Apenas 43 cidades baianas têm aterro sanitário para destinar lixo, aponta Sedur

Foto: Reprodução/TV Bahia

Apenas 43 cidades baianas dispõem de aterros sanitários. A informação foi divulgada nesta terça-feira (2) a partir de dados da Secretaria de Desenvolvimento Urbano da Bahia (Sedur) repassados pelo G1. Os aterros sanitários são considerados o destino mais adequado para o descarte de lixo.

No começo de maio, o Bahia Notícias informou que havia 41 municípios com aterros implantados. Através da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), os municípios foram obrigados a eliminar os lixões a céu aberto. No entanto, as cidades informam ter dificuldade para cumprir a determinação, principalmente pelo custo da obra.

No entanto, há prazos para todos os municípios cumprirem a lei federal. Capitais e municípios das regiões metropolitanas tiveram prazo até 31 de julho de 2018. Já cidades com mais de 100 mil habitantes precisam cumprir o acordo até o dia 31 de julho deste ano.

Os municípios de 50 a 100 mil habitantes têm até 31 de julho de 2020. Para os com menos de 50 mil habitantes, o limite é 31 de julho de 2021. Ainda segundo a Sedur, existem pelo menos 216 lixões no estado. A quantidade ainda pode ser maior devido já que 105 cidades não informaram como tratam o lixo à secretaria.

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmail

Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.