Categoria: Segurança

Casal suspeito de matar policial militar em São Paulo é preso no interior da Bahia

Foto: Reprodução/TV Globo

Um casal suspeito de matar um policial militar na cidade de Embu das Artes (SP), em 2018, foi preso na segunda-feira (11), no município de Saúde, no interior da Bahia. Rui Joaquim da Silva e Fabiana dos Santos Bianchi estavam foragidos desde 2018, quando o crime ocorreu. De acordo com a Polícia Militar de Jacobina, que fica a cerca de 40 km de Saúde, uma denúncia anônima informou que o casal estava escondido no município.

Desde então, os suspeitos passaram a ser monitorados e, quando estavam aguardando atendimento médico no Hospital Municipal de Saúde, foram presos por uma equipe da 24ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM). No momento da prisão, segundo a polícia, Rui Joaquim apresentou uma Carteira de Habilitação falsa.

Já Fabiana apresentou um documento de identificação de uma das irmãs. “É gratificante contribuir para a captura de foragido da justiça, sobretudo daqueles que tiraram a vida de um irmão de farda. Esta prisão foi fruto de um trabalho de inteligência da 24ª CIPM, unidade operacional composta por verdadeiros guerreiros, sempre ávidos no combate à criminalidade.

Todo efetivo policial que se envolveu nesta diligência está de parabéns”, disse o Major Flailton Olivera, Comandante da 24ª CIPM. Ainda segundo a polícia, os dois suspeitos também têm mandados de prisão preventiva expedidos pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) por crimes contra o patrimônio.

Polícia apreende explosivo e munição para fuzil em área de mata de Simões Filho

Foto: Divulgação/SSP-BA

Explosivo e munições foram apreendidos em uma área de mata na localidade de São José, em Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador, na segunda-feira (11). Suspeitos que estavam no local conseguiram fugir. Segundo a polícia, equipes da 22ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) encontraram os materiais ilícitos durante uma patrulha, quando visualizaram homens em uma área de mata fechada.

Quando os policiais se aproximaram, o grupo atirou contra a equipe e fugiu. Sacolas que estavam com os criminosos foram abandonadas no local. Dentro delas foram apreendidos um explosivo e munições para fuzil e espingarda. Os materiais foram apresentados na 22ª Delegacia Territorial (DT) do município.

2020: Mais de 50 mil flagrantes de ultrapassagem proibida foram registrados nas estradas federais da Bahia

Foto: Divulgação/PRF

De acordo com levantamento da Polícia Rodoviária Federal da Bahia (PRF-BA), nos doze meses do ano passado, foram flagradas 53.301 ultrapassagens proibidas. Um aumento de 87% se comparado a 2019, quando foram registradas 28.377 infrações desse tipo. No total, foram 431 acidentes do tipo colisão frontal, que resultaram em 208 óbitos.

Esse tipo de acidente, na maioria das vezes causadas por ultrapassagens indevidas, é a que mais fere gravemente e mata pessoas, além de ocasionar perdas irreversíveis. A infração de ultrapassar em faixa amarela contínua é infração gravíssima, com multa de R$ 1.467,35 e rende 7 pontos na carteira.

Em caso de reincidência em 12 meses, a multa é dobrada. A PRF alerta aos motoristas que obedecer às normas de trânsito contribui para um trânsito mais seguro. A redução da violência nas rodovias federais depende da participação de todos.

Rui Costa anuncia Paulo Coutinho como novo comandante-geral da Polícia Militar

Foto: Alberto Maraux

O governador da Bahia, Rui Costa, anunciou nesta segunda-feira (11), o coronel Paulo Coutinho como novo comandante-geral da Polícia Militar da Bahia. O cargo era ocupado pelo coronel Anselmo Brandão.

“Quero agradecer toda a dedicação, trabalho e o empenho do coronel Anselmo Brandão, que comandou a PM nos últimos seis anos. Hoje, será publicada a nomeação e na quarta faremos a transmissão do cargo. Seguiremos trabalhando firme, trabalhando duro para perseguir e alcançar nossas metas e melhores indicadores para a segurança pública do nosso estado”, comentou Rui.

Recifense, Paulo Coutinho, que estava no posto de comandante de policiamento na Região Integrada de Segurança Pública Central, em Salvador, ingressou na Polícia Militar da Bahia em 1986.

