Morre na Itália, aos 89 anos, o Monsenhor Antônio Pianca

Morreu, aos 89 anos, o Monsenhor Antônio Pianca

Morreu, aos 89 anos, o Monsenhor Antônio Pianca. O falecimento ocorreu no final da tarde desta sexta-feira (11), em Vittorio Veneto, na Itália.

Segundo o Portal Fala Você, o Monsenhor encontrava-se com saúde debilitada e teve piora em seu quadro nos últimos dias.

De acordo com o padre Eutrópio Aécio, da Paróquia São Geraldo Majella, notícias recebidas da Itália são de que, mesmo debilitado, Pianco fazia suas orações em português todos os dias antes de falecer.

O religioso atuou na Paróquia de São Antônio em Guanambi entre os anos de 1998 e 2008. Pianca foi o idealizador e fundador das Rádios 104 FM e 106 FM.

O Monsenhor residia atualmente numa casa de padres idosos, na Diocese de Vittorio Veneto, no interior da Itália.

Nascido em 27 de fevereiro de 1930, na pequena Gaiarine, província de Treviso, Antônio Pianca foi ordenado padre em 28 de junho de 1953, na Catedral de Vittorio Veneto. Durante muitos anos atuou no Brasil como missionário “fidei donum”.

Em São Mateus, no Espírito Santo, Pianca atuou como padre nas décadas de 60 e 70. Sua passagem pela cidade também foi marcada pelo pioneirismo. Ele foi um dos fundadores e incentivadores do Centro Educativo Recreativo Associação Atlética São Mateus, uma das principais agremiações esportivas do Estado.

O padre recebeu o título de Monsenhor por Dom Alberto de Caetité.

De volta à Europa, o Monsenhor atuou como Pároco e como Colaborador pastoral da Paróquia de O sepultamento do Monsenhor Antônio Pianca será na próxima terça-feira (15). A celebração de exéquias, do mistério pascal de Cristo, será na igreja paroquial de Fratta di Caneva, às 15h (horário local).

O comunicado do falecimento aos amigos do Monsenhor em Guanambi foi pela rede social do Padre Lívio Dall’Anese, companheiro de Paróquia na cidade. Padre Lívio ressalta o trabalho incansável de Padre Antônio como “evangelizador, um verdadeiro pastor do povo, um fiel ministro da Igreja”.

Condeúba/Dist. Feirinha: Morreu Milton Batista dos Santos aos 53 anos de idade

 

Oclides da Silveira – Jornalista MTPS nº 5910/BA.

Milton Batista dos Santos

Morreu nesta manhã de sábado dia 12 de outubro de 2019, às 03:00 horas o Sr. Milton Batista dos Santos aos 53 anos de idade. Segundo informações de seus familiares. “Foi encontrado morto ao amanhecer, ele era um rapaz muito brincalhão, alegre mesmo com seus problemas de saúde. Nossa família inteira hoje sente essa dor. Descanse em paz querido, Milton Batista dos Santos”. Foram palavras de membros da família enlutada. O velório está acontecendo em sua residencia no Grama, o sepultamento será hoje logo mais às 17:00 horas no Cemitério Municipal do Grama.

Atendimento: PAX ETERNA FUNERÁRIA 

Nós do Jornal Folha de Condeúba deixamos nossos sentimentos à família enlutada por essa perda irreparável deste ente tão querido. Que o bom Deus O tenha ao seu lado para a eternidade. Descanse em paz amigo Milton.

Neste 12 de outubro é comemorado o dia da Imprensa Condeubense

Oclides da Silveira – Jornalista MTPS nº 5910/BA.

12 de outubro comemora-se vários acontecimentos importantes, dentre eles os mais conhecidos e comemorados que são o dia da criança, feriado Nacional de Nossa Senhora Aparecida a Padroeira do Brasil.  Nós comemoramos também neste 12 de outubro, o dia da “Imprensa Condeubense”, o qual foi oficializado através da Lei nº 897 de 30 de abril de 2015 de autoria das vereadoras “Cida de Lerim e Nena”, a qual foi sancionada pelo então Prefeito Guto, a eles nossa gratidão.

