Condeúba: A rainha das xiringas e dos ximangos

Paulo Oliveira Meus Sertões, Reportagens

Elita da Silva Pereira, 63 anos

Elita da Silva Pereira, 63 anos, chega perfumada, com os cabelos soltos e unhas feitas na matriz da empresa. Sua roupa tem bordados de flores nas mangas. No pescoço e no pulso, um cordão de ouro e um relógio. Está vestida desse jeito porque vai viajar para Vitória da Conquista, a 150 quilômetros de Condeúba, cidade do semiárido baiano. No entanto, não é assim que fregueses e fornecedores estão acostumados a vê-la.

A responsável pelo império de biscoitos (ximangos e xiringas) normalmente usa camiseta com a estampa da marca da empresa, calça de malha, tênis e touca na cabeça. O cheiro de gordura e de outros ingredientes usados na cozinha industrial substituem o perfume. Continue Reading

ENERGIA SOLAR NO DIA A DIA DO PRODUTOR RURAL

Thiago Braga

Hoje energia solar deixou de ser “coisa nova” na zona rural. O homem do campo consegue, por vontade própria, “clarear as ideias”, através do uso da placa de energia suspensa no telhado de casa. Não exige grande esforço para colocá – la em ponto de captação de raios do sol. Basta inclinar o quadrado para recebimento do calor. Simples, fácil e de baixo custo. Objeto de suma importância para os moradores da roça, (como se costuma dizer no interior). Abrange terreno, cerca de tapume, celeiro, pasto, estufa, moinho, engenho, horto, etc.

O usuário se mostra bastante satisfeito (a) com o consumo deste bem. Nenhuma dificuldade para move – la, carecendo, apenas, de arrumar um lugar seguro para adaptar o equipamento, sem que os passarinhos venham pousar ali e, estragarem o prazer, sejam sozinhos e/ou vindos na revoada de aves famintas no céu. Isto durante a noite. Antes do entardecer, a fôrma permanece quente, “feito brasa”. Por outro lado, a eletricidade, “chegou para ficar”, na maioria dos lares que dispõem de utensílios domésticos: televisor, rádio (aparelho), geladeira, batedeira, freezer, etc.

O tempo do velho candieiro não volta tão cedo. E o vidro de querosene? Talvez ainda exista no fundo da prateleira de algum empório. Lembrança guardada na memória daqueles que puderam degustar a realidade da época. Por que? As pessoas, de modo geral, buscam novos meios de vida. A energia solar, por sua vez, é algo precioso nas mãos do agricultor. Trouxe, a curto prazo, o efeito benéfico da luz. “Uma andorinha sozinha não faz verão”. Merece registro.

Condeúba: Aberta as inscrições para o 7º Campeonato de Futsal do Divino Espírito Santo 2019

Estão abertas as inscrições do 7° campeonato de futsal do do Bairro Divino Espírito Santo. Encerra as inscrições no dia 12 de fevereiro as 17 horas. Início da primeira rodada 02 de março de 2019. Inscrições limitadas, locais de inscrições no salão popular e com Adailton vereador. Projeto de valorização do esporte entre jovens e adultos de autoria do vereador Adailton Ramos.

Oeste: corpo de cigano foi encontrado com sinais de violência

O corpo do cigano Ronildo Alves da Silva, de 45 anos, foi localizado durante a manhã dessa segunda-feira (21), na zona rural de Cotegipe, Oeste da Bahia.

De acordo com a Polícia Militar, o homem saiu no domingo (20) dizendo que iria pescar e não foi mais visto. A família suspeitava que ele teria se afogado.

No entanto, ao realizar o levantamento cadavérico, a Polícia Técnica identificou sinais de espancamento, um corte no abdome além das duas orelhas decepadas. Segundo a polícia, eram sinais de tortura.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Barreiras, para realização da necropsia. A Polícia Civil instaurou inquérito para identificar os motivos do suposto homicídio.

Sisu 2019: notas de corte de cada curso já podem ser consultadas

Os estudantes que acessaram a página do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) na tarde desta terça-feira (22), já puderam ver as notas de corte de cada curso. A informação geralmente é divulgada somente no segundo dia de inscrição, após meia-noite.

Entretanto, neste ano as notas de corte já podem ser visualizadas e acessadas na parte pública do site, basta fazer uma busca pelo curso desejado.

As inscrições poderão ser feitas até sexta-feira (25), na página do Sisu. Ao todo, serão ofertadas 235.461 vagas em 129 instituições públicas de todo o país. Podem concorrer às vagas os estudantes que fizeram o Enem 2018 e obtiveram nota acima de zero na prova de redação.

Terceirizados do Hospital de Base paralisam atividades

Nesta terça-feira (22), trabalhadores terceirizados da empresa ‘Global Live’, que atuam no Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC), realizaram uma paralisação. De acordo com informações divulgadas, as atividades foram suspensas devido aos atrasos constantes de salários dos trabalhadores.

Segundo os funcionários, a empresa não efetuou o pagamento do 13º salário, salário de dezembro e vale transporte desde outubro. A Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informou que a empresa Global Live está com certidões do INSS vencida, o que a impossibilita de receber pagamentos de órgãos públicos e que ainda assim a Sesab já está em tratativas com a empresa para regularizar a situação.

A Secretaria da Saúde da Bahia ressaltou também que pagamentos de salários e demais encargos trabalhistas são de inteira responsabilidade da empresa.

Novas regras do Minha Casa Minha Vida para 2019 são divulgadas

Fonte:G. Reconcavo

Os interessados em adquirir um Lar, por meio do programa Minha Casa Minha Vida devem ficar atentos para as novas regras para este ano de 2019. Agora, para garantir o subsídio máximo, de R$ 47.500, na compra da casa própria, a renda familiar mensal tem que ser de até R$ 1.200, e não mais de R$ 1.600.

Para famílias que recebem R$ 1.600 mensais, o subsídio governamental sobre o valor do imóvel cai para, no máximo, R$ 29 mil. Os dois casos se enquadram na faixa 1,5 do “Minha casa, minha vida”.

Criado pelo Governo Federal, o programa Minha Casa Minha Vida tem como seu principal objetivo dá a chance das famílias de baixa renda terem sua própria casa por um preço mais acessível.

Saiba quais as faixas de renda do “Minha casa, minha vida”

Faixa 1: renda mensal familiar de até R$ 1.800 (financiamento de até 120 meses, com prestações mensais que variam de R$ 80 a R$ 270, conforme a renda bruta familiar).

Faixa 1,5: renda mensal familiar de R$ 1.800 até R$ 2.600 (a família conseguirá financiar um imóvel novo com taxas de juros de apenas 5% ao ano e até 30 anos para quitar o financiamento).

Faixa 2: renda mensal familiar de R$ 2.600 até R$ 4 mil (nesta faixa o interessado também tem até 30 anos para pagar, com taxa de juros de 5,5% a 7% ao ano, dependendo da renda, da localização do imóvel e se houve contribuição ao FGTS).

Faixa 3: renda mensal familiar de até R$ 7 mil (nesta faixa o interessado também tem até 30 anos para pagar, comprando imóvel novo ou na planta, com taxas de juros de 8,16% a 9,16% ao ano, dependendo da renda, da localização do imóvel e se houve contribuição ao FGTS).