São Paulo/Condeúba/Dist. Alegre: Morreu o Sr. Gentilio Martins de Sousa aos 70 anos de idade

 

 

Morreu neste domingo dia 1º de março de 2020, em São Paulo Capital, o condeubense do Distrito do Alegre Sr. Gentilio Martins de Sousa aos 70 anos de idade, ele era viúvo da Sra. Joana Alice deixou ainda 3 filhos 2 netas. Horário do velório, sepultamento e Cemitério vide abaixo no cartaz.

Nós do Jornal Folha de Condeúba deixamos nossos profundos sentimentos à família enlutada por essa perda irreparável deste ente tão querido. Que o bom Deus o tenha ao seu lado para a eternidade, descanse em paz Sr. Gentilio.

LENDA DA SINUCA, BAIANO RUI CHAPÉU MORRE EM SÃO PAULO AOS 79 ANOS

Ele ficou famoso pela parceria formada com o narrador Luciano do Valle na TV Bandeirantes — Foto: Reprodução de internet

Por Agência Estado — Lenda da sinuca brasileira, Rui Chapéu morreu neste sábado, aos 79 anos. O baiano ficou famoso pela parceria formada com o narrador Luciano do Valle no programa Show do Esporte, da TV Bandeirantes, nos anos 1980.

A informação a respeito do falecimento foi publicada nas redes sociais do jogador. A causa da morte ainda não foi divulgada. O velório aconteceu neste sábado, às 18h30, no Cemitério São Pedro, Vila Alpina, em São Paulo.

“Esse é um post daqueles que nunca gostaríamos de fazer. O Rui faleceu hoje. Todos estamos muito tristes e abalados. Estamos fazendo esse post em respeito a todos os amigos e fãs do Rui. Assim que possível daremos mais notícias”, diz a publicação no Instagram.

José Rui de Mattos Amorim é natural de Itabuna, na Bahia, onde passou a infância e adolescência e começou a praticar o bilhar ainda criança. Na década de 1970, mudou-se para São Paulo. Largou o emprego de caminhoneiro e vendeu uma mercearia da qual era dono para apostar na sinuca. Começou a ganhar dinheiro em desafios contra outros jogadores em bares do Centro da cidade.

No Centro da capital paulista, o jogador baiano conheceu os clubes da modalidade e jogava com apostas altas. As partidas, no entanto, duravam pouquíssimos minutos, dado o alto nível dos atletas. Foi nos bares em São Paulo que ganhou o apelido de Rui Chapéu por usar costumeiramente uma boina branca, objeto que virou uma espécie de símbolo.

Rui Chapéu ficou nacionalmente conhecido entre as décadas de 1980 e 1990 por exibir seu enorme talento no bilhar nas edições semanais do programa Show do Esporte, da TV Band, comandado pelo narrador Luciano Do Valle, que o viu em um programa de Silvio Luiz, na TV Record, em 1979.

O auge dos desafios televisionados em rede nacional foi a vitória sobre o inglês Steve Davis, conhecido como Pelé da modalidade e seis vezes campeão mundial.

Além de popularizar de vez a sinuca no País, Rui Chapéu foi responsável por mudar a imagem do esporte, antes associado à criminalidade e visto como exclusivo de malandros e vagabundos.

Ele chegou a receber propostas para jogar no exterior, na Inglaterra e no Japão, mas preferiu ficar perto da família. Dizia que não tinha a intenção de ser rico. Nos últimos anos, diminuiu o ritmo e passou a fazer algumas apresentações especiais. Também ensinava sinuca para iniciantes por meio de um curso online.

Por meio da Lei nº 14.485, promulgada no dia 19 de julho de 2007 na cidade de São Paulo, o dia 21 de março passou a ser considerado o dia do Atleta de Sinuca e Bilhar. É a data do aniversário de Rui Chapéu, que completaria 80 anos em 2020.

