Categoria: Brasil

Filha de Nicette Bruno é intubada devido a complicações da Covid

A atriz e diretora Bárbara Bruno, 64, primogênita dos atores Nicette Bruno (1933-2020) e Paulo Goulart (1933-2014), foi intubada devido ao agravamento do quadro de Covid-19. A informação foi dada pela irmã dela, a atriz Beth Goulart, 60, neste domingo (2).

“Tenho uma notícia para dar, que não é tão agradável, mas infelizmente é cada vez mais comum nas famílias brasileiras: minha irmã, tão querida, tão amada, Bárbara Bruno, foi testada positivamente para Covid. Ela está internada, hospitalizada no CTI (Centro de Terapia Intensiva) e hoje teve que fazer a intubação”, disse Beth, que pediu uma corrente de oração não só para Bárbara, mas para todos que estão doentes.

Ela também manifestou fé na recuperação da irmã e confiança de que o momento ruim que a pandemia impõe vai acabar. “Ela [Bárbara] vai receber a plaquinha ‘eu venci a Covid’. Vamos todos comemorar. Vamos rezar para ela e também para todos que estão doentes neste momento, para a família de todos, todos precisam de fortalecimento e luz. Que o planeta Terra receba nossa energia de amor, luz, fé e esperança”, concluiu.

A internação de Bárbara acontece quatro meses após a morte da mãe, ​Nicette, em 20 de dezembro de 2020 também por complicações da Covid-19, após quase um mês hospitalizada. Na época, as atrizes falaram sobre a perda da mãe, ao lado do irmão, Paulo Goulart Filho, 55.

“Nós sabemos que em um momento como esse, que é extremamente doloroso para nós — estamos vivendo uma perda difícil, dolorida… Mas sabemos que todo o Brasil está junto conosco também, sentindo essa dor. Irmanados conosco nesse momento. E isso nos fortalece”, disse Beth, salientando o apoio que vem recebendo dos fãs de Nicette.

Beth comparou o momento de acolhimento que os irmãos estão vivendo com a perda do pai deles, Paulo Goulart, em 2014, em decorrência de um câncer. “Na passagem de meu pai nós sentimos um abraço do Brasil inteiro e agora sentimos novamente um colo, para ser mais maternal o termo. É como se todos estivessem nos dando um colo imenso”, disse a atriz ao Fantástico (Globo), na companhia dos irmãos.

Remessa de 3,8 milhões de doses da Oxford/AstraZeneca chega ao Brasil

Chegou ontem (2) ao Brasil uma remessa com 3,8 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca. Os imunizantes foram obtidos no âmbito do mecanismo Covax Facility, consórcio que conta com governos e fabricantes e é coordenado pela Organização Mundial da Saúde(OMS)

As doses chegam em voo que aterrissará no aeroporto de Guarulhos. O voo está previsto para às 16h e será recebido pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e a representante da OMS no Brasil, Socorro Gross.

Ontem, um novo voo já havia entregado 220 mil doses do imunizante da Oxford/AstraZeneca. O Brasil tem direito a mais de 10 milhões de doses pelo mecanismo da Covax Facility.

Segundo balanço do Ministério da Saúde, considerando essa nova carga, foram disponibilizados, por meio de fabricação no país ou importação, 17,1 milhões de doses em um intervalo de seis dias, contando a partir do dia 28 de abril. Nesse dia, o ministério recebeu 5,2 milhões.

No dia 29, chegou ao Brasil 1 milhão de doses da Pfizer. No dia 30, foram entregues 6,5 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca, em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), além de 420 mil da vacina CoronaVac, parceria entre o Instituto Butantan e a farmacêutica chinesa Sinovac.

Microempreendedores ficam livres de empréstimos por seis meses

Fonte: Brasil 61Os micros e pequenos empreendedores ficarão livres do pagamento de empréstimos adquiridos em instituições financeiras por até seis meses. A medida é para garantir a defesa dos negócios e contribuir para a retomada do crescimento das firmas após a pandemia da Covid-19.

O prazo total dos empréstimos também poderá ser prorrogado, para até 18 meses.

