Setor de serviços fecha 2019 com crescimento de 1%

O volume do setor de serviços fechou 2019 com uma alta de 1%. Essa é a primeira alta do setor desde 2014, já que os serviços tiveram quedas consecutivas entre 2015 e 2017 (acumulando perda de 11%) e fecharam com estabilidade em 2018.

A receita nominal teve crescimento de 4,5%. Os dados são da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgada hoje (13) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). “Essa alta é importante, mas ainda está longe de alcançar o melhor resultado no setor de serviços”, avalia o gerente da pesquisa, Rodrigo Lobo.

Os principais responsáveis pelo crescimento foram os serviços de informática e comunicação, que tiveram avanço de 3,3%, puxado pelo bom desempenho das atividades de portais, provedores de conteúdo e ferramentas de busca na internet, pelo desenvolvimento e licenciamento de softwares e pela consultoria em tecnologia da informação.

O segmento de outros serviços teve a maior alta (5,8%) e o segundo principal impacto no setor de serviços como um todo, puxado pelas atividades de corretoras de títulos e valores mobiliários.

Também tiveram alta os serviços prestados à família (2,6%) e os serviços profissionais, administrativos e complementares (0,7%). O único segmento com queda foi o de serviços de transportes, auxiliares de transporte e correios (-2,5%).

Precisamos encontrar em nós, todas as respostas

Por Edtattoo

Precisamos encontrar em nós às respostas para tudo aquilo que nosso ser precisa. Compreender que a vida passa rápido e compartilha lá com quem não compreenda dissipa valiosas energias. Precisamos amar uns ao outros, e passar os verdadeiros valores que nos faz diferente dentre muitos.

Continuemos a caminhada trilhada por mente sã, logo manos as metáforas impostas por quem as direcionou, será a descoberta madura da felicidade de quem as aceitou. Uma mente sã, madura e pensante desfaz todo mal.

Concedê a si mesmo a paz necessária para sentir a vida que pulsa, “o pensamento positivo faz milagres”, precisamos ir em busca dessa descoberta, a dor aperta o peito e sobre as verdades que precisamos enfrentar, resta a palavra madura que nos criou a dor. “Saudade”! esse introito nos remete ao tempo de festa. O peito te levará ao sono, as batidas do coração dita a canção, duas almas e um só querer.

Paramirim: Laticínio é o primeiro empreendimento a receber certificação do Serviço de Inspeção Municipal

Foto: Divulgação/SDR

O Laticínio Paula, instalado na cidade de Paramirim, é o primeiro empreendimento do município a receber a certificação do Serviço Municipal de Inspeção (SIM). A solenidade de entrega do certificado aconteceu nesta quinta-feira (13), no Colégio Antônio Carlos Magalhães.

A certificação acontece durante a reunião de trabalho do Parceria Mais Forte, em continuidade ao debate realizado no seminário realizado no município de Dom Basílio, uma estratégia do Governo do Estado para impulsionar a execução das ações voltadas para o desenvolvimento rural e fortalecimento da agricultura familiar.

Durante o encontro, o diretor-presidente da CAR, Wilson Dias, explicou as etapas previstas para a execução dessas ações. No Território de Identidade Bacia do Paramirim foram escolhidas as cadeias produtivas da fruticultura, bovinocultura de leite e apicultura para serem trabalhadas no território, nesse primeiro momento.

Dias explicou ainda que um dos próximos passos é a verificação de quais prefeituras irão aderir, por meio do consórcio, à execução dessas políticas públicas. Sobre a primeira entrega da certificação do SIM, o diretor-presidente da CAR destacou que é um passo importante na vida da agricultura familiar e do desenvolvimento rural no território Bacia do Paramirim.

O laticínio de produção familiar, de pequeno porte, irá comercializar, inicialmente, os queijos minas frescal, minas padrão, mozzarella e coalho no palito. A capacidade de processamento do empreendimento é de 1.000 litros por dia.

Bebê de 8 meses é o 1° morto por sarampo no Rio de Janeiro após 20 anos

Um bebê de oito meses foi o primeiro morto por sarampo registrado no estado do Rio de Janeiro, após 20 anos da última morte registrada em decorrência da doença no país. Desde 2000 nenhuma morte pela doença havia sido registrada no estado. A doença havia sido erradicada em 2016.

Segundo a secretaria Estadual de Saúde, Davi Gabriel morreu no dia 6 de janeiro, mas a confirmação da causa da morte ocorreu apenas agora. A criança estava no abrigo Santa Bárbara, em Vila de Cava, Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Ainda de acordo com a secretaria, a vacinação era feita de forma rotineira, mas a criança contraiu sarampo antes dos seis meses de vida, idade mínima para a primeira dose da vacina.

Segundo o G1, David deu entrada no Hospital Geral de Nova Iguaçu no dia 22 de dezembro com quadro de pneumonia. Foram coletadas amostras para os exames, que confirmaram a doença em duas diferentes análises.

Folha Homenagem: Se estivesse viva completaria 115 anos hoje (15/2) NISE MAGALHÃES DA SILVEIRA

Nise Magalhães da Silveira nasceu em 1905, em Maceió (AL). Filha única de Faustino Magalhães da Silveira, professor e jornalista, e de Maria Lídia da Silveira, pianista, Nise cresceu em um ambiente de muita liberdade, repleto de música, de arte e de poesia. Depois de concluir o curso secundário, aos 15 anos, mudou-se para Salvador onde frequentou a Faculdade de Medicina da Bahia. Na turma estava também seu primo, Mário Magalhães da Silveira – que se transformaria em um dos grandes médicos sanitaristas do Brasil e seu marido. Única mulher da turma, formou-se em 1926 e no ano seguinte, após a morte do pai, foi viver no Rio de Janeiro. Lá, especializou-se em neurologia e psiquiatria sendo aprovada em concurso público para trabalhar no Hospital da Praia Vermelha.

Faculdade de Medicina da Bahia, 1921-1926 – Única mulher numa turma de 158 alunos

Biografia Continue Reading