Condeúba/Associativismo: Eleita a nova diretoria da Associação de Produtores e Moradores do Mangarito

 

 

Momento da votação e eleição da nova diretoria que foi eleita por aclamação

Foi realizada na manhã deste domingo dia 1º de março de 2020, uma Assembleia Geral Ordinária da Associação dos Produtos e Morados das Fazendas Mangarito, Riachão, Lagoa dos Veados, Paulista e Mandacaru, que teve a seguinte pauta: 1 – Alterações estatutária; Eleição e posse da nova diretoria, 3 – Outros assuntos.

A Associação do Mangarito que foi fundada em 11 de março de 2001, está completando 19 anos de fundação. Em seu quadro associativo consta 60 famílias de moradores e Produtores da região do Mangarito. A Presidente eleita hoje Rosinilda Pereira Lima, já vinha conduzindo a Associação há dois anos respondendo como Presidente, no cargo vacante.

Inicialmente a Ministra da Eucaristia Vanda Barros convidou a todos para ficar de pé, fez uma boa e rápida reflexão, em seguida professaram a oração do Pai Nosso com uma Ave Maria.

Pela ordem, o Gestor de vendas da Cooperman Sr. Manoel Neto, que esteve auxiliando no processo eleitoral e mudanças no estatuto, solicitou que fosse indicado o nome de uma pessoa para presidir a Assembleia Geral, em seguida alguns associados indicaram o nome da sócia Vanda da Silva Barros Vieira. A qual foi submetida a apreciação da Assembléia, que a aprovou por unanimidade.

As alterações estatutária foram as mudanças de tempo de mandatos, que antes era de 2 anos e agora passou para 4 anos. E a outra mudança, previa que as reuniões Ordinárias da Associação fossem a cada três meses e agora passou a ser mensal. Ambas as mudanças foram aprovadas pela Assembleia Geral por unanimidade.

Por último, foi eleita a nova diretoria por aclamação, pois só teve uma chapa concorrendo às eleições, que assim ficou constituída: Presidenta: Rosinilda Pereira Lima; Vice-Presidente: Célio José Vieira; Secretaria: Ivone Francisco Ribeiro; Tesoureira: Vanda da Silva Barros Vieira. Conselho Fiscal membros efetivos: Geraldo Antunes de Farias Sobrinho, Valdívia de Sousa Lima Sobrinho, Marivone Novais Barros Medeiros. Suplentes: Idalino Figueiredo da Silva, Luiz do Nascimento e Dalva Aparecida Novais Lima. O Mandato será de 4 anos iniciando em 1º de março de 2020 até 1º de março de 2024.

Estiveram prestigiando esse evento o Presidente do Legislativo condeubense vereador Maurilo Guilherme e sua esposa Norma que é a Presidente do Sindicado dos Agentes de Saúde de Condeúba, a pré-candidata a Prefeita Ângela Cruz, os pré-candidatos a vereador Antonio Santana e esse Jornalista Oclides da Silveira, além do Presidente da Central das Associações o popular “Zezo”. Onde todos tiveram a oportunidade de fazer uso da palavra. Continue Reading

CAMPO MINADO

Jornalista e Poeta Leandro Flores

Esse ambiente político/religioso é um campo minado de hipocrisia e desonestidade.

Não há positividade em quem se apaixona aos extremos… Não há luz, nem verdades, em quem se posiciona estreitamente em um determinado lado e, sem preceitos, condena o outro com a única finalidade de se ter um algoz, com exclusiva pertinência de promoção factual.

Sim, agora ele (o opressor) é o porta-voz daquela parcela de rebanhos. Criou-se bando, organização e o seu único propósito é a representação político/partidária.

Mesmo que a lucidez seja o meio termo, entre a razão e a fé, entre a Direita e a Esquerda, entre o dito “Sagrado” e o “Profano”, os extremistas preferem a representação, o confronto, a bandalheira.

Não podemos nos apaixonar por ideias fabricadas e retocadas, por “deuses” alheios (indiferentes a nossa realidade), por conceitos extremistas de contradições e negações que provoquem uma ‘desarmonia’ e que afetem as convicções das pessoas.

Há um misto de possibilidades, mas sabemos que existe apenas uma verdade: aquela que se carrega em particular.

Defenda tudo que acredita sim, mas faça isso com equilibro e com tolerância. Lute pelos os seus propósitos sim, mas sem ofensas. Sem prejudicar, nem invadir o direito do outro de pensar diferente do que você.