A suspensão do pagamento dos empréstimos deve ser negociada pelo microempresário e a instituição financeira e os pedidos já podem ser feitos. A expectativa é que mais de 100 mil empresas tenham empréstimos suspensos temporariamente.

Os empresários inclusos no Programa Emergencial de Acesso ao Crédito, o PEAC, que tomaram empréstimos para negociações do comércio exterior, com a Administração Pública e dívidas agrícolas já renegociadas, não poderão prorrogar as dívidas.

Câmara aprova projeto que dispensa licitação na compra de medicamentos contra Covid-19

A Câmara dos Deputados aprovou um projeto que dá liberdade aos órgãos públicos brasileiros de realizar, sem licitação, a compra de insumos e medicamentos de eficácia comprovada no combate à Covid-19, durante a emergência provocada pela pandemia.

O Projeto de Lei nº 1295/21, apresentado pelo deputado Rodrigo de Castro (PSDB-MG), foi aprovado nessa quinta-feira (29), pelo Plenário da Câmara e agora será enviado para análise no Senado. De acordo com o texto, o gestor deverá apresentar uma justificativa técnica para a compra e preço contratado, divulgando-os após cinco dias úteis na internet.

Segundo a proposta, nessa divulgação de informações, devem constar o nome e o CNPJ ou identificador de empresa estrangeira, o prazo e o valor do contrato, a discriminação do bem ou serviço, além da quantidade entregue para cada estado ou município se a compra for feita para mais de um ente federado.

Covid-19: Anvisa aprova produção de insumo para vacina pela Fiocruz

Fachada do edifício sede da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou, nesta sexta-feira (30), a produção do Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) da vacina contra covid-19 Astrazeneca pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Com isso, a Fiocruz está autorizada a iniciar a produção de lotes pilotos em escala comercial da vacina com o IFA produzido no Brasil.

Após a realização dos testes, a Fiocruz deve solicitar a inclusão do insumo no registro ou fazer um pedido de autorização de uso emergencial. A produção será destinada ao SUS. As informações foram divulgadas pela Anvisa.

A aprovação técnica veio após a inspeção que verificou as Boas Práticas de Fabricação da linha de produção e concluiu que Bio-Manguinhos cumpre os requisitos das Condições Técnico-Operacionais (CTO) para iniciar a produção de lotes.

Dia do Trabalho: Especialistas indicam como conseguir um emprego em meio à crise econômica

Com o Brasil amargando o recorde de 14,4 milhões de desempregados, não há o que celebrar neste 1º de maio, Dia do Trabalho. Para não deixar o desânimo tomar conta e mostrar que é possível conseguir se recolocar e entrar no mercado de trabalho mesmo em um período tão complicado que envolve ainda a pandemia de coronavírus, o BNews preparou essa matéria especial com dicas de especialistas em recrutamento e seleção de pessoas.

A primeira orientação para quem está em busca de um emprego é que foque na área em que pretende atuar para que possa identificar as oportunidades. “Se tenho determinada formação e conhecimento, vou direcionar meu currículo para as vagas em que tenho tais habilidades e competências. Atirar para todos os lados não adianta, pois não vou acertar em nada”, alerta o empresário e presidente da Associação Brasileira de Recursos Humanos – Seccional Bahia (ABRH-BA), Wladimir Martins.

Ele cita que, caso o trabalhador queira mudar de área, precisa buscar conhecimento e desenvolver competências para ir atrás de oportunidades nesse novo segmento. Contudo, enfrentará uma concorrência maior, pois quem já é da área e possui experiência acaba saindo na frente.

Para se diferenciar da concorrência, Martins indica que o trabalhador demonstre toda a sua energia na entrevista de emprego e vontade de estar naquela vaga. “Na hora da entrevista, é essencial demonstrar interesse, tudo o que pode agregar naquela função e, principalmente, mostrar que, mesmo mudando de atividade, está buscando novas frentes e se preparando. As empresas buscam isso nas pessoas: o engajamento”, pontua o presidente.

