Dia: 26 de maio de 2020

Cordeiros/Social: Completa 5 aninhos hoje (26/5/2020), o pimpolho Luis Rafael Fernandes Soares

Está completando idade nova hoje (26/5/2020) 5 aninhos,  sem bolo e nem festa, o querido garotinho Luis Rafael Fernandes Soares, com muita esperteza, inteligência e sabedoria ele que é filho único, só tem trazido alegria aos seus pais Ademar Soares que vereador em Cordeiros e sua mãe Alessandra Fernandes Soares. Infelizmente o Luis Rafael não terá sua festinha por conta dessa maluca pandemia que estamos vivendo, nos priva de fazer aglomerações de pessoas, mas sem problemas pois, Luis Rafael é um menino compreensivo e entende a situação.

Nós do Jornal Folha de Condeúba, deixamos nosso amplexo abraço para o aniversariante e sua família. Pedimos sempre que o bom Deus ti proteja sempre queridinho Luis Rafael, os papais tenham muita luz para lhe guiar, pois você continua sempre muito inteligente, parabéns “Pirralho”.

Cantor e compositor Genival Lacerda sofre AVC e está internado no Recife

Genival Lacerda – Foto: Ascom

O cantor e compositor paraibano Genival Lacerda, de 89 anos, sofreu um Acidente Vascular Cerebral Isquêmico (AVC) na madrugada desta terça-feira (26) e está internado no Hospital D’Ávila, no Recife (PE).

Segundo o filho, João Lacerda, ele dormiu bem, fez exames e ficará cinco dias em observação.

Genival Lacerda estava em sua casa, no bairro de Boa Viagem, na capital pernambucana, quando passou mal, de acordo com a Rede Globo Nordeste.

Foi socorrido a princípio para o hospital da Unimed, mas por conta do risco de contrair Covid-19, foi transferido para o D’Ávila, ainda de acordo com o filho.

“Ele fez todos os [exames de] check up, tomografia e exames. Estava com taxas alteradas. Ele dormiu bem e vai ficar em observação nesses cinco dias para ver se o quadro não se agrava”, afirmou João Lacerda.

Natural de Campina Grande, Genival Lacerda reside no Recife há mais de 25 anos.

Ele é autor de músicas como “De quem é esse jegue?” e “Severina Xique-Xique”.
*com informações do g1pe

Condeúba/Social: Completou idade nova hoje (26/5), o popular Otaviano Dentista

Otaviano Alves dos Santos, mais conhecido como “Tavo ou Otaviano Dentista”. – Completou 86 anos hoje (26/5/2020).

Está completando idade nova hoje (26/5), o amigo de todos Otaviano Alves dos Santos, mais conhecido como “Tavo ou Otaviano dentista”. Nascido em Tremedal foi criado parte na cidade de Aracatú. Otaviano foi vereador em Condeúba por três legislaturas consecutivas, na época não havia remuneração para o cargo, o trabalho era por amor a causa do município, Otaviano deixou uma relevante folha de serviço prestada ao nosso município, além de toda a região por onde passou trabalhando como dentista prático em Cordeiros, Brejinho, Jacaraci, Guajeru e muitos outros.  Ele foi  casado com dona Iazinha (in memória). Com quem teve e criou com muita dignidade 8 filhos que lhes deram 15 netos e 6 bisnetos. Nosso sempre muito querido amigo Otaviano, está completando 86 aninhos hoje dia (26/5/2020), graças a Deus com total lucidez e muito bem humorado como sempre foi.

Nós do Jornal Folha de Condeúba, parabenizamos ao aniversariante e desejamos ao amigo irmão “Tavo” que o bom Deus ilumine sempre seus pensamentos e seus passos no dia a dia de sua vida, juntamente com todos seus demais amigos e principalmente com a sua família que tanto lhe ama e quer bem. Abraço fraternal grande grande irmão Otaviano.