Conforme o governo da Bahia, o novo comandante-geral passou por diversas companhias e batalhões, comandando, inclusive, o Batalhão de Operações Especiais (Bope). Concluiu cursos de especialização e pós-graduação na área de Segurança Pública.

O coronel Anselmo Brandão completou seis anos à frente da Polícia Militar, no sábado (9). O último comandante-geral da corporação com mais tempo que Brandão comandou a tropa de 6 de julho de 1913 até 17 de abril de 1920, há mais de 100 anos.

Polícia procura por suspeito de dopar e estuprar filha de 13 anos em Itapetinga

A Polícia Civil de Itapetinga, cidade do sudoeste da Bahia, procura um homem de 49 anos suspeito de dopar e estuprar a filha de 13 anos. Segundo informações da polícia, o caso foi denunciado pela mãe da vítima. A adolescente, que estava em São Paulo e foi visitar o pai em Itapetinga, tomou um açaí oferecido por ele e ficou sonolenta. Ao acordar, ela flagrou o homem mexendo nas partes íntimas dela.

De acordo com a polícia, ao contar para a mãe a irmã mais velha da vítima também revelou que já foi vítima de abuso por parte do pai, quando ainda era menor de idade. A polícia informou que a adolescente chegou a ser submetida a exames e não foi confirmado o rompimento hímen, mas o suspeito vai responder por estupro de vulnerável. O órgão informou que a jovem está sendo assistida pelo Conselho Tutelar de Itapetinga. O caso é investigado na delegacia da cidade.

Presos não ficam mais custodiados nas delegacias

Com o auxílio do Judiciário, a 20ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin) conseguiu transferir todos os presos que estavam custodiados nas delegacias de Brumado e região. Os detentos estão no Presídio de Vitória da Conquista cumprindo pena ou aguardando sentença.

Em entrevista, o delegado coordenador da 20ª Coorpin, Arilano Botelho, disse que, a partir de agora, nenhum preso ficará custodiado nas delegacias da região. “Lugar de custodiar preso é em presídio. Havia um desvio de função dos policiais que aqui estavam trabalhando. É uma vitória muito grande da Polícia Civil”, destacou.

Para Botelho, a custódia dos detentos onerava o Estado e deslocava o policial da sua função de investigar e garantir a segurança nas vias públicas. “Com esse valor que era pago no Plantão de Custódia, conseguimos fazer um Plantão Regional de final de semana. Foi outra vitória da Polícia Civil”, acrescentou.

Ação policial apreende fuzil, espingarda, pistola, munições e drogas em casa da cidade de Valença

Foto: Divulgação/SSP-BA

Um fuzil, uma espingarda, uma pistola além de 58 cartuchos de munição foram apreendidos em uma casa da cidade de Valença, baixo-sul da Bahia, na terça-feira (5). Também foram encontradas 202 buchas de maconha no local. Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), a ação foi realizada por policiais do Serviço de Investigação (SI) da 5ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin).

A casa onde o material foi achado era utilizada por grupos criminosos da região como depósito para drogas, armas e munições. Todo material será encaminhado à perícia, no Departamento de Polícia Técnica (DPT). Segundo o coordenador da 5ª Coorpin/Valença, delegado José Raimundo Néri, novas diligências serão realizadas, com o objetivo de localizar e prender os responsáveis pelo material.

Faroeste: MPF é contra habeas corpus para desembargadora Lígia Ramos

Em parecer enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF), o Ministério Público Federal (MPF) se posicionou contra a concessão de habeas corpus para a desembargadora do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), Lígia Ramos, por não achar “cabível” a “substituição por outras medidas cautelares”. Ela está presa há cerca de duas semanas no âmbito da Operação Faroeste, que apura um esquema de venda de sentenças relacionadas à grilagem de terras no Oeste baiano.

Na peça, assinada pelo subprocurador-geral Juliano Baiocchi Villa-Verde de Carvalho, o MPF pontua que apesar da primeira fase da operação ter sido declarada um ano atrás, “as investigações prosseguiram e surgiram elementos quanto a outras pessoas, inclusive mais servidores e magistrados, com participação nos fatos, aí incluída a paciente”.

