Condeúba: O reflexo na feira do Decreto Municipal nº 037 de 19 de maio de 2020

 

 

Barracão da feira improvisado próximo a Prefeitura e os Bancos, totalmente vazio

Nesta sexta-feira dia 22 de maio de 2020, estamos em plena ascensão da pandemia do coronavírus e COVID-19, razão pela qual, foi decretado desde ontem (21/5), o fechamento de muitos estabelecimentos comerciais, inclusive a feira livre, diga se de passagem, que foram medidas extremamente prudente e necessária tomas pelo Prefeito Silvan e sua equipe de trabalho.

Para aqueles que conhecem e acompanham a tradicional feira livre de Condeúba, sendo uma das maiores da região.  É assustador ver uma situação dessa, em plena sexta-feira na parte da manhã de hoje, ruas e barracões onde é realizada a feira, se encontrou totalmente desertos sem ninguém praticamente transitando pelo local.

As medidas são necessárias, para que não se alastre o vírus da pandemia do COVID-19, muito embora, precisamos o tanto quanto antes, sair dessa clausura que o isolamento social, é como se estivéssemos cumprindo pena em regime domiciliar. Nos resta orar à Deus e pedir ele ilumine as mentes das pessoas habilitadas, para que seja descoberto o mais rápido possível, vacinas ou remédios para imunizar o povo da terra, assim sendo, reconquistaremos o nosso gostoso convívio social.

Fotos: Juarí

Muito triste e desolador, ver os donos de barracas levando sua mesas para casa, sem saber quando vai voltar

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmail

Redação

2 Comments

  1. Muito triste!! Nunca esperava ver NOSSA cidade tão vazia, tão deserta num dia de sexta feira.

  2. É realmente muito triste ver a nossa cidade desse jeito. Será que a aplicação da cloroquina como medicamento para quem pega a doença não seria a solução? Há quem defende o uso dela dentro da área médica. Medicamento que existe há mais de 80 anos e é tomado na Amazônia para evitar a febre amarela. A maioria dos medicamentos têm contraindicações. É só controlar. Hoje é dia de Santa Rita, minha santinha, rogai por nós!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.