Identifique suas qualidades

A psicóloga Eliane Dell Omo destaca que é primordial que as pessoas ressaltem suas qualidades quando estiverem buscando um emprego. Mais do que um nicho de mercado, ela afirma que o trabalhador precisa enxergar suas qualidades para poder ofertá-las.

“Todo mundo tem diferencial, possui um DNA diferente, uma identidade diferente. Então, cada pessoa precisa descobrir qual é o seu diferencial e ressaltá-lo. Você tem algo a oferecer e, principalmente, você precisa acreditar nisso, pois isso traz força”, avisa Eliane.

Um estímulo importante para o ser humano é o conhecimento. Muitas vezes, ele vem atrelado ao dinheiro, através de cursos caros. No entanto, a internet tem permitido que as pessoas encontrem eventos e capacitações de qualidade e gratuitas.

Eliane lembra que é importante procurar informações sobre a reputação dos cursos, dos professores e das empresas que os oferecem. Ex-alunos são uma ótima fonte. “O dinheiro é importante, claro, mas se você não tem esse recurso, não se intimide, vá atrás. Você consegue algumas alternativas importantes através da internet”, acrescenta. Continue lendo

Desemprego atinge recorde de 14,4 milhões de pessoas, diz IBGE

O desemprego no Brasil atingiu 14,4% no trimestre encerrado em fevereiro, segundo divulgou nesta sexta-feira (30) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Já o número de desempregados foi estimado em 14,4 milhões – recorde da série histórica iniciada em 2012. “O resultado representa uma alta de 2,9%, ou de mais 400 mil pessoas desocupadas frente ao trimestre anterior (setembro a novembro de 2020)”, informou o IBGE.

Em 1 ano, o número de desempregados no Brasil aumentou 16,9%, com um acréscimo de 2,1 milhões de pessoas na busca por um trabalho. Os dados fazem parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad). No levantamento anterior, referente ao trimestre encerrado em janeiro, a taxa de desemprego estava em 14,2%, atingindo 14,3 milhões de brasileiros.

A taxa de desemprego de 14,4% é a segunda maior da série histórica da pesquisa, ficando atrás somente da registrada no trimestre encerrado em setembro de 2020. A mediana de 28 projeções captadas pelo Valor Data estimava uma taxa de 14,5% no trimestre encerrado em fevereiro. O intervalo das expectativas variava de 14,1% a 14,8%.

Vale destacar que o IBGE considera como desempregado apenas o trabalhador que efetivamente procurou emprego nos últimos 30 dias anteriores à realização da pesquisa. Somente nos dois primeiros meses do ano, o país perdeu 150 mil trabalhadores ocupados.

CASSAÇÃO: Tribunal especial forma maioria para cassar mandato de Witzel

Os deputados e desembargadores que compõem o colegiado ainda analisarão se ele terá os direitos políticos cassados por até cinco anos

Cerimônia de transmissão de cargo do governador Wilson Witzel e seu vice Cláudio Castro no Palácio Guanabara em Laranjeiras, no Rio de Janeiro.

O Tribunal Misto formou maioria nesta sexta-feira, 30, para confirmar o impeachment do governador afastado do Rio, Wilson Witzel (PSC). Acusado de corrupção na Saúde durante a pandemia, Witzel já estava afastado do cargo até o fim do ano por decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Com o impeachment – o primeiro de um mandatário estadual na Nova República -, ele está definitivamente fora do Palácio Guanabara.

Os cinco deputados e cinco desembargadores que compõem o colegiado ainda analisarão se ele terá os direitos políticos cassados por até cinco anos. Na votação sobre o impeachment, que continua em andamento, o resultado já teve os sete votos necessários para a derrota de Witzel – até aqui, ninguém votou pela absolvição. O governador não compareceu à sessão; foi representado por seus advogados.

Enquanto as denúncias criminais que estão no STJ envolvem uma série de acusações de corrupção e lavagem de dinheiro – são, ao todo, quatro peças acusatórias -, o impeachment em si abarca atos que poderiam configurar crime de responsabilidade. São eles: a requalificação da empresa Unir Saúde para firmar contratos com o Estado, assinada por Witzel em março de 2020; e a contratação da Iabas para gerir os hospitais de campanha anunciados pelo governo no início da pandemia.

