Marieta da Esquerda (Cordel)

Por Nando da Costa Lima

Marieta era mineira

Fez direito em Teófilo Otoni

Na época da repressão

O pai foi torturador,

a mãe muitos dedurou

tinha um tio que era espião

Marieta era direita

Tomou gosto pela esquerda

Depois de ter apanhado

Do soldado Valdemar

Que era marido dela

Antes do cabo Vavá

que também largou a tempo

por gostar de maltratar,

era mal de militar.

Marieta depois disso

Tomou raiva da direita

Comprou uma boina do “tchê”

Decorou O Capital

E foi pra a cama com Gabeira

Antes dele esverdear

Ela era radical

Só dava pra intelectual

Guerrilheiro e agitador

Só pra proteger a causa

Trepou com muito “dotô”

Mas depois da abertura

Marieta sossegou

Só ficou a paranóia

que sempre à acompanhou

Não permite militar

no puteiro que montou.

P.S. O tempo passou e a filha de Marieta, hoje, politicamente correta, permite qualquer um no recinto.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *