Ministério encomenda 1,2 mil doses de vacina contra difteria

Foto: Reprodução/Tribuna da Bahia

O Ministério da Saúde teve de encomendar emergencialmente 1,2 mil doses de vacina para tratamento contra difteria de um laboratório internacional, por causa de problemas na produção do insumo pelo Instituto Butantã, único fabricante nacional.

A baixa nos estoques do soro vem no momento em que a Venezuela vive um surto da doença e o Brasil registra, nos últimos três anos, sucessivas quedas nos índices de cobertura vacinal. Desde o fim da década de 1990, a doença bacteriana que afeta principalmente amígdalas, faringe, laringe e nariz, podendo causar dificuldade de respirar, não exigiu alerta.

Nos últimos cinco anos, por exemplo, foram apenas 32 casos no País. De acordo com o Tribuna da Bahia, a ameaça voltou em 2016, quando a crise na Venezuela se intensificou e fez doenças controladas reaparecerem. Depois disso, o país vizinho já registrou 1.688 casos e 284 mortes pela doença.

Ao mesmo tempo, no Brasil, o índice de cobertura da vacina DTP, que protege contra difteria, tétano e coqueluche, caiu de 95% para 80%. Só com 12 frascos no estoque, o Ministério da Saúde iniciou o processo de compra das 1,2 mil ampolas por meio de uma parceria com a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), que intermediou a compra com o fabricante internacional. Mas as ampolas só devem chegar ao País no segundo semestre.

Porteirinha/MG.: Realizada a “Corrida Junina” com destaque para três condeubenses

Por Oclides da Silveira

Foi realizado neste domingo dia 9 de junho de 2019, a “Corrida Junina de Porteirinha/MG”.  Os inscritos foram 578, com 20 atletas de Condeúba, sendo das escolas “Carlão Maratonista e Eu Atleta”, que participaram da corrida. Os condeubenses a pontuar e subir no pódio foram Valdívio Júnior o vice-campão na elite dos 5 km. Diógenes Silva Coelho foi o 3º colocado na categoria de 15 a 17 anos. E Carlos Maratonista que ficou em 3º colocado na categoria de 41 anos acima.

AGRADECIMENTOS: Carlão Maratonista agradece a Prefeitura através da Secretaria Municipal de Cultura, Desporto e Lazer e o departamento de Transportes pelo apoio dado. Assim como o apoio dos comerciantes patrocinadores de Condeúba, e também a parceria do jornal Folha de Condeúba e Rádio Liberdade FM. Continue Reading

Bahia Mineração pode faturar 2 bilhões de dólares por ano com mina em Caetité

A mina Pedra de Ferro, da Bahia Mineração (Bamin), em Caetité, a 100 km de Brumado, pode gerar receita bruta de mais 2 bilhões de dólares por ano para a empresa no auge da exploração. Ao longo dos 30 anos previstos de duração da jazida, o faturamento pode chegar a 50 bilhões de dólares, em valores atuais, cerca de R$ 193 bilhões.

Esses valores foram estimados com base no tamanho da reserva, 470 milhões de toneladas, e na cotação do minério de ferro na bolsa de Dalian, na China. Na quinta-feira (6), o metal com 62% de pureza fechou cotado em 98,32. A Bamin diz que vai extrair até 20 milhões de toneladas por ano, sendo que o produto final terá teor de ferro entre 67,5 e 68,5%.

A Bamin pretende investir 3 bilhões de dólares na construção da mina em Caetité e do terminal de embarque no Porto Sul, em Ilhéus. A empresa diz que as duas obras vão gerar 30 mil empregos diretos e indiretos e que em fase de operação, serão mais de seis mil empregos diretos nas duas localidades.

O projeto da Bamin tinha previsão para começar a extração em 2012, entretanto, devido à queda do preço do minério no mercado internacional, o empreendimento ainda não começou a operar.

Em 2011, a tonelada do material chegou a ser comercializado por 190 dólares, com o desaquecimento da economia chinesa, o valor caiu para 40 dólares em 2015.

Com o preço em reação, o empreendimento passou a ser prioridade do grupo financeiro que a controla. A extração depende também da conclusão da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) e do início das obras do Porto Sul.

Os brasileiros são os mais ansiosos do mundo, diz OMS

Foto: Yuichiro Chino/Getty Images

O Brasil é o país com o maior número de pessoas ansiosas do mundo: 18,6 milhões de brasileiros – ou seja, 9,3% da população – convivem com o transtorno, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). O relatório, publicado em março, indica que a ansiedade é a segunda condição mental, depois da depressão, com maior incidência de incapacidade na maioria dos países analisados.

A entidade ainda revelou que o Brasil também ocupa o topo do ranking quando o assunto é o tempo de convivência com a incapacidade provocada por transtornos psicológicos. Aliás, essa não é a primeira vez que ocupamos a primeira posição: no relatório de 2017, o Brasil já tinha recebido o título de “país mais ansioso do mundo”.

De acordo com a Veja, o novo estudo, que avaliou as consequências dos transtornos mentais nas Américas, revelou ainda que não é apenas o brasileiro que sofre com os transtornos de ansiedade. O Paraguai, por exemplo, foi eleito recentemente um dos países com maior índice de felicidade do mundo; no entanto, ele ocupa o segundo lugar na lista de países mais ansiosos da OMS, seguido por Chile, Argentina e Colômbia.

Entre todos os países das Américas, Canadá e México são as nações que apresentam os menores índices de ansiedade. De acordo com a OMS, fazem parte do espectro dos transtornos de ansiedade, as fobias, o transtorno obsessivo compulsivo (TOC) e os ataques de pânico. Todas essas condições podem ser tratadas através de terapia e/ou medicação. Apesar disso, ainda existe um tabu em relação ao tratamento, especialmente quanto ao uso de remédios.