A presente Lei vem coroar de êxito a brilhante iniciativa ocorrida no dia 12 de outubro do longínquo ano de 1916, data em que circulou pela primeira vez em nosso município, um periódico por nome de jornal “O Condeúba”, o qual teve tiragens e circulações quinzenais e durou por volta de seis meses. Seu fundador foi o Capitão José Vieira da Tipografia Vieira e o redator chefe era João Ângelo do Sacramento. A Tipografia Vieira, foi a maior empresa do gênero instalada em Condeúba até os dias de hoje, era um parque gráfico muito bem montado e equipado com o que havia de mais moderno na época.

“O Alvorecer” segundo jornal a circular quinzenalmente no Município de Condeúba, foi fundado pelo Tenente Helvécio Ribeiro por volta do segundo semestre do ano de 1917, não temos data de encerramento do mesmo, porém, sabe-se que houve uma publicação datada de 10 de julho de 1923. Seu redator chefe era Mario Nena Cordeiro, o qual foi impresso também na Tipografia Vieira.

O Jornal Folha de Condeúba Ltda., foi o terceiro órgão da imprensa escrita que surgiu no município, fundado em 12 de fevereiro de 2009 sendo que a primeira impressão circulou em março de 2009. As edições foram feitas pela Gráfica Log em Vitória da Conquista, sua circulação impressa durou até agosto de 2011, a última edição.

Houve algumas tiragens mensais de até três mil exemplares, a Folha de Condeúba foi o jornal que teve maior circulação mensal nos municípios da região, chegou a ser distribuído em cerca de 50. O jornal ainda continua de forma virtual pelo site: www.folhadecondeuba.com.br, seus fundadores e proprietários são Oclides Ribeiro da Silveira e Juari Francisco do Nascimento, sendo que a redação sempre ficou a cargo de Oclides da Silveira.

A Rádio Liberdade FM é uma emissora comunitária, cuja fundação foi dia 28 de julho de 1998 através do então Prefeito Marcolino Gonçalves Neto, sua mantenedora é Associação dos produtores e Moradores do Município de Condeúba, a qual tem uma programação ativa diária das 05:00 às 22:00 horas. Contando com os seguintes comunicadores: Cláudio Novais, Chico Lima que seu atual Presidente, Reginaldo Santos, “Cassinho” e Dr.Raimundo, Karine Pereira, Mônica Nascimento, Paulinho Dj., Dom Ribeiro, William Dutra, Pastoral da Criança com Dona Abelina e Sueli e também o programa da Igreja Adventista.

Outro órgão de comunicação que temos na cidade entre os de maior abrangência é o site www.ddez.com.br que foi fundado em 21/11/2006 por Décio Francis da Silva que é seu proprietário.

Vem surgindo bons sites na cidade como a Rádioweb Garcia fundada em 2008 que é de propriedade de Gilmar Garcia, assim como o site: Portal Condeúba que é de propriedade de Gilberto Garcia.

Temos ainda os escritores autores de músicas como Artulio Reis, Salvador o “Doquinha”, escritores como Tranqüilino Torres, Agnério Evangelista de Sousa, Antonio Santana, Aline dos Santos, Leandro Flores, José de Sousa, Jovino Coutinho, Otaviano Vieira Lima, Edson Silveira, Oclides da Silveira e Joandina Maria de Carvalho, Editatoo entre outros.

Assim, completamos essa pequena homenagem ao dia da Imprensa Condeubense, relembrando àqueles que fizeram e os que ainda fazem a história de Condeúba, através de jornais, livros sites e rádio.

Nós do Jornal Folha de Condeúba parabenizamos todos os condeubenses envolvidos nesta magnífica arte de comunicar. Reiteramos mais uma vez a todos, para que nos unamos em face da criação da Academia de Letras Condeubense, assim sendo, ficaremos melhor organizados e vistos com mais destaques pelo trabalho que cada um desenvolve no seu segmento. Desta forma, estaremos dando certamente um passo firme na nossa organização, com isso, ficaremos mais unidos e fortes para nos proteger das mazelas de alguns seguimentos rancorosos, que tendem estar sempre atacando os meios de comunicações.