Paróquia de Santo Antônio/Condeúba: Terço dos Homens em missão evangelizadora, foi até a Lagoa do Barro

Oclides da Silveira – Jornalista MTPS nº 5910/BA.

Momento em que a Assembléia rezava a oração do Pai Nosso

Nesta terça-feira dia 15 de outubro de 2019, o grupo do Terço dos Homens em missão evangelizadora, foi até a Lagoa do Barro, onde ajudou aos festeiros daquela Comunidade a celebrar a 6ª noite do novenário de Nossa Senhora de Aparecida. Foi uma noite de muitas bençãos e graças alcançadas. Aos que se fizeram presentes no evento, saíram transbordando de alegria com gosto de quero mais.

O grupo do Terço dos Homens foi muito bem recebido e acolhido pelos festeiros e outros que lá estavam. Todo o comando da celebração, ficou sobre a responsabilidade do Grupo dos Homens do Terço, cujo o tema: “Estar junto dos oprimidos e esquecidos”. O grupo foi assim distribuído, os cânticos foram comandados pelos irmãos Paulo Henrique e Reinaldo, já os irmãos Bolivar e Pedrinho ficaram com as leituras, o irmão José Alves cantou o Salmo e o irmão José do “Leite” Coordenou os trabalhos, por último o irmão José Ernesto fez a leitura e uma bela reflexão do Santo Evangelho.

Ao final da celebração foi cantado os parabéns para a aniversariante da Lagoa do Barra a jovem festeira Patrícia Ribeiro.

Continue Reading

PREFEITURA DE ITAMBÉ ATRASA SALÁRIOS E SETORES PARALISAM ATIVIDADES

 

No mês de setembro e início de outubro, parece que as finanças da prefeitura de Itambé estão vivendo um verdadeiro caos.

Enquanto o prefeito segue dando aumentos salariais de até 100% privilegiando alguns setores da prefeitura, dando a entender que a situação financeira do município vai bem, outros setores seguem na contramão, mostrando uma realidade totalmente diferente, e paralisaram as atividades requerendo pagamento de salários atrasados.

Hoje, os setores de obras e Urbanismo, Garajão Municipal e de Estradas e Rodagens paralisaram suas atividades pela falta de pagamento do salário de setembro. Essa situação foi confirmada em áudio pelo vereador Bruno Lopes. Ouça:

Segundo comentários que circulam em grupos de WhatsApp, esses servidores receberão seus proventos ainda no dia 20, mas a informação não foi confirmada pela prefeitura.

Funcionários contratados que trabalham no distrito de Catolezinho também estão com salários atrasados e prometem uma manifestação no distrito a qualquer momento. De acordo áudios que circulam em grupos WhatsApp no distrito, eles poderão bloquear as entradas da cidade, permitindo somente a passagem de ambulância para pressionar o prefeito a realizar o pagamento.

Na Educação também a situação está crítica para os funcionários contratados. Segundo relatos de alguns que preferiram não se identificar, tem casos que chegam a três meses de atraso.

Na semana passada os professores paralisaram as atividades por dois dias até que foi normalizado o pagamento.

A prefeitura não sinalizou ainda sobre quando a situação poderá ser regularizada.

(77) 99965-3878 itambeagora@gmail.com

Serviços de Sedex e PAC dos Correios sofrem reajuste médio de 6,34%

Foto: Reprodução/EPTV

Os serviços de encomendas dos Correios (Sedex e PAC), para postagens por pessoa física, tiveram um reajuste médio de 6,34%. As tarifas foram elevadas na segunda-feira e confirmadas pela estatal nesta terça-feira (15). Trata-se do segundo aumento no ano. Em fevereiro, os Correios já tinham anunciado um reajuste de 8,03%. O novo aumento é superior ao dobro da inflação acumulada nos últimos 12 meses (2,89%), segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do IBGE.

De acordo com o G1, o novo reajuste vale para para os serviços Sedex (Sedex Hoje, Sedex 10 e Sedex 12) e PAC, mas os Correios não informaram o reajuste médio para cada tipo de encomenda, alegando “sigilo comercial”. “A tabela de serviços de Encomendas para postagens do varejo, ou seja, pessoa física, foi reajustada com uma média ponderada de 6,34%. O índice é uma média nacional, que varia de acordo com o tipo de postagem, origem e destino.

