Condeúba: A multidão compareceu para dar o adeus final ao amigo Brasilino

Por Oclides da Silveira

A Irmandade do Santíssimo na frente seguido pelos Homens do Terço durante o cortejo fúnebre de Brasilino

Foi sepultado ontem dia 9 de janeiro de 2018 às 17:00 horas no Cemitério da Irmandade do Santíssimo Sacramento em Condeúba, em estado de comoção o Sr. Brasilino Alves de Brito. Uma verdadeira  multidão de amigos e admiradores compareceu para lhe dar o adeus final.

Brasilina Alves de Brito

Brasilino que foi um marco na religiosidade católica, teve seu velório organizado pelos Homens do Terço e Irmandade do Santíssimo. Durante todo seu velório esteve sobre seu caixão a sua camisa do Terço dos Homens, que inicialmente às 16:00 horas foi rezado o Terço encabeçado pelos seus irmãos Homens do Terço, com a participação dos demais presentes no Memorial  São Matheus, depois de feito a exéquias pelo irmão Paulo Henrique, foi formado duas filas Indiana na Av. Aurora pelos Homens do Terço seguidos pela Irmandade do Santíssimo, organizações que o irmão Brasilino pertencia.

Muito abatido o Presidente da Irmandade do Santíssimo professor Agnério Evangelista dando seu depoimento sobre o irmão Brasilino

Fazendo uso da palavra o irmão e Presidente da Irmandade do Santíssimo Sacramento professor Agnério Evangelista de Sousa disse, “O irmão Brasilino deixa um grande vazio em nosso meio, tendo em vista, a sua participação nos movimentos da Igreja Católica, em especial nos últimos anos, que ele se dedicou mais ao Terço dos Homens e a Irmandade do Santíssimo. O irmão Brasilino deixou para todos nós laicos, um verdadeiro marco nos trabalhos de evangelização da nossa fé Católica”, concluiu Agnério.

O cortejo fúnebre saindo da Av. Aurora e entrando na Rua Bahia

O  cortejo fúnebre seguiu pela Av. Aurora, passou pela Rua Bahia onde morava Brasilino e chegou à Capela de Santa Luzia, onde foi feito mais uma prévia oração em complemento a exéquias.

O Comendador Cavaleiro Ciríaco Ribeiro da Silva dando seu emocionante depoimento sobre o irmão Brasilino

Em seguida o Comendador condeubense Ciríaco Ribeiro da Silva fazendo uso da palavra disse, “Quero dar meu testemunho de que o irmão Brasilino foi um grande batalhador em prol da nossa Igreja Católica, certo tempo o então Padre Homero solicitou que fosse formado uma comissão para fundar as Capelas do Distrito da Feirinha e do Araçá e lá só compareceram eu e Brasilino. Trabalhamos juntos nestes longos projetos até fazê-los uma realidade. Por isso, tenho um grande apreço ao irmão Brasilino que nos deixa de forma muito prematura, do qual já sentimos uma grande lacuna”, disse o Comendador Ciríaco.

Prefeito Silvan Baleeiro de Sousa

Estiveram presentes no sepultamento de Brasilino as autoridades, o Prefeito Silvan Baleeiro, os Secretários Municipais Antônio Sousa da Administração, Weder Spínola da Educação, Paulo Henrique Chefe de Gabinete e os vereadores Reginaldo Nascimento, Antônio Chaves e Antônio Terêncio Filho, o ex-Prefeito Odílio da Silveira além de outros.

Fotos: JFC

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *