EX-PRESIDENTE DA CÂMARA DE ITABUNA É PRESO EM ILHÉUS

Clóvis Loiola, ex-presidente da Câmara de Vereadores de Itabuna algemado

Clóvis Loiola, ex-presidente da Câmara de Vereadores de Itabuna, foi preso no Hospital Regional Costa do Cacau, em Ilhéus, na terça (2), acusado de cobrar R$ 1 mil para agilizar a cirurgia de uma mulher.

No momento da prisão, Loiola estava com o que seria metade do valor cobrado, R$ 500,00, segundo o site Políticos do Sul da Bahia. Loiola, alvo de investigações da Polícia Federal, acabou preso em flagrante e levado para Ilhéus.

Contra o ex-vereador havia um mandado de prisão em aberto por estelionato. A ordem de prisão é da juíza Maizia Pomponet, da subseção da Justiça Federal em Itabuna. Loiola responde a processos por crimes de improbidade do período em que presidiu a Câmara, nos anos 2009-2010.

No período à frente do legislativo, acabou acusado de pilotar esquema de desvio de dinheiro que ficou conhecido como “Loiolagate”. A Polícia Federal calcula que foram desviados mais de R$ 2 milhões no esquema. Já em 2012, o ex-vereador foi preso no Hospital de Base de Itabuna ao tentar atestado médico para escapar de uma audiência.

Por Blog Pimenta

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmail

Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.