Bahia é quarto estado mais caro para morrer, revela estudo

Foto: Reprodução/Getty Images

A Bahia está entre os estados em que se precisa trabalhar mais dias para pagar um enterro, de acordo com um levantamento divulgado nesta semana. O estudo mostra que o brasileiro deve trabalhar, em média, 39 dias para arcar com os custos de um enterro completo.

A depender do rendimento médio no estado, a quantidade de dias varia. Na Bahia, os dados apontam ser necessário trabalhar 54 dias para custear as despesas. A Bahia está atrás apenas do Maranhão (64 dias), Alagoas (56) e Piauí (55). O Distrito Federal foi apontado como a localidade em que se trabalha menos para pagar o enterro: 19 dias.

De acordo com o Bahia Notícias, dados da Associação Brasileira de Empresas Funerárias e Administradoras de Planos Funerários (Abredif) indicam que o custo médio de um enterro no Brasil é de R$ 2,5 mil.

A entidade também apontou o custo médio de vários componentes de um enterro: caixão (28%) R$ 894,54; transporte (28%) R$ 898,45; velório (15%) R$ 472,46; sepultamento (14%) R$ 433,42; decorações (12%) R$ 369,54; outros (3%) R$ 106,96.

https://bonsinvestimentos.com.br/

Brasil cai 15 posições na lista de facilidade em fazer negócios

Foto: ThinkStock/Veja

O Brasil caiu 15 posições no ranking de facilidade para fazer negócios do Banco Mundial. Neste ano, o país ficou em 124º lugar, ante o 109º lugar na lista do ano passado, apesar de ter registrado uma ligeira melhora em sua nota geral, conforme relatório divulgado na quarta-feira 23. Nesta quinta, 24, o Ministério da Economia lamentou o resultado, mas disse que o ranking não conseguiu avaliar medidas implementadas pelo governo Bolsonaro.

O estudo usa dados de maio do ano passado até maio deste ano. “O resultado não foi nada bom para o Brasil. Uma queda para 124º é algo para se lamentar e trabalhar para reverter, como temos feito deste o início do ano”, afirmou o secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade, Carlos da Costa.

O secretário lembrou, contudo, que os dados para confecção da lista foram coletados entre fevereiro e março, não captando algumas ações positivas já implementadas. “A diminuição da taxa básica de juros a um nível recorde, a retomada da geração de empregos, a lei da liberdade econômica, a aprovação do cadastro positivo e a aprovação da reforma da Previdência são alguns exemplos de que o Brasil muda de rumo”, afirmou a secretaria comandada por Costa, em nota à imprensa.

No Fórum Econômico Mundial deste ano, em Davos, o presidente Jair Bolsonaro afirmou ter como meta levar o país para o grupo dos 50 primeiros colocados até o fim de 2022. O ranking analisa a facilidade de fazer negócios em 190 economias, com notas mais altas indicando que as regulações do ambiente de negócios são mais propícias ao empreendedorismo. No geral, a nota brasileira foi calculada em 59,1, sobre 58,6 no ranking anterior.

Substância do ipê-roxo é testada em novo remédio contra câncer de próstata

Foto: Reprodução/Flickr

O ipê-roxo, árvore comum na mata atlântica brasileira, está no centro de pesquisas que investigam um novo tratamento para o câncer de próstata. O projeto, feito em parceria entre pesquisadores da UFC (Universidade Federal do Ceará) e da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), criou uma substância análoga à beta-lapachona, encontrada nas árvores com menor toxicidade.

A pesquisa foi finalista na categoria inovação tecnológica em oncologia da edição 2019 do prêmio Octavio Frias de Oliveira, uma iniciativa do Icesp (Instituto do Câncer do Estado de São Paulo Octavio Frias de Oliveira), em parceria com o Grupo Folha. A patente foi registrada nos EUA com ajuda da Universidade do Texas.

Segundo uma das autoras da pesquisa, Cláudia do Ó Pessoa, da UFC, os medicamentos hoje no mercado enfrentam dois problemas: a resistência que as células tumorais desenvolvem ao longo do tratamento e os efeitos colaterais, que muitas vezes impedem a pessoa de continuar recebendo a terapia.

As pesquisas com plantas da biodiversidade brasileira visam encontrar soluções para esses dois problemas. A toxicidade da beta-lapachona e, consequentemente, os efeitos colaterais que ela pode causar foram dribladas com a associação do selênio, que ajudou a poupar as células normais e atingir apenas as células tumorais.

Os testes foram feitos in vitro e ainda precisam ser validados em animais. Na UFMG, a pesquisa foi liderada por Eufrânio Nunes Silva Júnior. Também participam Eduardo Henrique Guimarães Cruz, da Universidade Federal de Santa Catarina, e David A. Boothman e Molly Silvers, da Universidade do Texas.

Condeúba/Baixão de Paulo: Entulho da Enchente que causou catástrofe ano passado, volta a ameaçar a população com a chegada das chuvas

Podem observar o acumulo de cascalho que formou abaixo da ponte Laudelino Ferreira de Sousa, que obstruirá a passagem das águas, está totalmente comprometida

Estivemos passando recentemente na estrada do Baixão de Paulo e podemos constatar que parte dos destroços deixado na enchente que devassou a localidade em 29 de outubro de 2018, portanto um ano atrás, ainda estão intactos no leito do córrego. Com isso, as chuvas já chegaram e ali não vai ter condição alguma das águas se escorrerem. A grande probabilidade será das enxurradas descerem  pela estrada e ai volta inundar as casas novamente como ocorreu ano passado.

Falamos hoje pela manhã através de telefone com a vereadora Nena que mora na localidade e ela nos disse: “O córrego está obstruído e já se encontra com muita água, se uma providência não for tomada, as próximas águas descerão pela estrada e as casas poderão ser inundadas.

Se não fizerem a devida limpeza no leito do córrego, como eu sempre tenho cobrado do Prefeito Silvan e do Secretário de Obras Dinailde, tanto tenho alertado para o perigo pessoalmente, como também através dos microfones da Câmara. Tudo está registrado, num entanto o povo está me massacrando achando que eu não cobro”, afirmou Nena. Continue Reading

O homem ímpar elege a vida como páginas de uma sinfonia inacabada

Por Editattoo

O homem ímpar elege a vida como páginas de uma sinfonia inacabada, e sobre os ombros dolorosos que consiste sustentar sua busca moral revolta se no primeiro obstáculos psicológico que encontra, deve se observar que; a vida em sua plenitude consiste em obter os requisitos necessários para continuidade do ser que sonha.

De imediato, devemos observar antes a comunhão com o céus e suas divindades que propiciaram vida e abundância. Nós somos a descoberta desse novo tempo e o resultado das buscas que por ignorância resulta na decadência do ser, a imagem da realidade que criamos para nos proteger resulta na falha psicológica, levando nos para os pântanos, ainda é tempo de resgatar na “arte da garça” a filosofia que nos levará para casa.

Sejamos o exemplo construtivo que liberta mente sã, somos reis do instante perfeito, e reféns das informações compradas, da bela vista que o amor cria, surge a imagem da rainha de dia, trêmula na paisagem que delata a face, bludins delatando no tom, o som que manipula mostrando o dom, quem procura compreender a fala, se perde na imensidão do querer que na verdade se cala, e a presença na ausência que traz a calma que com alma fala.