É isso que Jesus gostaria que aprendêssemos quando disse: “Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, pois serão satisfeitos (Mateus 5:6).”

Há sempre uma recompensa para quem procede com justiça e retidão, sem extremismo suicida e sem paixão à ignorância.

By: Leandro Flores/2016

Caetité: Renova Energia recebe proposta de financiamento para concluir projeto eólico

Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

A Renova Energia recebeu uma proposta de financiamento das gestoras ARC, G5, e XP Vista Asset para terminar as obras do complexo eólico Alto Sertão III Fase A, localizado na Bahia, mostra comunicado enviado ao mercado nesta quinta-feira (27).

Em recuperação judicial, a companhia informou que o conselho de administração está avaliando a proposta recebida. O Complexo Eólico Alto Sertão III, localizado entre as cidades de Caetité, Igaporã, Riacho de Santana, Urandi e Licínio de Almeida.

As obras foram paralisadas no final de 2016 por falta de recursos. A Renova já investiu cerca de R$ 400 milhões no projeto, quando concluído terá 400 MW de capacidade instalada. No final de julho, a companha conseguiu postergar o pagamento do empréstimo ponte de R$ 937,2 milhões com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

O endividamento total da Renova soma R$ 1,87 bilhão. Antes da crise, no final do primeiro trimestre de 2016, a Renova possuía 2.655 MW de capacidade contratada. Nesse período, a empresa reduziu sua capacidade em 2 GW e hoje conta com 619,8 MW de potência contratada.

A partir de janeiro de 2020, a empresa prevê que não possuirá nenhuma exposição em sua comercializadora de energia. O BNDES emprestou quase 1 bilhão de reais para o empreendimento.

Motorista de caminhão perde controle da direção e cai em ribanceira na capital do estado

Foto: Almir Santana/TV Bahia

O motorista de um caminhão, sem o baú na traseira do veículo, perdeu o controle da direção e caiu em uma ribanceira na região do bairro de Campinas de Pirajá, em Salvador, no sábado (29). Ninguém ficou ferido. As informações são do G1.

De acordo com a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), durante o acidente, o caminhão empurrou outro veículo para a ribanceira. A frente do caminhão ficou parcialmente destruída. Por causa do acidente, houve retenção na pista.

O caminhão foi retirado com o guincho da empresa responsável pelo veículo. O carro foi removido com o guincho de uma seguradora.

Itatim: Estudantes criam biocombustível com a árvore quixabeira

Foto: Divulgação/Sect

Estudantes de um colégio estadual em Itatim, cidade do centro norte baiano, criaram um projeto para a produção de um biocombustível a partir da árvore quixabeira. O projeto sustentável tem como objetivo combater o aquecimento global.

A árvore, comum na região, tem potencial para produzir um etanol e evitar o uso de gasolina, além de outras substâncias que contribuem para o efeito estufa e o desmatamento. O projeto foi desenvolvido pelos estudantes do Colégio Estadual Geovânia Nogueira Nunes, Marinaldo Mendonça e Jéssica Oliveira.

Eles informaram que o estudo foi moldado a partir da crise que o Brasil enfrentou em 2018, quando ocorreu a greve dos caminhoneiros e muitos postos ficaram sem combustíveis.

Jéssica destaca que o projeto também surgiu com o objetivo de ser uma alternativa para os obstáculos dos biocombustíveis atuais, pois as opções no mercado apresentam desvantagens, como baixa rentabilidade, necessidade de muita água e desmatamento de áreas florestais.

Os estudantes revelam que até o momento, o nível de produção do biocombustível criado por eles ainda é pequeno, mas testes de qualidade são realizados para comprovar a eficácia do produto. Eles contam que o projeto ainda está limitado a pequenos produtores para uso próprio, por causa das normas da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

De acordo com o G1, entretanto, com apoio de universidades ou de empresas ele pode ser produzido e distribuído em larga escala. Se o projeto for concluído, os jovens pesquisadores afirmam que os benefícios serão inúmeros, e podem contribuir para impedir mudanças climáticas, uma problemática atual.