Duomo fecha as portas sem avisar os empregados

Thiago Valeriano Braga

A metalúrgica de nome Duomo/Tecnoforma situada em Arujá – SP empregava, no passado, cerca de 150 pessoas, ‘emprego direto’, restando hoje o número equivalente à 40 colaboradores. No último domingo (30), a empresa mandou recolher o maquinário de maior valor, levando tudo em caminhões trucks, cujo destino seria guarda – lo noutro lugar.

A atitude suspeita revoltou os empregados e um deles telefonou para o sindicato da categoria a fim de intervir naquela situação de possível fechamento da fábrica. Chamada, a polícia esteve no portão de acesso ao modal, mas nada pôde fazer, pois a carga possuía nota fiscal e/ou comando de embarque.

O galpão está praticamente vazio com a falta das máquinas e da mão de obra. Dispensa em massa. Agora sindicato e empregadora negociam um acordo formal que deve de ser homologado na Justiça do Trabalho.

* Informações colhidas na página do Sindicato da Categoria