Aracatu: Prefeitura atrasa vencimentos e servidores da educação realizam protestos com indicativo de greve

Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Professores e servidores da educação do município de Aracatu, a 36 km de Brumado, estão protestando devido aos atrasos nos seus vencimentos. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, a professora Viviane Meira informou que, desde o mês de julho do ano passado, os atrasos salariais têm sido constantes.

Segundo ela, os principais afetados são o pessoal de apoio da educação, como merendeiras e porteiros. “Agora, no final do ano, ocorreu o atraso do 13º, que só foi pago no dia 3 de janeiro. O terço de férias também até hoje não foi pago. Aí já atingiu não só a categoria dos profissionais em educação, mas todos os professores.

Passamos o Natal e o Ano Novo sem esses proventos em suas contas, acarretando diversos prejuízos não só para os servidores, como para todas as suas famílias”, relatou. Em contato com a administração, Viviane afirmou que a mesma alega que a verba em caixa não foi suficiente para fazer o pagamento de todos os servidores da educação do município.

“Acredito que a folha da prefeitura possa estar inchada e estar ocorrendo essa situação. Inclusive, o ano letivo de Aracatu não foi concluído, ele foi suspenso no dia 30 de novembro justamente dizendo que não tinha condição de pagar o mês de dezembro do pessoal contratado. Estamos apreensivos com o cumprimento no piso nacional da categoria”, completou.

A professora adiantou que, caso a problemática não seja solucionada, poderá ser deflagrada uma greve antes mesmo do início das aulas.

Professores fazem paralisação e ameaçam greve por tempo indeterminado em Barra da Estiva

Foto: Divulgação

Os professores da rede municipal de ensino de Barra da Estiva, município localizado a 134 km de Brumado, realizaram na última sexta-feira (02), uma paralisação de advertência, sinalizando ao prefeito municipal, João Machado Ribeiro (PTB), o João de Didi, que caso não encaminhe o projeto de lei de reajuste dos vencimentos da categoria, uma greve geral poderá ser deflagrada.

O movimento foi realizado em frente da Prefeitura Municipal e, na oportunidade, representantes do sindicato dos docentes alegaram que além de não cumprir o piso salarial na sua integralidade, a administração pública tem ainda retirado direitos da categoria e feitos descontos ilegais nos vencimentos dos trabalhadores em educação. De acordo com o jornal Tribuna do Sertão, a previsão de reajuste dos vencimentos em 2018 é de 6,81%.

Conquista: Rodoviários da Vitória ameaçam iniciar nova greve nesta sexta (17)

MotoristasTermina nesta quinta-feira (16) o prazo dado pelo Sindicato dos Rodoviários de Vitória da Conquista para o pagamento de benefícios aos funcionários da Viação Vitória.

Os Trabalhadores ameaçam iniciar uma nova greve, suspendendo a oferta dos serviços de 20 linhas atendidas pela empresa.

O Sindicato dos Rodoviários já comunicou a empresa que, se caso o pagamento das férias dos empregados não seja efetuado até a meia noite de hoje, a entidade paralisará as atividades da Vitória a partir das 4 horas desta sexta feira (17).

“O padrão desastroso de trabalho adotado pela Vitória prejudica não somente os funcionários, mas também os usuários que constantemente vem reclamando do serviço mal prestado pela empresa”, aponta os Rodoviários.

Brumado: Administração reprova representação da APLB e professores aprovam indicativo de greve

assembleia-professores-brumado-noticias-98Foto: Lay Amorim/Brumado Notícias

Em assembleia os professores da rede de ensino de Brumado e a APLB/sindicato aprovaram um indicativo de greve que pode culminar em uma paralisação geral da categoria. Na pauta da reunião: a campanha salarial e o ofício encaminhado pela administração não reconhecendo a APLB como sindicato representativo dos professores municipais.

Do ponto de vista dos professores e da diretoria sindical, o prefeito Eduardo Lima Vasconcelos (PSB) pretende tirar a legitimidade do sindicato no intuito de fragilizar a autonomia das negociações entre a administração e os professores. Continue Reading