A atualização dos preços ocorre para equilibrar o impacto dos custos na prestação dos serviços. Destacamos que esse reajuste não se aplica aos clientes que possuem contratos com os Correios”, informou a estatal, em nota. A empresa disse ainda que, por tratar-se de um “mercado concorrencial”, a atualização dos preços visa uma “readequação do impacto dos custos na prestação dos serviços”.

IBGE: Desigualdade de renda volta a subir e é a maior desde 2012

        Foto: Pablo Jacob/Agência O Globo

O Brasil, que já é um dos 15 países mais desiguais do mundo, conseguiu ver a concentração de renda aumentar fortemente no ano passado, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra Domicílios Contínua (Pnadc), que trata de todas as fontes de rendimento, divulgada nesta quarta-feira pelo IBGE. Por qualquer medida que se use, os mais ricos no país concentraram renda, enquanto os mais pobres sofreram com queda na renda e nas condições de vida.

A renda média do 1% dos trabalhadores mais ricos subiu de R$ 25.593 para R$ 27.744, alta de 8,4%. Já entre os 5% mais pobres, o rendimento do trabalho caiu 3,2%. Nesse grupo, o ganho mensal baixou de R$ 158 para R$ 153. Com isso, o Índice de Gini, que mede a concentração de renda e, quanto mais perto de 1, pior, subiu de 0,538 para 0,545, considerando todas as rendas das famílias – trabalho, aposentadorias, pensões, aluguéis, Bolsa Família e outros benefícios sociais.

É o maior Gini desde 2012. De acordo com o jornal o Globo, no mercado de trabalho, a concentração também aumentou. O Índice de Gini da renda do trabalho subiu de 0,501 para 0,509, a maior taxa desde 2012. E, apesar da piora na desigualdade, a cobertura do Bolsa Família caiu nos últimos anos, mostra o estudo do IBGE. Com o aumento da concentração de renda, o topo da pirâmide no Brasil está se apropriando de uma fatia maior da renda nacional. O 1% mais rico recebe 12,2% de todos os rendimentos no país. Em 2017, essa fatia era de 11,7%. São R$ 34,8 bilhões nas mãos de pouco mais de 2 milhões de pessoas.

Uneb abre inscrições para vestibular 2020

A Universidade do Estado da Bahia abriu nesta terça-feira (15), o período de inscrições e para solicitação de isenção da taxa do Vestibular UNEB 2020. Os interessados devem se inscrever, exclusivamente, pelo site vestibular.uneb.br, até o dia 6 de novembro. Para os participantes que não terão direito a isenção, será cobrada taxa de R$ 100. 

As provas serão aplicadas nos dias 15 e 16 de dezembro. Serão oferecidas 6.321 vagas no processo seletivo, entre cursos de graduação presencial e à distância, oferecidos pela instituição e, inclusive, por meio do Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB). Segundo o Governo do Estado, o edital prevê reserva de 40% das vagas para negros, além de 5% de sobrevagas para indígenas; quilombolas; ciganos; transexuais, travestis e transgêneros; pessoas com deficiência, com transtorno do espectro autista e com altas habilidades, em todos os cursos.

As solicitações devem ser realizadas até hoje (16). Podem ser beneficiados candidatos concluintes ou egressos do ensino médio, que tenham também concluído o Ensino Fundamental II em estabelecimentos das redes públicas de Educação da Bahia. Ainda podem solicitar o benefício, servidores das Universidades Públicas Estaduais (UNEB, UEFS, UESC, UESB) ou seus filhos, cônjuges e dependentes judiciais de primeiro grau.

A relação dos candidatos selecionados na primeira etapa da Política de Isenção será divulgada, no dia 18 de outubro, no site do Vestibular UNEB 2020. Os candidatos selecionados para participação na segunda etapa deverão apresentar, no período de 21 a 23 do mesmo mês, original e cópia dos documentos solicitados. A relação dos candidatos beneficiados será divulgada até o dia 26 de outubro.

clique e acessa o edital de isenção de taxa