Médico da BA tem parada cardíaca e morre após tomar hidroxicloroquina

O médico Gilmar Calasans Lima, que morreu de covid-19

Médico da BA tem parada cardíaca e morre após tomar hidroxicloroquina O médico Gilmar Calasans Lima, que morreu de covid-19 Imagem: Arquivo pessoal Aurelio Nunes Colaboração para o UOL, em Salvador 21/04/2020 12h05Atualizada em 21/04/2020 21h23 Após quatro dias de tratamento domiciliar com hidroxicloroquina contra o novo coronavírus, o médico Gilmar Calasans Lima, 55, morreu 45 minutos depois de dar entrada na emergência do Hospital da Costa do Cacau, em Ilhéus, com um quadro de parada cardiorrespiratória. A informação é do secretário de Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas.

Na manhã de hoje, Vilas-Boas disse que, por ser médico, Gilmar teve acesso à combinação de hidroxicloroquina e azitromicina sem a necessidade de receita médica. Mas a família contestou a informação do secretário e afirmou que os medicamentos foram, sim, prescritos por outro médico do mesmo hospital. A foto de uma receita médica enviada pela família ao UOL nesta tarde mostra a prescrição de hidroxicloroquina e azitromicina

Família diz que medicamentos foram prescritos por outro médico

Para familiares do médico morto, a afirmação do secretário de que Gilmar se automedicou foi “irresponsável” e “caluniosa”. Segundo Vilas-Boas, entretanto, o documento é a prova de que “a prescrição em questão foge ao protocolo” — o uso do medicamento é orientado apenas para pacientes internados — e, por isso, “será aberta uma sindicância para apurar as circunstâncias do fato”.

Lima era hipertenso e diabético. Alteração cardiovascular é um dos efeitos colaterais da hidroxicloroquina, mas não é possível saber se a morte de Giomar está relacionada ao uso do remédio.

A hidroxicloroquina é a versão menos tóxica da cloroquina. Seu uso foi liberado pelo Governo do Estado da Bahia no último dia 8 exclusivamente para tratamento em ambiente hospitalar de pacientes com diagnóstico positivo para a covid-19 internados nas redes pública e privada do estado.

Na ocasião a secretaria informou que havia em estoque 50 mil comprimidos, e que uma nova carga, de 1 milhão de comprimidos, estava sendo adquirida.

“É sabido que a cloroquina e a hidroxicloroquina podem levar a arritmias cardíacas graves potencialmente fatais. Seu uso deve ser precedido de avaliação cardiológica e realização de eletrocardiograma”, declarou Vilas-Boas, ao portal Metro 1.

Lima foi o 46º óbito confirmado pela covid-19 no estado. Segundo a Sesab, o médico teve os primeiros sintomas da doença em 11 de abril.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde da Bahia, há 47 mortes no estado. Os casos já são 1.489.

Ele chegou a apresentar melhora clínica, sem febre ou dispneia, quando apresentou um mal súbito e foi levado por familiares ao Hospital da Costa do Cacau, mas não resistiu.

“Foi submetido a manobras de reanimação por 45 minutos, permanecendo sem estabilizar o ritmo cardíaco, terminando por evoluir para o óbito”, explicou Vilas-Boas.

A direção do Hospital Regional da Costa do Cacau divulgou nota lamentando a morte. “O colaborador permanecia em isolamento domiciliar na última semana quando nas últimas 48 horas apresentou piora, sendo internado de urgência no HRCC. Neste momento de dor e consternação, deixamos os nossos mais sinceros pêsames aos familiares e amigos”, diz a mensagem.

Ministro Luís Barroso defende o Judiciário em posse no TSE

Na democracia ‘não há lugar para a intolerância, a desonestidade e a violência’, destacou o novo presidente. Agência Brasil

O ministro Luís Roberto Barroso. Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

André Richter

O ministro Luís Roberto Barroso tomou posse hoje (25) no cargo de presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), órgão do Judiciário responsável pela organização das eleições. Barroso, que também é ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), cumprirá mandato até fevereiro de 2022.

A cerimônia de posse foi realizada por meio de videoconferência devido às medidas de distanciamento social que devem ser tomadas durante a pandemia da covid-19. Acompanharam virtualmente a cerimônia o presidente Jair Bolsonaro e os presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre, além de outras autoridades.