Lígia foi alvo de um mandado de prisão temporária no último dia 14, junto a medidas de busca, apreensão e afastamento do cargo. No mesmo dia, a prisão foi convertida em domiciliar porque ela se recuperava de uma cirurgia de vesícula mas, pouco depois, em cumprimento a um novo decreto, ela foi presa preventivamente no dia 20 de dezembro.

O documento lembra os fundamentos da prisão, ao destacar que a investigação revelou “elementos suficientes” à medida, como a participação dela no suposto esquema desde 2015, quando se tornou desembargadora, a disputa com outro desembargador atrelado ao caso e ainda as evidências de que ela teria tentado atrapalhar o avanço da operação.

“Há elementos no sentido de que a paciente, usando de seu cargo, estaria, após a 1ª fase ostensiva da Operação “Faroeste”, intimidando servidores do TJ/BA, potenciais testemunhas, e destruindo provas, orientando assessora sua a apagar arquivo com lista de processos do contexto objeto da investigação e a avisar por mensagem cifrada da execução da tarefa, o que de fato foi feito pela servidora, que, contudo, guardou cópia do arquivo”, destaca o órgão.

Com a exposição desses e outros indícios, o MPF sustenta que não há diferença entre a “possibilidade de reiteração o delitiva de furtos, de roubos que seja, e possibilidade de reiteração o delitiva de crime de “colarinho branco”, mormente quando tais delitos, não obstante não sejam praticados com violência, podem atingir toda uma coletividade e não esta ou aquela vítima individual. Na espécie, toda a população do Estado da Bahia foi prejudicada, na confiança quanto à imparcialidade do Judiciário local. A par do desprestígio concreto ao Judiciário local, há aqui um desprestígio concreto ao jurisdicionado do Estado da Bahia”. Além de Lígia, outras quatro desembargadoras estão presas em decorrência da Operação Faroeste e há outros afastados de suas funções.

Além disso, o MPF refurou ainda os argumentos da defesa de Lígia quanto às condições da carceragem para que a desembargadora se recupere do procedimento cirúrgico. O órgão acusador sustenta que o Centro de Detenção Provisória I (CPD – Complexo Papuda), onde a desembargadora está presa, atende a condições de salubridade e afirma que a “a administração penitenciária tem cuidado e medicado a paciente”.

Fonte: Bahia Notícias

Seguro DPVAT não será cobrado em 2021

Foto: Dênio Simões/Agência Brasília

O Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP), vinculado ao Ministério da Economia, aprovou nesta terça-feira (29) o prêmio zero para o DPVAT em 2021 e, com isso, não haverá cobrança da taxa do seguro em 2021. O DPVAT é um seguro obrigatório, usado para indenização de vítimas de acidente de trânsito.

Segundo a Susep, não haverá cobrança em 2021 porque o DPVAT tem recursos em caixa suficientes para a operação no próximo ano. Esses recursos são de valores pagos em anos anteriores e que não foram utilizados. Com a decisão, o seguro continua existindo, mas o motorista não precisará pagar o DPVAT. Uma eventual decisão sobre 2022 ainda terá de ser tomada pelo conselho.

Em 2020, o DPVAT passou por redução de 68% para carros, passando para R$ 5,23, e de 86% para motos, chegando a R$ 12,30. Do valor arrecadado pelo pagamento do seguro obrigatório: 50% são destinados ao pagamento das indenizações; 45% vão para o Ministério da Saúde (pagamento do atendimento médico de vítimas); 5% vão para programas de prevenção de acidentes. Na reunião desta terça, o conselho decidiu ainda que Superintendência de Seguros Privados (Susep) deverá contratar um novo operador para o DPVAT.

Concurso da PRF é autorizado com 1.500 vagas; edital deve sair em janeiro

O Ministério da Economia autorizou a abertura de 1.500 vagas para o concurso da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Segundo informações da Agência Brasil, o edital deve ser lançado em janeiro de 2021 e os agentes aprovados devem integrar a corporação já no próximo ano.

O diretor-geral da PRF, Eduardo Aggio, explicou que além das 1.500 vagas imediatas, outras 500 excedentes também serão abertas, totalizando 2 mil vagas.

A seleção irá contar com provas objetivas e dissertativas, análise de títulos, testes de aptidão física, avaliação psicológica, avaliação biopsicossocial, avaliação de saúde, investigação social e curso de formação. A portaria com a autorização do Ministério foi publicada no Diário Oficial da União de quinta-feira (24).

Fonte: Brumado Urgente