Caculé: Homem agredido por seguranças da Caixa é encontrado morto em casa; polícia investigará a causa da morte

A polícia técnica é aguardada para fazer a retirada do corpo e o encaminhamento para o IML – Instituto Médico Legal. Uma autópsia deverá ser realizada para atestar a causa da morte.

Por: Aloísio Costa/Informe cidade

O corpo de Leonardo foi encontrado na cama, sem sinais aparentes de agressão ou ferimentos (exceto os causado pelo incidente).

Um homem de aproximadamente 45 anos, identificado como Leonardo David Costa Sepúlveda, foi encontrado morto na manhã deste domingo (03) em sua residência, localizada no Bairro da Estação, em Caculé.

Na última terça-feira (28) o nome Leonardo ganhou destaque nos sites locais e nas redes sociais por ter sido, supostamente, agredido por seguranças da Caixa Econômica enquanto aguardava na fila para sacar o auxílio emergencial.

De acordo com a família, o corpo de Leonardo foi encontrado na cama, sem sinais aparentes de agressão ou ferimentos (exceto os causado pelo incidente). A polícia técnica é aguardada para fazer a retirada do corpo e o encaminhamento para o IML – Instituto Médico Legal. Uma autópsia deverá ser realizada para atestar a causa da morte.

A família não descarta que a causa morte possa ter relação com as agressões sofridas na última semana, mas prefere não fazer afirmações. “Agora a gente tem que fazer a perícia pra saber de verdade o que foi que aconteceu. Se foi alguma sequela ou algo que ele sentiu de repente”, diz um irmão de Leonardo.

Agressão teria ocorrido pelo fato de Leonardo estar bêbado e importunando as pessoas que estavam na fila.

EM TEMPO DE PANDEMIA – 2020

Professor, Poeta e Escritor – Antônio da Cruz Santana

Essa é uma estação do ano muito propícia para a proliferação do mosquito da dengue no Brasil e na Bahia. Como é o caso do município de Condeúba, que já apresenta casos confirmados no Distrito do Alegre, a 43 km da Sede Administrativa.

Portanto, é importante que estejamos atentos quanto a prevenção não somente com relação ao coronavírus de ficarmos confinados em casa, lavar as mãos com água e sabão, usar álcool em gel ou fazer uso de máscara ao sair de casa. Como também, a de prevenir contra a dengue mantendo hábitos de limpeza de quintais, terrenos baldios e de descartar vasilhas que possam facilitar a reprodução das larvas do mosquito.

Vale lembrar, que não somente o COVID-19 provoca mortes imediatas, mas também o mosquito da DENGUE quando não tomadas as devidas precauções.

Todos contra o coronavírus e o mosquito!

Rui Costa afirma que não haverá Carnaval, ou qualquer festa pública ou privada, sem vacina contra a Covid-19

Em entrevista ao Balanço Geral, da Record TV Itapoan, o governador Rui Costa (PT) falou sobre a impossibilidade de realização de festas, ou aglomerações como o Carnaval sem que haja uma vacina para a Covid-19. “Não tenho dúvida, nem Carnaval, nem reveillón.

Não só no Brasil, no mundo inteiro, não haverá show enquanto não tiver a vacina, por que nós podemos ter uma segunda ou terceira onde de contaminação e matar milhões de pessoas. Não haverá, com certeza, aglomeração de pessoas”, disse o governador. De acordo com informações, Rui Costa afirmou que o problema não é o financiamento, mas sim a aglomeração de pessoas, portanto, não poderá ser feito nenhum evento, seja público ou privado.

“O vírus vai estar circulando o ano inteiro, no mundo inteiro, até se produzir uma vacina. Vi a OMS anunciar que a vacina só deve estar disponível com produção em escala mundial, em um cenário otimista, em 9 ou 10 meses, então não haverá aglomeração neste período”, concluiu.

Suspensão de aulas, eventos e jogos de futebol é prorrogada até 18 de maio

Foto – Divulgação

O Governo do Estado prorrogou até 18 de maio a suspensão das aulas em unidades públicas e particulares, dos eventos com mais de 50 pessoas e do transporte coletivo intermunicipal em 99 cidades baianas. A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira (1º), alterando o Decreto n° 19.586, com o objetivo de conter a disseminação do novo coronavírus na Bahia.

Estão suspensas as atividades que envolvem aglomeração de pessoas, como eventos desportivos, religiosos, shows, feiras, circos, eventos científicos, passeatas e afins, bem como aulas em academias de dança e ginástica, além dos jogos de campeonatos de futebol, profissionais e não profissionais, e a abertura e funcionamento de zoológicos, museus, teatros e afins.

A restrição no trasporte inclui a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte intermunicipal coletivo, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans. Também estão suspensas até 18 de maio a circulação, a saída e a chegada de ônibus interestaduais no território baiano.

Vacina contra COVID-19 deve ter primeiros resultados até junho, diz Pfizer

A farmacêutica americana Pfizer chamou a atenção do mundo nesta semana ao anunciar a produção em estado avançado de uma vacina que pode ser eficaz contra a COVID-19, com capacidade de entrar em atividade ainda em 2020.

A expectativa da empresa é que os primeiros resultados dos testes clínicos, que indicarão a real eficácia da imunização, sejam conhecidos entre o final de maio e o início de junho. “Se tudo correr como esperado durante o trabalho clínico, esperamos que seja possível ter no mês de outubro vacinas prontas para uso emergencial, além de fabricar centenas de milhões de doses até o final de 2020”, estima a Pfizer.

Respondendo a perguntas enviadas pela CNN, a farmacêutica explicou que a velocidade acima do usual no desenvolvimento de uma possível imunização está associada a um novo tipo de tecnologia, baseada no chamado RNA mensageiro, o mRNA. São vacinas desenvolvidas a partir do código genético do vírus e não, como é padrão, de uma versão inativada do próprio composto que causa a doença. As informações são da CNN.

82,7% da população brasileira aderiu a práticas de higiene com a Covid-19

Estudo inédito do Ministério da Saúde apontou que as práticas de higiene recomendadas para a prevenção da Covid-19 são seguidas por 82,7% da população brasileira. Oito em cada dez pessoas afirmaram ter adotado o hábito de lavar as mãos regularmente com água e sabão ou higienizá-la com álcool em gel.

Os brasileiros também estão seguindo as recomendações sobre a limpeza de superfícies e objetos de uso comum e coletivo. De acordo com o estudo, as mulheres adotaram mais os hábitos do que os homens, 87,3%. Já entre os homens o percentual chegou a 77,7%.

Os dados são da primeira edição da Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças crônicas por Inquérito Telefônico Covid-19 (Vigitel) do Ministério da Saúde. De acordo com a médica infectologista, Joana Darc Gonçalves da Silva, os hábitos de higiene são fundamentais para evitar a doença. No entanto, ela ressalta que é preciso ser feito de forma adequada.