Bancos darão até 95% de desconto em renegociação

Entre os dias 2 e 6 de dezembro, os maiores bancos do país vão promover a Semana de Negociação e Orientação Financeira, organizada pela Federação Brasileiras de Bancos (Febraban) como a primeira ação do acordo de cooperação técnica entre a entidade e o Banco Central (BC), assinado na última quinta-feira (dia 21). Os bancos vão oferecer condições especiais para renegociar dívidas, com descontos de até 92%.

Vão participar da ação o Banco do Brasil (BB), Banrisul, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú e Santander, com 329 agências bancárias em todo o país abertas até as 20h para oferecer orientação financeira, conteúdo para administrar o orçamento pessoal e possibilidade de negociar dívidas em atraso. “Cada instituição terá sua política própria de renegociação, mas há o compromisso de que, durante a semana, haverá condições especiais de negociação, com o objetivo de se chegar a acordos sustentáveis e resgatar a capacidade financeira do consumidor”, afirmou o diretor de Autorregulação da Febraban, Amaury Oliva.

A negociação ainda poderá ser feita nas agências desses bancos localizadas em todo território nacional, no horário normal de funcionamento, nos canais digitais das instituições financeiras e pela plataforma consumidor.gov.br. Nos canais digitais, também participarão da inciativa o Banco Votorantim e o Safra. A lista completa das agências participantes e o conteúdo de educação financeira está disponível na página paporetocomfebraban.com.br/negociar.

Bancos divulgam condições de mutirão de renegociação de dívidas

Condições de renegociação de dívidas da primeira edição da Semana da Negociação e Orientação Financeira, já foram divulgadas pelos bancos: Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal e o Santander. A ação acontece entre os dias 2 e 6 de dezembro.

Segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), 261 agências bancárias de todo o Brasil funcionarão neste dia até às 20h, oferecendo orientação financeira a clientes e a possibilidade de negociar dívidas em atraso. A negociação também poderá ser feita nas demais agências do país, no horário normal de funcionamento, nos canais digitais dos bancos e pela plataforma.

Nesta edição, seis bancos participam do mutirão de renegociação: Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Caixa Econômica, Itaú Unibanco e Santander. A lista de agências estará disponível até a próxima semana.

Nesta edição, seis bancos participam do mutirão de renegociação: Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Caixa Econômica, Itaú Unibanco e Santander. A lista de agências estará disponível até a próxima semana.

Mercado financeiro eleva a expectativa de inflação para 2019

Foto: Ricardo Matsukawa/Veja

Analistas do mercado financeiro consultados pelo Banco Central elevaram pela segunda semana seguida a estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial do país. Segundo o Boletim Focus, divulgado nesta segunda-feira, 18, a inflação deve encerrar 2019 em 3,33%, acima dos 3,31% previstos na semana anterior. De acordo com a Veja, apesar da elevação, a expectativa segue abaixo da meta central, de 4,25%. O intervalo de tolerância do sistema de metas varia de 2,75% a 5,75%. Para 2020, o mercado financeiro manteve em 3,60% sua previsão.

Para o próximo ano, o mercado manteve a previsão em 3,60%. A projeção também está abaixo da meta para 2020, que é de 4%, tendo tolerância entre 2,5% e 5,5%. A previsão dos outros indicadores ficou estáveis. Os economistas projetam crescimento de 0,92% do Produto Interno Bruto (PIB). Caso a previsão se confirme, a economia avançará menos que nos dois anos anteriores, quando cresceu 1,3% em 2017 e 1,1% em 2018. Para 2020, a projeção é o crescimento de 2%. O mercado manteve a projeção para a taxa básica de juros, a Selic. a 4,5% ao ano ao fim de 2019.

No comunicado da redução da Selic de 5,5% para 5%, o Comitê de Política Monetária (Copom) indicou que deve cortar a Selic em mais 0,5 ponto percentual em dezembro para estimular a retomada da economia, que continua com alto grau de ociosidade. Para o fim de 2020, os economistas apostam em mais corte, terminando em 4,25% ao ano.

A projeção do mercado financeiro para a taxa de câmbio no fim de 2019 permaneceu em 4 reais por dólar. Na semana passada, a moeda americana fechou acima deste valor, a 4,1934 reais, segundo maior valor nominal da história do real em relação ao dólar. Para o fechamento de 2020, a previsão continuou estável em 4 reais por dólar.

Produção de soja, milho e algodão na Bahia em 2020 tem estimativa de aumento

O Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), divulgado pelo IBGE, apresentou o 1º prognóstico da safra de soja, milho e algodão na Bahia em 2020. De acordo com o balanço, o primeiro prognóstico para o próximo ano indica um aumento nas estimativas de produção de soja (+2,9%), milho (+1,5%) e algodão (+1,2%) e queda no feijão (-17,0%).

Segundo o IBGE, entre setembro e outubro deste ano, a estimativa para a safra baiana de grãos em 2019 foi mantida em 8.233.928 toneladas, 11,7% menor que o recorde registrado em 2018. Também não houve alterações na estimativa de que, dentre todas as 26 safras investigadas no estado, 9 tenham aumento em 2019, em comparação ao colhido em 2018.

O primeiro prognóstico nacional para a safra 2020 de cereais, leguminosas e oleaginosas (também conhecidos como grãos) prevê uma produção de 238,5 milhões de toneladas, 1,0% menor que a de 2019, estimada em 240,8 milhões de toneladas.

