Arquivos diários: 9 de junho de 2019

ANIVERSÁRIO DE JACARACI SUPERA EXPECTATIVAS DO PÚBLICO

Por Thiago Braga

Thago Braga com “Mulherada Butequeira” no camarim

A noite 08 de Junho 2019 foi marcada pela tradicional festa de comemoração do aniversário de Jacaraci. Desde a última quinta feira, pequeno parque infantil animou as crianças no vão livre da Praça Luiz Gonzaga. Cavalgada, partida de futebol, inauguração de obras na sede e “Encontro do Divino” aconteceram no período diurno. A cidade se viu repleta de visitantes.

Para fechar com chave de ouro, houve “Virada Musical”. Cerca de 1.300 pessoas lotaram as dependências do Ginásio Municipal. Barracas com bebidas, comidas e jogos de azar, deram um “tom especial” ao evento. Bandas regionais estiveram no palco, levando o popular ritmo de “forró”, seguido de sertanejo universitário. Teve 01 apreensão feita pela PM… Continue lendo ANIVERSÁRIO DE JACARACI SUPERA EXPECTATIVAS DO PÚBLICO

Ex-prefeitos de Piripá são punidos por omissão na cobrança de multas

Na última quinta-feira (06), o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) determinou que os ex-prefeitos de Piripá, Anfrísio Barbosa Rocha e Sueli Bispo Gonçalves, restituam aos cofres municipais, com recursos pessoais, as quantias de R$ 1.974,70 e R$ 1.353,27, respectivamente.

Segundo informou o tribunal, os débitos são relativos a omissão dos gestores na cobrança de multa aplicada pelo TCM, o que acarretou na sua prescrição.

De acordo com o relator do processo, conselheiro Fernando Vita, os gestores não adotaram medidas administrativas ou judiciais de modo a promover a cobrança da multa imputada pelo TCM em razão de irregularidades constatadas no processo n° 11808-07, em desfavor de Jeová Barbosa Gonçalves, antes de vencido o prazo prescricional – o que caracteriza renúncia ilegal de receita, e por conseguinte, dano ao erário municipal.

Cabe recurso da decisão.

Bahia tem previsão de 15% de crescimento da produção de algodão em 2019

Foto: Reprodução/TV TEM

Segundo maior produtor de algodão do Brasil, a Bahia tem previsão de 15% de crescimento da safra esse ano. Os dados são da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) em último levantamento divulgado. Na reta final do cultivo do algodão, a previsão é que a Bahia tenha uma produção de 1,5 milhões de toneladas (caroço e pluma) com uma produtividade de 300 arrobas /hectare.

O crescimento em relação ao ano passado é baseado no incremento de 25,5% de área cultivada, principalmente na região oeste do estado, alcançando os 331.028 mil hectares. De acordo com a Abapa, a expectativa da entidade de mais uma boa safra consolida a retomada da produção da fibra no estado depois das perdas por conta da estiagem prolongada na safra 2015/2016.

A Bahia tem participação de 25% da safra nacional do algodão. Segundo o G1, cerca de 40% do algodão baiano é exportado para países asiáticos, como Indonésia, Bangladesh e Vietnã, e 60% é comercializado para as indústrias têxtis no Brasil. De acordo com a Abapa, o produtor tem investido em tecnologia, máquinas, insumos, variedades e sempre busca aumentar a produtividade e reduzir o custo.

Segundo a Associação Nacional dos Exportadores de Algodão (Anea), a exportação do algodão atingiu recorde com o embarque de 1,04 milhão de tonelada de pluma entre julho de 2018 e abril de 2019, o que pode levar o país a se tornar o segundo maior exportador de algodão do Mundo.

Confira os episódios 7 e 8 da série sobre a história de Santo Antônio

O Portal A TARDE apresenta neste sábado, 8, o sétimo e oitavo episódios da série ‘Antônio de Portão – O santo popular’, produzida pelo jornalista e produtor de conteúdo audiovisual Paulo Coutinho.

>>Episódios 1 e 2 da série sobre a história de Santo Antônio

>>Episódios 3 e 4 da série sobre a história de Santo Antônio

>>Episódios 5 e 6 da série sobre a história de Santo Antônio

7º episódio – Durante um período, as procissões foram suspensas na comunidade de portão. Assim que elas foram retomadas, a festa passou a ser animada por filarmônicas ou fanfarras, como alguns preferem chamar. Padre Rogério detalha neste episódio como isso aconteceu e como a iniciativa ajudou a revitalizar a procissão.

8º episódio – A santificação de Sto Antônio é o tema deste episódio. Apenas 11 meses depois de morto, ele se tornou santo, eliminando todos os processos que antecedem uma santificação. Mas isso não acontece por acaso. Saiba por que ele passou tão rapidamente da condição de cidadão comum para se tornar santo.

 

Juíza federal da Bahia barra bloqueio de verbas de universidades

Em um revés para o Palácio do Planalto, a juíza Renata Almeida de Moura Isaac, da 7ª Vara Federal Cível da Bahia, decidiu na sexta-feira, 7, suspender os bloqueios orçamentários realizados pelo Ministério da Educação (MEC) sobre as verbas destinadas às universidades federais e ao Instituto Federal do Acre. Em sua decisão, a juíza apontou para os riscos de paralisação das atividades das instituições de ensino, o que, na sua visão, “implicará em ofensa ao princípio da vedação ao retrocesso social”.

“Concluo que o contingenciamento de verbas das instituições de ensino federais, sobretudo quando praticada em considerável percentual, não pode prescindir de prévio estudo técnico e minucioso, inclusive com a participação dos representantes destas instituições, para fins de se garantir que o bloqueio incidente sobre as verbas discricionárias não interferirá na continuidade das atividades acadêmicas. Pensar de forma diferente implicará no esvaziamento das diretrizes constitucionais na área de educação e das prerrogativas das Universidades Públicas”, observou a juíza. Continue lendo Juíza federal da Bahia barra bloqueio de verbas de universidades

Quando nós descobrirmos o sentido da existência

 

Por (Edtattoo)

Foto: (edtattoo)

Quando nós descobrirmos o sentido da existência, observaremos o mundo pela gota d’água escorrendo entre os dedos, ainda somos reféns da ignorância que a humanidade se curva, precisamos libertar a mente do peso, do fardo adquirido por ingenuidade e dor, logo chegará a era de transição onde a ignorância pregada será desfeita por aqueles que pensam, os pensadores dominarão a terra para um pensador conquistar um espaço é insignificante, mas ser influenciador da causa que liberta mentes.

O mundo precisa ser outro e o homem precisa ser livre , livre das amarras, da mácula, da causa cometida pela dor no perdão do sermão comprado. Precisamos ser libertos da religião falsa, da corrupssenscia fria que pelo medo nos toma. Somos desde ontem escravos, antes os grilhões mantinham preso o corpo forte que libertava mente, hoje “mentes fortes que libertam corpos”. Estamos em extinção, superamos a causa mas ainda não encontramos em nós a cura. 🌸