Escrever é expressar a mais rara beleza que há no ser que pensa

Por Edtattoo

Escrever é expressar a mais rara beleza que há no ser que pensa de longe a fantasia cria o tempo que define o pensador que canta aos meus ouvido, ainda continua a trama no filme perfeito, mostrando me que o despertar precisa ser breve nós somos donos desse tempo.

Tempo de artistas, de filósofos que se torna arte, de João, tempo de Maria, de Ana, que se misturam formando trama arte filosófica que define na fala aquilo que precisamos buscar, como “Alma” alma de ontem, de hoje, de sempre.

Sempre será o fim do começo que busco, ou a metade da partida na batida do peito vale a pena lembrar que artista já nasce, filosofar vem de dentro do interior que pulsa, que fala e sem perceber direciona a linha imaginária que liga tudo, agradeço hoje, agora o tempo de outrora está presente, vendo sem demora a alma que pede, e o tempo que permite. 🌸

O que muda na aposentadoria por invalidez

Especial para o Diário Arthur Pazin

Se a reforma da Previdência for aprovada como está, só terá direito a 100% da média salarial aqueles trabalhadores cuja invalidez tenha alguma relação com a atividade profissional.

A reforma da Previdência Social deve impactar aqueles que se aposentam por invalidez, isto é, quem passa a receber o benefício do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) por não ter mais condições de voltar ao mercado de trabalho. Na prática, se a reforma for aprovada como está, as pessoas que se aposentarão por invalidez poderão receber menos, caso a deficiência não esteja diretamente ligada ao trabalho que exercia. Nada muda para quem já recebe o benefício.

Atualmente, o INSS concede aos segurados 100% da média salarial de 80% das maiores contribuições vertidas à autarquia. Com a mudança, a metodologia de cálculo será alterada, ficando como regra 60% da média de todas contribuições vertidas ao INSS, o que teoricamente reduz o salário de benefício. Porém, depois de 20 anos trabalhados, a cada novo ano de trabalho serão adicionados 2% à base de cálculo, como explica o especialista em direito do trabalho, Daniel Vicente Rodrigues. “Por exemplo, para uma pessoa que trabalhou durante 22 anos e preencheu os requisitos para a aposentadoria desta categoria, a conta será feita com 64% da média de todas as contribuições vertidas por ele durante este período”, disse. Continue Reading

A história de Santo Antônio, o santo casamenteiro

Por Oclides da Silveira

Santo Antônio sempre com o menino Jesus em seu colo

Ontem quarta-feira dia 12 de junho de 2019, foi realizada a 12ª noite do Trezenário de Santo Antônio em Condeúba. TEMA: “Santo Antônio: exemplo para nós na vivência do Evangelho”. DIRIGENTE: Padre Antônio dos Santos Meira, Co-celebrante Pe. José Silva. EQUIPE DE LITURGIA: Grupo 2 do Divino ANIMAÇÃO: Elaine e Paulo Henrique. RESPONSÁVEIS: Pastoral da Criança e Secretaria Municipal de Cultura, Desporto e Lazer.

O padre Antônio dos Santos Meira que pertence a Paróquia de Piripá, fez uma belíssima celebração, com destaque especial para a reflexão sobre o tema da noite, que foi: “Santo Antônio: exemplo para nós na vivência do Evangelho”. O Padre na sua excelente homilia, “disse que Santo Antônio devido seu grande conhecimento e facilidade de pregação, foi chamado e reconhecido como Dr. da Igreja. As vezes Santo Antônio cessava as palavras, para que as ações falassem por si. O encontro de Santo Antônio com Cristo se dava nos mais necessitados”, afirmou o Padre. No final da celebração a equipe responsável pela noite, entregou uma cesta de “Biscoitos Condeúba” como brinde ao Padre Antônio.

Em seguido todos foram para o anfiteatro Dom Homero Leite Meira, que fica aos fundos da Igreja pelo lado externo, participar de uma grandiosa quermesse, acompanhada de leilão, com animação musical do grande cantor caculeense Daniel Paiva, ele que é irmão da nossa querida professora e também cantora Milta. Hoje dia 13 de junho, é feriado em Condeúba devido Santo Antônio ser o nosso Padroeiro.

Os agradecimentos dos festeiros e comunidade em geral, para os Padres Antônio Meira que veio celebrar conosco e também ao Padre José Silva nosso Pároco que deu toda sua cobertura, para que essa festa de Santo Antônio, tivesse o sucesso que teve, pois, nosso Vigário com toda sua agenda lotada, não se ausentou em nenhuma das 12 noites do trezenário, mesmo com a presença de outros Padres e leigos que vieram celebrar, ainda assim, o Pe. José Silva se fez presente. Continue Reading

Justiça determina reintegração de três servidores públicos do município de Brumado aposentados

Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

A juíza Ely Christianne Esperon Lorena, da Comarca de Brumado, deferiu três decisões liminares de mandados de segurança em favor das servidoras Maria Aparecida dos Santos Barreto, Marlene de Almeida Souza e Noélia Souza Ribeiro, determinando que o Município de Brumado reintegre as mesmas, no prazo de cinco dias, ao cargo de origem, sob pena de multa diária de R$ 500 até o limite de R$ 50 mil.

Em uma das decisões, a magistrada ressalta que o Município de Brumado não possui regime previdenciário próprio, é possível, em tese (por cognição sumária) a acumulação de proventos oriundos de aposentadoria no Regime Geral de Previdência Social com remuneração de cargo público.

“Ademais, acaso se aguarde o termo da ação, por certo o provimento final, pela demora, poderá trazer prejuízo à parte, pois mantida a exoneração da requerente a mesma será privada de exercer as funções que exercia e perceber a remuneração correspondente, em prejuízo de seu próprio sustento, eis que os vencimentos possuem natureza alimentar”, sentenciou. A ação foi ingressada na justiça pelo advogado Irenaldo Muniz.

Operação Tergiversação: Delegado da PF cobrava para não expor investigados

Foto:Vagner Rosário/Veja

O delegado de Polícia Federal Lorenzo Pompílio da Hora e o escrivão Éverton da Costa Ribeiro foram presos na segunda, 10, sob acusação de extorquir investigados. Lotados no Núcleo de Repressão a Crimes Postais da Delepat, são acusados de fraude no inquérito que investigava o fundo Postalis, que pertence aos funcionários dos Correios.

De acordo com a Veja, segundo investigação do MPF, Lorenzo e Éverton solicitaram e receberam quantias que variavam entre 400.000 reais e 1,5 milhão de reais para evitar a exposição na mídia de investigados e potenciais investigados.

E que também atuavam para favorecê-los nas apurações conduzidas por eles quanto às irregularidades no Postalis e no Plano de Saúde dos Correios. O MPF afirma ainda que há indícios de que o esquema criminoso envolveu outros agentes públicos e que não se limitou às investigações apontadas.