Deputado Hilton Coelho, do PSOL, impede votação de projeto do governo Rui

O governador Rui Costa foi reeleito com expressiva votação ao Palácio de Ondina, de onde se destaca, segundo boa parte da mídia nacional, como o principal mandatário dos estados brasileiros. A sua performance é tamanha, que os seus quadros mais próximos, e até mesmo aqueles que não comungam muito com as suas ideias, reconhecem no baiano o principal nome petista para concorrer à presidência da República.

Acelerando o processo de “organização das contas do estado, Rui encaminhou à Assembleia Legislativa uma PEC polêmica e que mobilizou o funcionalismo público tentando impedir a votação.

Os deputados da base do governo não conseguiram demover o governo da ideia, se é que tentaram, e o deputado Hilton Coelho conseguiu através de uma liminar parar o trâmite da matéria na ALBA e a partir daí poderá ocorrer negociações.

A decisão da justiça entende que a matéria fora enviada para apreciação dos deputados num momento indevido, por ser festa de final de ano e estarem todos em recesso parlamentar. O governo utilizou de um expediente legal, que são Sessões Extraordinárias, remuneradas, portanto, regimentais.

Antes de entrar com a liminar, o deputado Hilton Coelho já havia anunciado que abriria mão do seu salário relativo ao período de votação, que corresponde a aproximadamente 50 mil reais.

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmail

Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.