Categoria: Segurança

Mulher é detida em Vitória da Conquista por uso ilegítimo de uniforme da PM

Foto: Divulgação/PM

Uma mulher de 24 anos, utilizando a farda completa da Academia de Polícia Militar da Bahia, foi detida em Vitória da Conquista, por uso ilegítimo de uniforme da corporação no sábado (22). De acordo com informações da 78ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), a mulher foi encaminhada ao batalhão do município após ter sido abordada no Terminal Rodoviário de Vitória da Conquista.

No local, ela havia se identificado como aluna da academia. Segundo a 78ª CIPM, a suspeita chegou a dizer que estava em uma missão da Academia de Polícia Militar, tendo sido designada para fazer uma apresentação sobre o início das aulas da instituição. Em virtude da desconfiança, a mulher foi conduzida ao Comando de Policiamento da Região Sudoeste da Bahia (CPRSO) onde a guarnição continuou com as investigações sobre o fato, até confirmar que ela não pertencia ao quadro da PM baiana.

Após ser questionada sobre o fato, a moça admitiu que não era policial e disse que havia agido daquela forma para dar orgulho a família. Diante do fato, a civil foi conduzida ao Distrito Integrado De Segurança Pública (DISEP).

No local, ela foi enquadrada na contravenção penal de uso ilegítimo de uniforme ou distintivo. Com ela, foi apreendido um saiote da PM-BA, uma calça da PM-BA, uma tarjeta com o nome da mulher, luvas de ALOF 1º ano, uma camisa branca bordada com o nome, uma máscara o brasão da PM, um Gorro de pala da PM e um cinto de guarnição.

Envolvidos em atos homofóbicos são autuados em Brumado

Vista aérea da cidade de Brumado

O autor de ataques homofóbicos, cometidos em uma rede social, contra uma pessoa de identidade preservada, foi localizado neste final de semana, por policiais da Delegacia Territorial (DT) de Brumado. A vítima, que está sobre proteção da Polícia Civil, sofreu os ataques na internet a respeito da sua orientação sexual.

O delegado titular da DT de Brumado, Fabio Lago, informou que outras pessoas, que fizeram comentários com o mesmo teor homofóbico, também irão responder. “A vítima registrou a ocorrência de posse de todas as informações, imediatamente tomamos as providências necessárias. Os autores foram indiciados na Lei nº 7.716/89, sobre praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional”, disse.

Ainda segundo o delegado, os autores podem passar por centros educacionais. “Representei para eles participem de programas e campanhas de enfrentamento da violência contra a comunidade LGBTQIA+ em centros de educação”, finalizou.

Macaúbas: Feminicídio possui qualificadoras de crime bárbaro, diz comandante da 4ª CIPM

No dia 1º de janeiro deste ano, um indivíduo matou a sua companheira após discutirem por ciúmes em um bar na localidade de Cana Brava, na cidade de Macaúbas. Nesta semana, o Setor de Inteligência da 4ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), a Delegacia Territorial de Macaúbas, o Núcleo de Inteligência da 24ª Coorpin de Bom Jesus da Lapa/BA e a Polícia Militar de Serra Talhada/PE deflagraram uma operação para prender o autor do feminicídio, que estava na casa de familiares na cidade de Serra Talhada, no Pernambuco.

Em entrevista o comandante da 4ª CIPM, Major Paulo, informou que o feminicídio possui qualificadoras de crime bárbaro. “No dia do fato, a gente diligenciou no sentido de tentar prendê-lo em flagrante, mas o indivíduo conseguiu fugir. Depois, foi um trabalho de investigação da Polícia Civil colhendo depoimentos no inquérito policial. Conseguimos um mandado de prisão preventiva e trabalhamos para achar o seu paradeiro”, relatou.

O comandante frisou que a polícia atuou no sentido de fazer justiça diante de um crime hediondo. “A região ficou chocada com o fato devido à tamanha brutalidade. Fizemos o máximo possível para localizá-lo. Foi um trabalho conjunto”, destacou. O indivíduo se encontra preso na delegacia de Pernambuco, mas deverá ser recambiado para Macaúbas nos próximos dias.