O grupo de cereais, leguminosas e oleaginosas (grãos) engloba produtos como: arroz, milho, aveia, centeio, cevada, sorgo, trigo, triticale, amendoim, feijão, caroço de algodão, mamona, soja e girassol.

O aumento previsto na produção baiana de soja está ancorado na maior área plantada, que deve aumentar 1,3% (de 1,580 milhão para 1,6 milhão de hectares) e no rendimento médio, que deve crescer 1,6%, de 3.328 para 3.381 kg/hectare.

Ainda assim, a safra de 2020 de soja no estado deve ficar menor que o recorde colhido em 2018 (6,244 milhões de toneladas). Conforme o IBGE, a Bahia deve contribuir para o aumento previsto de 4,7% na produção brasileira de soja, que deve chegar a 118,4 milhões de toneladas em 2020, segundo este primeiro prognóstico, com aumento de 0,7% na área a ser plantada e de 3,9% no rendimento médio.

Já o aumento previsto para 2020 na produção baiana de algodão herbáceo deve ser o maior entre os principais estados produtores, resultado do aumento de 5,4% na área plantada (de 332 mil para 350 mil hectares).

Bancos começam a pagar o PIS-Pasep para Beneficiários nascidos em Novembro

A Caixa Econômica Federal iniciou o depósito automático do abono salarial do PIS para os trabalhadores da iniciativa privada nascidos em novembro que têm contas no banco. Os servidores, os empregados de empresas públicas e os militares com direito ao Pasep e com final de inscrição 4 — que são clientes do Banco do Brasil (BB) — também terão o dinheiro creditado automaticamente em suas contas.

Aqueles que não têm contas-correntes nem cadernetas de poupança — mas fazem jus ao pagamento e também comemoram aniversário neste mês (no caso do PIS) ou têm final de inscrição 4 (no caso do Pasep) vão receber o abono salarial a partir de quinta-feira, dia 14.

Nestes dois casos, a retirada pode ser feita diretamente no guichê.Nos dois bancos, o abono do PIS/Pasep 2019/2020 (ano-base 2018) ficará disponível para retirada até o dia 30 de junho do ano que vem. Confira abaixo o calendário de saque dos dois benefícios.

Saiba se tem direito ao benefício

Para saber se tem algo a receber de PIS, o trabalhador pode consultar o aplicativo Caixa Trabalhador, acessar o site www.caixa.gov.br/PIS ou ligar para 0800-726-0207, informando o número do PIS.

Se quiser obter mais informações sobre o abono salarial, o trabalhador também pode fazer uma consulta pelo site trabalho.gov.br/abono-salarial ou ligar para 158.

Para saber se tem direito ao abono, o trabalhador pode consultar o site www.bb.com.br/pasep ou telefonar para a central de atendimento do Banco do Brasil, nos telefones 4004-0001 e 0800-729-0001.

Novos valores das loterias já estão valendo

A partir desta semana, os preços das apostas de oito modalidades lotéricas ficaram mais altos. Os novos valores foram autorizados por uma portaria do Ministério da Economia, publicada no Diário Oficial da União.

O reajuste já passa a valer para os sorteios que foram realizados nesta segunda-feira (11). Agora, a Mega-Sena vai custar R$4,50; a Lotofácil, a Lotomania e a Dupla Sena, R$2,50; a Quina, R$2,00; o Timemania e a Loteca, R$3,00 e a Lotogol, R$1,50.

Segundo a Caixa Econômica Federal, o reajuste foi feito após quatro anos sem elevação dos preços e as mudanças vão contribuir para o aumento dos prêmios ofertados aos apostadores.

Além disso, a instituição informou que será incrementado o repasse social de recursos às áreas definidas na lei, como Educação, Esporte, Segurança, Seguridade, Cultura e Saúde, entre outras.

Empresa oferece oportunidade para classificadores de grãos em Luís Eduardo Magalhães e Rosário

Para chegar até seu destino, seja no armazém do comprador ou nos portos para exportação, os grãos passam por diversas etapas, incluindo inspeções, análises, controles e procedimentos essenciais. Responsável pela avaliação de mais de 70 milhões de toneladas de grãos por safra, o Genesis Group destaca a importância do trabalho do classificador de grãos, profissional que atua no controle de qualidade da produção.

Com a proximidade da colheita da nova safra de grãos, que superará 242 milhões de toneladas, o Genesis Group abre mais de 1000 vagas para reforçar sua equipe de classificadores de grãos. As oportunidades são oferecidas em diversos estados do Brasil, como Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais, Tocantins, Piauí, Bahia, Maranhão, Paraná e Rio Grande do Sul.

Para o estado da Bahia são destinadas 52 vagas, especialmente para os municípios de Luís Eduardo Magalhães e Rosário. Para se candidatar às vagas, não é necessário ter experiência. Os requisitos são apenas: preferencialmente segundo grau completo e disponibilidade para viagens. Continue Reading

Nascidos em abril e maio podem sacar FGTS

A Caixa Econômica Federal inicia hoje (8) mais uma etapa de liberação do saque imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que paga até R$ 500 por conta ativa ou inativa. Os trabalhadores nascidos em abril e maio sem conta no banco poderão retirar o dinheiro.

O saque começou em setembro para quem tem poupança ou conta corrente na Caixa, com crédito automático. Segundo a Caixa, no total os saques do FGTS podem resultar em uma liberação de cerca de R$ 40 bilhões na economia até o fim do ano.

Originalmente, o saque imediato iria até março, mas o banco antecipou o cronograma, e todos os trabalhadores receberão o dinheiro este ano.