Pai arrecada R$ 1 milhão para tratar o filho com doença rara e foge com o dinheiro; suspeito foi preso na Bahia

Campanha nas redes sociais para tratamento da criança

Um homem suspeito de aplicar um golpe milionário após fazer uma campanha nas redes sociais para arrecadar dinheiro para o tratamento do filho doente, em Minas Gerais, foi preso em um hotel de Salvador nesta segunda-feira (22).

De acordo com a Polícia Civil mineira, Mateus Henrique Leroy Alves, 37 anos, é suspeito de arrecadar R$ 1 milhão para comprar remédios para o filho, de apenas 1 ano e sete meses, e gastar o dinheiro indevidamente.

O crime chocou a comunidade de Conselheiro Lafaiete, localizada na região dos Campos das Vertentes, a 100 km de Belo Horizonte, onde a criança mora. O bebê sofre de Atrofia Muscular Espinhal (AME), uma doença degenerativa rara.

Mateus Henrique Leroy Alves, 37 anos, suspeito de dar golpe milionário

Conforme a Polícia Civil de Minas Gerais, Matheus foi achado na capital baiana após denúncia de que ele estava na cidade gastando o dinheiro arrecado para o filho de forma indevida. O caso segue em investigação.

O G1 tentou contato com a família da criança, mas, até a publicação desta reportagem, não conseguiu.

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmail

Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.