PRF apreende quase 100 toneladas de madeira transportados ilegalmente pela BR-116, trecho de Jequié

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 95,96 m³ de madeira nativa de origem ilegal, na manhã desta terça-feira (17), em Jequié (BA). O volume corresponde a quase 100 toneladas e representa uma das maiores apreensões de madeira já registrada no estado em uma única ocorrência.

Por volta das 09h00, no quilômetro 677 da BR-116, os PRFs abordaram duas carretas carregadas de madeira já serrada e preparada para uso comercial, oriunda do estado do Pará. Os policiais solicitaram além dos documentos de praxe (CRLV, CNH), toda a documentação da carga, inclusive a relativa às autorizações ambientais.

Ao analisar a autenticidade da documentação e após consulta aos sistemas, os PRFs constaram que a numeração do documento não constava no Sistema de Controle Florestal Ambiental, tratando-se, portanto, de um documento falsificado.

Os 95,96 m³ de madeiras de várias espécies/cortes foram encaminhados para o INEMA, para os procedimentos administrativos pertinentes. Já os veículos e os motoristas de 42 e 65 anos foram apresentados na Polícia Civil, para formalização do flagrante por uso documento falso, previsto no art. 304 do Código Penal.

Receita Federal: Novo aplicativo agenda atendimentos presenciais

O contribuinte que precisar de atendimento presencial em unidades da Receita Federal pode agendar o serviço por um novo aplicativo. Desenvolvido em parceria com o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), o aplicativo Agendamento RFB já pode ser baixado gratuitamente nos celulares com sistema iOS e Android.

Com isso, o usuário poderá escolher o serviço, o dia, horário e a unidade da Receita em que deseja ser atendido, conforme o número de vagas disponíveis. Até o momento, a marcação só era possível através de um computador. Agora, com o aplicativo, o serviço ganha novas ferramentas como a geolocalização, que permite a busca de unidades mais próximas e ajuda a traçar rotas pelo mapa.

Atualmente, quase todos os serviços da Receita podem ser realizados de maneira remota, por meio do site do órgão https://www.gov.br/receitafederal/pt-br ou pelo http://Centro Virtual de Atendimento (e-CAC).. Porém, ainda existem seis procedimentos que só podem ser realizados presencialmente.

Região: PF e Receita Federal deflagram operação para combater contrabando de cigarros e descaminho em Tanque novo

Polícia Federal em conjunto com a Receita Federal deflagram, nesta quarta-feira (19/05), a Operação Caravana, que visa combater os crimes de Associação criminosa, Contrabando e Descaminho, delitos cujas penas, somadas, podem chegar até 12 anos de reclusão.

Oito mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos por 32 Policiais Federais e 21 servidores da Receita Federal na cidade de Tanque Novo/BA. A operação decorre de investigação iniciada em novembro de 2019, com base em informações provenientes da Delegacia da Polícia Federal em Londrina/PR, relatando a atuação de um grupo, liderado por dois comerciantes de Tanque Novo/BA, que estaria operando esquema de transporte e distribuição cigarros, bebidas e perfumes provenientes do Paraguai, sem o pagamento dos impostos devidos.

No curso das investigações, foram registradas três ocorrências policiais ligadas ao grupo, confirmando sua reiterada atuação nos crimes de Contrabando e Descaminho: em dezembro de 2019, um indivíduo ligado ao grupo foi preso em flagrante em Santo Inácio/PR, por transporte de cigarros contrabandeados; em setembro de 2020, outra carga de cigarros pertencente ao grupo foi apreendida em Urandi/BA; já em janeiro de 2021, houve a apreensão em Montes Claros/MG de uma carga de perfumes provenientes do Paraguai, que era transportada pelos dois líderes do grupo investigado.

A equipe de investigação identificou, ainda, a utilização de uma empresa de fachada para dar aparência de legalidade aos valores movimentados pelo grupo criminoso. A empresa sediada em Tanque Novo/BA movimentou cerca de R$ 13 milhões no período de 2018 a 2020. A maior parte dos recursos movimentados tinha como origem/destino empresas sediadas na região da fronteira com o Paraguai.

Em conjunto com a investigação policial, está a cargo da Receita Federal do Brasil dar prosseguimento aos procedimentos fiscais.

