Dia: 5 de setembro de 2021

Condeúba: A Secretaria Municipal de Saúde informa o Boletim Epidemiológico de hoje (5), NÃO HOUVE aumento de casos

Segundo o gráfico divulgado pela Coordenação da Vigilância Epidemiológica, informa que não aumentou os casos permanecendo os 1326 os infectados pelo covid-19 no município sede de Condeúba. Sendo 26 óbitos, 1298 já foram curados e 2 estão em tratamento. Suspeitos 3.529 aguardam coleta 8, aguardam resultado zero e descartados laboratorialmente 2.195.

Confira o boletim deste domingo (5):

Mostra de desfiles antigos do 7 de Setembro é marcada para o dia 15

A Secretaria Municipal de Educação (Smed) informa que a mostra “Semana da Pátria: um novo olhar no Sete de Setembro”, que aconteceria na terça-feira (7) foi adiada para o período de 15 a 19 de setembro.

A mostra acontecerá no mesmo local, na Alameda Dom Celso José (em frente à Catedral), e será composta de uma exposição com uma retrospectiva de desfiles cívicos realizados pela Prefeitura de Vitória da Conquista, representada por meio de peças que fizeram parte desses desfiles e de fotografias.

A mostra ficará aberta à visitação do público das 8h às 18h, respeitadas todas as normas de segurança e prevenção à Covid-19.

Governo da Bahia anuncia modernização de escola na cidade de Caetité

Foto: Camila Souza/GOVBA

Os municípios de Caetité, Jaguaquara, Santo Estevão, Ribeira do Pombal e Salvador receberão do governo do Estado R$ 24.141.108,15 para a modernização de suas unidades escolares. O resumo do contrato foi divulgado na quarta-feira (1°), no Diário Oficial do Estado. As obras, que serão executadas pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder), fazem parte da requalificação que o governo estadual realiza nas escolas e envolve investimentos da ordem de R$ 1 bilhão.

De acordo com o governo, as escolas passam por reformas e modernização e novas unidades, como os Complexos Poliesportivos Educacionais, estão sendo construídas em alto padrão de engenharia, ofertando aos estudantes e comunidade local quadra poliesportiva coberta, campo society, auditório, refeitório, biblioteca e laboratórios, entre outros equipamentos para fortalecer a aprendizagem.

Os Complexos Poliesportivos Educacionais são compostos por uma série de equipamentos como quadras poliesportivas cobertas, academia de ginástica, quadra de vôlei de areia, pista de atletismo e piscina.

Esses complexos são vinculados à oferta da Educação em Tempo Integral, fortalecendo a prática esportiva no currículo escolar, como também o desenvolvimento de atividades artísticas, culturais, de lazer e de entretenimento. Além da rede estadual, os complexos atenderão aos estudantes das redes municipais e particular, bem com a comunidade local.

PRF apreende carregamento de produtos falsificados e sem nota fiscal na Br 116

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) segue firme no combate aos crimes de contrabando, ‘pirataria’ e de ordem tributária. Uma fiscalização realizada nesta semana, resultou na apreensão de quantidade expressiva de produtos sem nota fiscal.

Tudo começou após abordagem a um Chevrolet/S10 na altura do quilômetro 417 da BR 116, trecho do município de Feira de Santana. O veículo era conduzido por um homem de 30 anos. Durante vistoria ao compartimento de carga, os policiais encontraram fardos de vestuários e entre as mercadorias camisas e bermudas notoriamente falsificadas, de marcas internacionalmente conhecidas.

Ao todo foram apreendidos 700 peças de vestuários. Na fiscalização, ficou constatado que os produtos estavam desacompanhados da devida documentação fiscal, o que constitui crime fiscal e de propriedade industrial. Os produtos que saíram da cidade de Feira de Santana abasteceriam lojas e o mercado informal de cidades do interior da Bahia.

Esses produtos falsificados são muitas vezes vendidas em lojas e revendidos como sendo originais. O consumidor que compra o produto é lesado financeiramente e também corre riscos ao utilizar um produto que não segue os critérios de qualidade.

O condutor e as mercadorias foram apresentados na Delegacia de Polícia Judiciária para instauração dos procedimentos cabíveis

Presídio de Vitória da Conquista desenvolve projeto de ressocialização para presos por violência doméstica

Internos do Conjunto Penal de Vitória da Conquista, que cumprem pena por crimes relacionados à violência contra a mulher, participam de um projeto de ressocialização desenvolvido pelo serviço de psicologia da unidade. Durante dois meses, eles fazem encontros de autoconhecimento e direitos da mulher.

Todos os participantes são voluntários. Ao todo,15 pessoas participaram da primeira etapa da iniciativa, que finalizou as palestras no início de setembro. Na segunda fase do projeto, eles vão apresentar o que aprendeu na ressocialização e como será a vida após o fim da pena. O projeto antecipa os trabalhos que deverão ser feitos a partir de 2022 nas unidades prisionais do país, após alteração na Lei Maria da Penha.

Com isso, o Conjunto Penal de Vitória da Conquista é o primeiro a desenvolver o projeto. “Nós estamos desenvolvendo um projeto-piloto já vislumbrando as alterações que preveem a ressocialização de internos envolvidos em violência familiar”, detalhou ao G1, o diretor da unidade, Major Edimário Araújo.

“A partir de agora, começamos a desenvolver esse programa para que esses internos, quando retornarem à sociedade após o cumprimento da pena, tenham condições consciência do delito que praticaram”, disse o diretor. Foram realizadas oito palestras com os internos para sobre o direito da mulher, masculinidade tóxica, padrão de sociedade, solução de conflitos, entre outros temas.

Outras turmas serão abertas ao longo deste ano. Quem participou do projeto considera a iniciativa positiva. “Está fazendo esse trabalho junto conosco, nos ajudando, dando confiança que quando sair daqui, [vou] fazer diferente de tudo aquilo que nos trouxe para cá”, disse um interno que não quis se identificar.

Ministério confirma casos de vaca louca em Mato Grosso e Minas Gerais

A. Brasil

A Secretaria de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) confirmou ontem (4) a ocorrência de dois casos atípicos de encefalopatia espongiforme bovina, conhecida como o mal da vaca louca, em frigoríficos de Nova Canaã do Norte (MT) e de Belo Horizonte (MG). A confirmação foi feita na sexta-feira (3) pelo laboratório de referência da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), em Alberta, no Canadá.

De acordo com a pasta, todas as ações sanitárias de mitigação de risco foram concluídas antes mesmo da emissão do resultado final pelo laboratório. “Portanto, não há risco para a saúde humana e animal”, destacou, em nota.

Os dois casos atípicos, um em cada estabelecimento, foram detectados durante a inspeção realizada antes do abate dos animais. “Trata-se de vacas de descarte que apresentavam idade avançada e que estavam em decúbito [deitadas] nos currais”, explicou.