Por trás das duas organizações sociais estaria o empresário Mário Peixoto, preso pela Operação Favorito em maio de 2020. A acusação do impeachment alegou que os atos administrativos de Witzel tinham como intuito beneficiar o esquema de corrupção colocado em curso por Peixoto, que mantém relações com os governos do Rio desde os tempos de Sérgio Cabral (MDB, 2007-2014), e outros empresários e agentes políticos.

“A questão central sob a ótica do crime de responsabilidade não é definir quem era o detentor último do poder decisório da estrutura da Unir, e sim que a requalificação da Unir foi ato ímprobo, que não atendeu ao interesse público”, afirmou o deputado Luiz Paulo (Cidadania), representando a acusação. Foi dele o pedido que resultou na abertura do processo, em junho do ano passado. Continue lendo

MP que flexibiliza legislação trabalhista é publicada

Fonte: Brasil 61

Foi publicado no Diário Oficial da União desta quinta-feira (28), a Medida Provisória nº 1.046/2021 que estabelece flexibilizações temporárias na legislação trabalhista, que poderão ser adotadas pelos empregadores por até 120 dias. A medida foi assinada nesta terça-feira (27) pelo presidente Jair Bolsonaro.

O objetivo do governo é promover a preservação do emprego, a sustentabilidade do mercado de trabalho e o enfrentamento das consequências econômicas decorrentes da pandemia da Covid-19. Assim, foram flexibilizadas regras sobre teletrabalho, antecipação de férias individuais, concessão de férias coletivas, aproveitamento e a antecipação de feriados, banco de horas, suspensão de exigências administrativas em segurança e saúde no trabalho e adiamento do recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

A alteração do regime deve ser comunicada ao empregado com antecedência de 48 horas, assim como a antecipação de férias individuais ou coletivas. Já a antecipação de feriados poderá ser utilizada para compensação do saldo em banco de horas.

Jair Bolsonaro também anunciou a retomada do Programa Emergencial de Manutenção do Emprego (BEm) que permite a empresas a realização de acordos para redução de jornada e salário de funcionários ou a suspensão dos contratos de trabalho. O BEm também entra em vigor de forma imediata e terá duração inicial de 120 dias.

STF determina realização de censo 2021

Por decisão do ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), o governo federal deverá tomar providências para realizar o Censo demográfico. Publicada nesta quarta-feira (28), em resposta a um pedido do governo do Maranhão. Na Bahia, segundo o Instituto Nacional de Geografia e Estatística (IBGE), cerca de 15 milhões de domicílios serão visitados no Censo.

Realizada a cada dez anos, a pesquisa que deveria acontecer em 2020, foi adiada em razão da pandemia do novo coronavírus. Na semana passada, o governo confirmou que o Orçamento de 2021 não reservava recursos para o Censo, o que impediria sua realização neste ano. “O Censo é uma pesquisa essencial para o país, e muito importante para o IBGE.

Principalmente por ser a única pesquisa que alcança todos os municípios e domicílios do país. Fazer essa contagem da população é necessário porque essa contagem é a base utilizada para implementação e avaliação de políticas públicas, inclusive para determinar repasses que são fundamentais para os municípios’, explica a coordenadora de disseminação de informações do IBGE na Bahia, Mariana Viveiros.

Mariana ainda explica que o Censo também ajuda na tomada de decisões para o setor privado e interfere no trabalho do próprio IBGE. “Os números do censo são fundamentais para embasar decisões de investimentos do setor privado e ainda ajudam o próprio IBGE a calibrar as amostras usadas em outras pesquisas, que são feitas por amostragem.

É a partir do censo que a gente determina essas amostras”, detalha. Segundo o IBGE, na Bahia o planejamento é contratar 14 mil pessoas para a realização da pesquisa. Desses, 12.200 serão recenseadores, que vão cobrir os cerca de 15 milhões de domicílios baianos. Os demais atuarão como agentes censitários, em cargos de supervisão.

Fonte: 97news