Auditoria constata diversas irregularidades em hospitais da rede estadual na Bahia

Foto: Divulgação/TCE-BA

Uma equipe de auditores da Segunda Coordenadoria de Controle Externo (2ª CCE), do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA), encontrou diversas irregularidades durante auditoria realizada em cinco hospitais da rede estadual de saúde.

Dentre as quais: macas com pacientes no corredor, falta de alvarás sanitários, problemas no manejo do lixo hospitalar, superlotação em leitos de enfermaria, UTI e pronto-socorro, além de precariedade na estrutura física. O trabalho de auditoria e inspeção nas unidades está em fase de conclusão e faz parte das ações rotineiras do órgão.

Foto: Divulgação/TCE-BA

O relatório produzido pela equipe da 2ª CCE será autuado como processo para sorteio de conselheiro relator e julgamento pelo Plenário da Corte de Contas, que considerará os argumentos de defesa dos gestores, inclusive a apresentação de planos de ação para solucionar as irregularidades.

As unidades que receberam as visitas dos auditores entre 9 de setembro e 8 de novembro de 2019 foram: Hospital Geral Ernesto Simões Filho (HGESF), em Salvador; Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC); Hospital Geral Prado Valadares (HGPV), em Jequié; Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) e Hospital Estadual da Criança (HEC), em Feira de Santana.

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmail

Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.