Estação da Lauro de Freitas recebe letreiro com nome do ex-prefeito Herzem Gusmão

A Estação Herzem Gusmão recebeu, nesta quarta-feira (19), o letreiro com o nome do ex-prefeito, que idealizou e iniciou a construção do moderno projeto, que vai proporcionar, além de conforto e segurança aos usuários do transporte coletivo, modernização da área e a fluidez no trânsito.

A Estação já tem data marcada para ser entregue à população pela prefeita Sheila Lemos: 2 de junho, dia em que Herzem estaria completando 73 anos. As equipes estão na última etapa da obra e seguem afinando os detalhes finais. Nesta quinta-feira, serão instaladas a peça de paisagismo e nos próximos dias o equipamento vai receber sinalização de trânsito e de orientação para os usuários.

Com um moderno projeto arquitetônico da equipe do arquiteto Jaime Lerner, o antigo Terminal da Avenida Lauro de Freitas ganhou cobertura nos pontos de embarque e desembarque, proteção lateral, pavimentação asfáltica, melhoramento na rede de drenagem, calçadas com acessibilidade e nova iluminação. A obra será entregue à população cinco meses antes do prazo previsto, que era novembro.

A Prefeitura investiu R$ 6,6 milhões de recursos próprios, obtidos por meio de empréstimo, autorizado pela Câmara de Vereadores, junto à Caixa Econômica Federal (Finisa).

Monitor da Violência: Bahia tem maior índice de presos provisórios do país e menor taxa de superlotação

Foto: Reprodução/TV Bahia

Dados do Monitor da Violência divulgados nesta segunda-feira (17) apontaram que, do total de presos na Bahia, 49,4% são provisórios, ou seja, aguardam o julgamento encarcerados. A taxa no estado é a maior do país. Os dados fazem parte de um levantamento exclusivo do G1, dentro do Monitor da Violência, e têm como base informações oficiais dos 26 estados e do Distrito Federal.

Segundo o levantamento, em números brutos, a Bahia possui 6.483 presos provisórios, de um total de 13.125 pessoas presas no estado (o levantamento não inclui regime aberto, medida de segurança, regime domiciliar e presos em delegacias). Em números brutos, a Bahia é o 11º colocado entre os estados com mais pesos provisórios.

São Paulo lidera a lista, com 48.216 presos provisórios, seguido por Minas Gerais (26.742) e Rio de Janeiro (19.027). Contudo, quando comparada quantidade de presos provisório com o total de pessoas presas em cada estado, a Bahia tem o maior índice. Logo atrás vêm Ceará (48%), Maranhão (46,3%) e Piauí (45%).

Polícia descobre escavação que ligava celas em penitenciária de Salvador

Foto: Divulgação/PC

A Polícia Civil encontrou uma escavação que ligava duas celas na Penitenciária Lemos Brito, que fica no Complexo Penitenciário da Mata Escura, em Salvador. Sete celulares e duas facas foram apreendidos.

A passagem foi encontrada na quinta-feira (13), durante buscas com mandados judiciais, feitas por equipes do Departamento de Polícia Metropolitana (Depom). Carregadores e um caderno de anotações também foram apreendidos na ação.

O material, que segundo a polícia pertencia a um dos custodiados, foi levado para ser periciado. Um inquérito foi instaurado para apurar as circunstâncias do caso. A Delegacia de Proteção ao Turista (Deltur) prestou apoio no cumprimento dos mandados.

INSS: bloqueio de benefícios por falta de prova de vida será retomado

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) irá retomar, a partir do mês de junho, a rotina de bloqueio dos créditos dos benefícios por falta de prova de vida para os residentes no Brasil. O INSS identificou cerca de 160 mil segurados que deveriam ter feito a prova de vida em fevereiro de 2020 e ainda não a realizaram.

A rotina de bloqueio terá início com os benefícios sobre os quais não houve comprovação de vida por nenhum canal disponível para tal procedimento. Estes selecionados irão integrar o primeiro lote do processo de comprovação de vida por biometria facial, instalada em fevereiro deste ano.

O procedimento para comprovar que o beneficiário está vivo deve ser realizado anualmente pelos segurados do INSS. Para evitar o bloqueio dos benefícios, os beneficiários podem realizar o procedimento de forma remota nos aplicativos Meu INSS e Meu gov.br. A prova realizada junto às instituições financeiras continua válida e pode ser realizada normalmente.