Empresa abandona negociação e funcionários dos Correios entram em greve

Dias após a empresa e as representações sindicais participaram de audiência de conciliação no Tribunal Superior do Trabalho (TST), em Brasília, os trabalhadores dos Correios voltaram a paralisar as atividades.

De acordo com as informações, a estatal abandonou a negociação sem fechar o acordo coletivo, que estava sendo mediado pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST). A tensão entre trabalhadores e Correios envolve várias retiradas de direitos.

” Nós estamos em greve porque a empresa está tirando todos os nossos benefícios, e nos colocando a nível CLT, são conquistas históricas que a empresa está querendo tirar”, disse a vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios e Telégrafos do Estado da Bahia (Sincotelba), Shirlene Souza.