Em meio ao coronavírus, moradores de Vitória da Conquista ficam preocupados com falta de água

Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

A proliferação do coronavírus tem preocupado moradores do bairro Alto do Panorama, em Vitória da Conquista, a 132 km de Brumado. Por lá, o sistema de abastecimento está comprometido desde sábado (20). Na residência da dona de casa Maria Delfina dos Santos, além da preocupação com o coronavírus, as roupas sujas se acumulam, sem que a família tenha como lavá-las. Ela diz que, apesar da falta de água, as contas chegam normalmente.

“A conta todo mês chega. E se a gente não pagar, eles cortam a água. Toda vez que a gente faz qualquer coisa, tem que lavar as mãos. Onde é que a gente vai achar água para lavar as mãos?”, questiona ela. De acordo com o G1, na casa do carpinteiro Aloísio Alves, a família conta com menos da metade do reservatório de 500 litros e não sabe o que vai fazer quando a pouca água acabar. “A situação fica crítica para a gente.

Ainda bem que aqui em casa não tem criança, porque se tivesse criança seria pior”, disse ele. A família do auxiliar de serviços gerais Jorge Ribeiro também está na mesma situação. “Fica complicado, porque a gente tem que lavar as mãos toda hora. Tenho dois filhos, esposa, como vamos fazer?”.

Por meio de nota, a Empresa Baiana de Águas e Saneamento S.A (Embasa) informou que o abastecimento no Alto do Panorama foi restabelecido durante esta tarde e será regularizado ao longo desta noite. A Embasa disse ainda que nos últimos dias o fornecimento de água no bairro sofreu interrupções devido ao rompimento de diferentes trechos da rede distribuidora em decorrência da erosão das ruas provocada pelas chuvas.