No discurso de posse, Barroso disse vai priorizar durante seu mandato campanhas pelo voto consciente, para atrair jovens para a política e pelo empoderamento feminino.

Fake News
Segundo o ministro, o combate às notícias falsas durante as eleições será feito pelo TSE, mas reconheceu as limitações da Justiça Eleitoral. Para Barroso, a diminuição da disseminação das fake news necessita da ajuda das empresas que são proprietárias das redes sociais.

“Vamos precisar de um resgate da boa-fé, da regra de ouro. Não fazer aos outros o que não gostaria que fizessem consigo. Assim, não dá para repassar a notícia inverídica sobre o candidato rival e depois se indignar quando fazem o mesmo com o candidato da própria preferência. Também aqui precisamos de avanço civilizatório e evolução espiritual”, disse.

Adiamento das eleições
O ministro também disse que está conversando com o Congresso Nacional para discutir o eventual adiamento das eleições municipais de outubro devido à pandemia do novo coronavírus.

“As eleições somente devem ser adiadas se não for possível realizá-las sem risco para a saúde pública. Em caso de adiamento, ele deverá ser pelo prazo mínimo inevitável. Prorrogação de mandatos, mesmo que por prazo exíguo, deve ser evitada até o limite. O cancelamento das eleições municipais, para fazê-las coincidir com as eleições nacionais em 2022, não é uma hipótese sequer cogitada”, afirmou.

Críticas ao STF
O presidente do TSE também defendeu o trabalho do Supremo e afirmou que na democracia “não há lugar para a intolerância, a desonestidade e a violência”.

“Como qualquer instituição em uma democracia, o Supremo está sujeito à crítica pública e deve estar aberto ao sentimento da sociedade. Cabe lembrar, porém, que o ataque destrutivo às instituições, a pretexto de salvá-las, depurá-las ou expurgá-las, já nos trouxe duas longas ditaduras na República. São feridas profundas na nossa história, que ninguém há de querer reabrir. Precisamos de denominadores comuns e patrióticos. Pontes, e não muros. Diálogo, em vez de confronto. Razão pública no lugar das paixões extremadas”, afirmou.

Currículo
Barroso nasceu em Vassouras (RJ) e é doutor em Direito Público pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), além de colaborador acadêmico na Harvard Kennedy School nos Estados Unidos.

Antes de chegar ao STF, em 2013, o ministro foi advogado especialista em causas constitucionais e procurador do Estado do Rio de Janeiro. Foi indicado pela ex-presidente Dilma Rousseff para a vaga deixada pelo ministro Carlos Ayres Britto, aposentado em novembro de 2012 ao completar 70 anos.

A vice-presidência será exercida pelo ministro Edson Fachin. O TSE é composto por sete ministros, sendo três do STF, dois do STJ, e dois advogados com notório saber jurídico.

Governo baiano aposenta 1,1 mil servidores do grupo de risco do novo coronavírus

Mutirão da Saeb, iniciado em abril, é realizado em parceria com secretarias de Educação e Saúde, além da Polícia Civil

Palácio de Ondina sede do Governo da Bahia – Foto: Carla Ornelas/GOVBA

Mutirão do governo do estado concedeu aposentadoria a 1.115 servidores da Secretaria da Educação, da Secretaria da Saúde e da Polícia Civil que faziam parte do grupo de risco para o novo coronavírus. O número é mais que o triplo da média mensal de aposentadorias destes órgãos no primeiro trimestre.

A Superintendência de Previdência (Suprev), vinculada à Secretaria de Administração (Saeb), lidera o mutirão. A iniciativa começou há um mês.

“A força-tarefa reúne mais de 70 pessoas, incluindo profissionais da Suprev que estão atuando em diligência nos órgãos, para acompanhar diretamente a instrução dos processos, o que ajuda muito a reduzir o tempo de tramitação”, avaliou Joana Costa Pinheiro, diretora de Administração dos Benefícios Previdenciários.

Na Sesab, 488 servidores foram aposentados. O número representa acréscimo de 400%. Já na SEC, foram concedidas 585 aposentadorias no último mês. Na Polícia Civil, 42 servidores foram aposentados.

WhatsApp chat