Brasilia: Está sendo realizada a 6ª “Marcha das Margaridas”-2019

Por Oclides da Silveira Jornalista MTPS nº 5910/BA.

Esta é a 6ª Marcha das Margaridas em Brasilia – 2019

Nesta quarta-feira dia 14 de agosto de 2019 em Brasilia, acontece o segundo dia da “Marcha das Margaridas”. Nossa sempre muito atuante representante dos trabalhadores e trabalhadoras rurais, Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Condeúba Eliane dos Santos, está presente nessa 6ª manifestação das mulheres, chamada de “Marcha das Margaridas”, assim como esteve participando de todas as marchas anteriores realizadas em Brasilia. O movimento iniciou-se ontem dia 13 e termina hoje 14/8.

Na Marcha das Margaridas deste ano se reúnem mais de 100 mil mulheres, que são trabalhadoras rurais e indígenas vindas de todo o Brasil, além de alguns países da America Latina. Este movimento fortíssimo das mulheres da zona rual e indígenas, sempre acontece nesse mesmo período do ano, para reivindicações de direitos e prevenção dos já adquiridos.

Com esse volume de mulheres desfilando suas necessidade diante do Governo Federal nas Esplanadas dos Ministérios, sempre a tendencia é a facilitação de investimentos junto a agricultura familiar. O movimento sempre tem acontecido de forma ordeira e pacífica com destino único, pressionar o Governo para investir mais na agricultura familiar, que faça um Brasil melhor, com soberania popular, democracia, justiça e livre de violência. São essas algumas palavras de ordem do movimento das mulheres trabalhadoras rurais e indígenas.

Agenda de hoje dia 14/8.
04h: Delegações começam a organizar as bagagens nos ônibus.
05h: Café da manhã
06h: Concentração da Marcha das Margaridas
– Local pista em frente ao pavilhão do Parque da Cidade.
7h: Saída da Marcha em direção a Esplanada dos Ministérios.
9h: Encontro das Marchas das Margaridas e das Mulheres Indígenas.
11h: Ato em frente ao Congresso Nacional.

Fotos: Eliana

Eliana dos Santos com chapéu, ela é Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Condeúba/Ba.

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmail

Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.