Preço do seguro de caminhões vai disparar com fim de exame

Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) entregou na Câmara dos Deputados na terça-feira, 4, um projeto de lei que, entre outras mudanças, propõe que motoristas de caminhões e ônibus (das categorias C, D e E) não sejam mais obrigados a fazer exame toxicológico ao renovar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

A ideia pode ter sido facilitar a vida dos caminhoneiros e motoristas profissionais, mas vai cobrar um custo: caso a lei seja aprovada, os seguros de ônibus e caminhões vão ficar mais caros. O representante do sindicato dos profissionais de seguros do Distrito Federal, Carlos Cavalcante, explica que as seguradoras vão precificar o que chamou de aumento de risco potencial.

“A indústria lida com um termo conhecido no meio que é exposição ao risco. Qualquer tipo de seguro avalia isso. Quanto maior o risco, obviamente, maior vai ser o prêmio pago por aquele bem”, diz Cavalcante.

OMS alerta sobre aumento de DST na era dos aplicativos de paquera

 

Foto: Thinkstock/Veja

Clamídia, gonorreia, sífilis e tricomoníase. Essas são as doenças sexualmente transmissíveis mais comuns, afetando uma em cada 25 pessoas no mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). A entidade destacou que surgem mais de um milhão de novos casos diariamente.

Por ano, este número chega a 376 milhões. A faixa etária mais afetada por esse tipo de infecção está entre 15 e 49 anos. A OMS ainda alertou que um único indivíduo pode estar infectado por mais de uma DST ao mesmo tempo ou contrair várias ao longo do ano.

De acordo com a OMS, o motivo para números tão altos é a negligência no uso da camisinha, que deveria ser utilizada em todas as relações sexuais, especialmente com parceiros encontrados através de aplicativos de namoro ou em bares e baladas.

A falta do preservativo acontece porque o progresso da medicina na questão de tratamentos de infecções graves, como HIV, levam às pessoas a pensarem que, se não estão em risco de vida, não há necessidade de prevenção. No entanto, essas DSTs podem trazer inúmeras consequências para a saúdem como infertilidade, natimortos, gravidez ectópica e aumento do risco de HIV.

Segundo a Veja, além disso, os microrganismos que provocam estas doenças estão cada vez mais resistentes aos tratamentos. No ano passado, por exemplo, foram registrados alguns casos de ‘super gonorreia’ no Reino Unido e na Austrália.

“Com um aumento dos casos, podemos esperar que formas da gonorreia resistentes à medicação se tornem mais comuns em todo o mundo”, afirmou Tim Jinks, da Wellcome, uma organização de caridade no Reino Unido, à CNN.

Por causa disso, especialistas ressaltam a importância de promover a educação sexual e o uso de preservativos, melhorar a vigilância de DSTs e desenvolver formas de diagnóstico e tratamento mais eficazes.

Condeúba/Distrito do Alegre: Inaugurado o “Espaço de Cultura Laurinda e José” naquele Distrito

Por Oclides da Silveira

A professora Joandina ouvindo atentamente as palavras proferidas pelo Presidente da Associação do Alegre Sr. Ozorino

Foi inaugurado neste domingo dia 9 de junho de 2019, o primeiro “Espaço Cultural Laurinda e José” localizado à Avenida Minas Gerais, ao lado do numero 163 no Distrito do Alegre – Condeúba/BA. O evento começou às 15:00 horas, teve no cerimonial a professora e escritora Joandina Maria de Carvalho neta dos homenageados com os nomes do local Laurinda e José Martins de Carvalho.

“Joandina quero destacar com muita ênfase, a importância histórica da inauguração do “Espaço Cultural Laurinda e José” no Distrito do Alegre, pois, aqui será preservada a história local e ao mesmo tempo, será ampliada e divulgada a nossa cultura, através deste ambiente cultural  que hora estamos inaugurando”, pontuou a professora Joandina.

O Espaço Cultural nasceu anexo à Associação dos Pequenos Produtores Rurais do Alegre, cujo Presidente Sr. Ozorino fez uso da palavra e disse:  “Me orgulho muito neste momento por estar ampliando o viés da nossa Associação, por um lado de suma importância que é a preservação histórica da cultura de nosso lugar”, pontuou o Presidente Ozorino.

O Espaço Cultural começou muito bem retratando um começo de árvore genealógica dos homenageados escrito num quadro exposto na parede de uma das salas. No mesmo sentido teve uma bela e rica exposição de antiguidades, com fotografias das pessoas mais antigas que nasceram ou moraram no Distrito do Alegre. Também teve alguns objetos históricos expostos como almofada com os birros para fazer renda, roda de fiar, radiola com os discos LP – Long Play, revistas e livros muito antigos, pote de barro, ferro a brasa para passar roupas, entre outros.

Compareceram muitas pessoas de mais idade para prestigiar o evento, o professor de história Celson que mora no Distrito, além dos vereadores Reginaldo Nascimento do PSB e José Reis do PCdoB que também é residente no Distrito do Alegre. Na sua fala José Reis usando o microfone afirmou a importância daquele Espaço Cultural, também destacou o nome do homenageado contando um pouco da história, que ele viveu e conviveu com o Sr. José Martins.

Por último, e por estarmos em plena festas de São João, foi servido comes e bebes tipicamente junina, como canjica,  chá de amendoim, bolos etc. tudo ao agradabilíssimo som e música ao vivo da dupla Cabral e Zé Ribeiro que são moradores do Alegre. Onde tem Cultura a Folha se fez presente para registrar com o Jornalista Oclides da Silveira. Continue Reading