021, a Igreja Católica comemora-se o dia de São Sebastião, aqui em Condeúba temos a Comunidade de Riacho Seco de Gerosino, cujo o Padroeiro é São Sebastião. Hoje pela manhã precisamente com início às 09:00 horas foi dado a largada de uma carreata com poucos carros e motos por conta da pandemia. Cujo movimento foi coordenado pelos festeiros deste ano, o Terço dos Homens, os quais levaram a carreata em toda a Comunidade.

Na dianteira foram dois carros, um decorado com as cores predominantes da Bandeira de São Sebastião (vermelho e branco) e o outro carro com um som tocando o Hino em louvor a São Sebastião e os demais carros e motos foram acompanhando a carreata que teve muitos fogos de artifícios.

Ao todo foram feitas 9 noites de novena que durou do dia 11 a 19 de janeiro, teve a participação controlada de 33 pessoas por noite inscritos. Hoje não teve procissão nem celebração. A Santa Missa será celebrada pelo Padre José Silva no próximo dia 24 domingo às 15:00 horas.

Veja vídeo da carreata:

Nomeações e transferências na Igreja Católica de Vitória da Conquista e região neste início de ano

O início de ano trouxe algumas modificações na Igreja Católica de Vitória da Conquista e região. Onde alguns nomes e cargos religiosos tiveram alguma mudança em relação a nomeações e transferências, confira na íntegra as alterações:

A Chancelaria da Arquidiocese de Vitória da Conquista faz saber que, Dom Josafá Menezes da Silva, Arcebispo Metropolitano de Vitória da Conquista, em virtude das necessidades espirituais dos fiéis desta Igreja Particular; sendo de seu interesse de Pastor não deixar comunidade alguma sem apoio espiritual e sem pastor; bem como, prover os meios mais eficazes para a formação dos futuros pastores desta Arquidiocese; e a organização da Ação Evangelizadora; tendo ouvido o Conselho Presbiteral; nomeia para os seguintes Ofícios os respectivos presbíteros: Continue lendo

Uma história de amor e dedicação: Padre Cleonídio 25 anos a serviço do Reino de Deus

Padre Cleonidio Alves da Silva – Foto – Divulgação

De família humilde e simples do interior de Guanambi-BA, padre Cleonidio Alves da Silva é o quarto dos sete filhos da senhora Amelia (in memoria) e senhor Celso, de 84 anos. Teve uma infância tranquila, ajudava seus pais a cuidar da roça e dos animais. Seu tio, que ajudava na formação das Comunidades Eclesiais de Base, foi quem mais o influenciou na vida religiosa.

Quando estava concluindo o 2°grau, recebeu o convite das irmãs religiosas Rosa Euvira e Elisa para participar dos encontros vocacionais. Terminados os encontros, já estava decidido a entrar no seminário. O padre Cleonidio iniciou a caminhada vocacional em Caetité-BA, no ano de 1987, e no ano seguinte, em Vitória da Conquista-BA, cursou Filosofia por três anos. Estudou Teologia em Belo Horizonte-MG de 1991 a 1994 e em dezembro do mesmo ano veio para Brumado-BA para o Estágio pastoral, acolhido pelo então pároco Monsenhor Antônio Fagundes.

Ordenou diácono em 04 de junho de 1995 e presbítero em 31 de dezembro do mesmo ano. Permaneceu na paróquia Bom Jesus de Brumado-BA por mais dois anos, período esse que assumiu a paróquia de Malhada de Pedras-BA, como pároco, mas permaneceu auxiliando o Monsenhor em Brumado-BA juntamente com o padre Osvaldino Barbosa. No ano de 1997 foi transferido para Caetité-BA e assumiu a paróquia de Senhora Sant’Ana por nove anos. Em 2007 foi transferido para Guanambi-BA e conduziu a paróquia de Santo Antônio por sete anos.

Em 2014 foi transferido para Belo Horizonte-MG para assumir a Comunidade de Formação Nossa Senhora de Guadalupe, onde se encontra o seminário de Filosofia e Teologia e por lá permaneceu por três anos. No ano de 2017 foi convidado a retornar à paróquia Bom Jesus em Brumado juntamente com o padre Jordano Viana Fernandes e por lá permanece até hoje.

Atualmente padre Cleonidio apresenta, pela Rádio Nova Vida FM 87,9, o programa matinal “Café espiritual” e celebra a santa missa semanalmente na paróquia a qual faz parte. Considerado uma pessoa aberta à reflexão das causas sociais, padre Cleonidio, possui como inspiração para o seu sacerdócio a cena em que Jesus lava os pés dos discípulos, o que representa força e humildade para todos os cristãos.

Papa defende que países compartilhem vacinas contra covid-19

Foto – Reuters / Vaticano

O papa Francisco pediu nesta sexta-feira (25), em sua mensagem de Natal, que as nações compartilhem as vacinas contra a covid-19. Ele afirmou que os muros do nacionalismo não podem ser construídos para impedir uma pandemia que não conhece fronteiras. Em um sinal dos tempos, Francisco entregou a tradicional mensagem “Urbi et Orbi” (Para a cidade e para o mundo) de um púlpito dentro do Vaticano, em vez de fazer o pronunciamento da varanda central da Basílica de São Pedro, diante de dezenas de milhares de pessoas.

A pandemia e seus efeitos sociais e econômicos dominaram a mensagem, na qual Francisco apelou à unidade global e à ajuda às nações que sofrem com conflitos e crises humanitárias. “Neste momento da história, marcado pela crise ecológica e graves desequilíbrios econômicos e sociais agravados pela pandemia do novo coronavírus, é tanto mais importante que nos reconheçamos como irmãos”, disse.

Lembrando que a saúde é uma questão internacional, ele pareceu criticar o chamado “nacionalismo da vacina”, que as autoridades da ONU [Organização das Nações Unidas] temem que poderá piorar a pandemia se os países pobres receberem o imunizante por último.

“Que o filho de Deus renove nos dirigentes políticos e governamentais um espírito de cooperação internacional, a começar pela saúde, para que todos tenham acesso a vacinas e tratamento. Diante de um desafio que não conhece fronteiras, não podemos erguer muros. Todos nós estamos no mesmo barco”, disse ele.