Dia: 21 de junho de 2020

Avião cai em plantação de soja na Bahia e piloto morre

Na manhã deste sábado (20), o piloto de um avião morreu após a aeronave cair em uma plantação agrícola na cidade de São Desidério, no oeste da Bahia. A Polícia Civil informou que a vítima, identificada como Bruno Prado Amui Araújo, de 31 anos, fazia pulverização da plantação, quando ocorreu o avião caiu.

Segundo o G1 Bahia, o piloto chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Luís Eduardo Magalhães, também no oeste, mas não resistiu aos ferimentos. O corpo da vítima foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) da cidade de Barreiras, na mesma região do estado.

Ainda não há informações sobre o que provocou o acidente. Uma perícia será realizada na aeronave para determinar as causas da queda. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Após acusação de racismo, Bombril tira do mercado a esponja relançada ‘krespinha’

Tauana Marin/Diário do Grande ABC

Semana foi marcada por discussão; item para higiene já foi polêmica nos anos 1950

A Bombril, empresa brasileira com sete décadas de atividade na indústria de higiene e limpeza – com sede em São Bernardo –, ganhou as mídias semana passada, após relançar a palha de aço intitulada ‘krespinha’. No próprio dia, quarta-feira, a companhia tirou o produto de sua página na internet, acusada de racismo. O mesmo item, na década de 1950, ganhou os comerciais, nos quais uma boneca negra com os cabelos crespos apareciam.

“Não é de hoje que a empresa tem repetido nos seus produtos uma demonstração do seu pensamento racista. Não se pode mais aceitar que em pleno século 21, em meio às manifestações e protestos contra o racismo pelo mundo afora, isso aconteça. E mesmo aqui no Brasil, diante de várias crises – sejam elas sanitária, política, moral ou de assassinatos de nossos jovens e crianças negras –, não dá para aceitar que uma empresa nacional, como a Bombril, venha ferir a dignidade, humanidade da população negra com seus produtos. Sabendo que a maioria da população brasileira é negra”, avalia Márcia Regina Damaceno Silveira, ativista, militante, coordenadora do Fórum de Promoção da Igualdade Racial de Diadema Benedita da Silva e do Fórum de Promotoras Legais Populares da cidade.

Questionado sobre o relançamento da esponja, o professor e integrante do Núcleo de Estudos Africanos e Afro-brasileiros da UFABC (Universidade Federal do ABC) e autor do livro Desigualdade Racial no Brasil – Causas e Consequências, Ramatis Jacino, avalia que o nome do produto “evidencia que parte significativa do empresariado e do mercado publicitário mantém uma mentalidade racista”. “O fato de, talvez, considerarem que o nome não era ofensivo não diminui a gravidade da escolha, pois demonstra a incapacidade de compreender um debate que, há décadas, está presente na sociedade brasileira e ganhou notoriedade nas últimas semanas, por conta dos episódios que ocorreram recentemente nos Estados Unidos e no Brasil.” Continue lendo

Condeubense foi assassinado e posto no porta-malas do seu próprio carro

POR Sarah Peres/Correio Brasiliense – Cidades

A vítima, de 76 anos, foi atacada na manhã desta sexta-feira (19/6). Criminosos teriam roubado veículo de um vizinho para fugir da cena do crime

“Diran Pinheiro de Araújo morou em Condeúba, foi criado por “Zeca de Santa” avô do finado Marcolino”.

Diran foi assassinado aos 76 anos de idade

(foto: PCDF/Divulgação)

Um idoso de 76 anos foi agredido e morto na área do Café sem Troco, na zona rural do Paranoá/DF. A 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá/DF) investiga o assassinato, que pode ter ligação com o roubo de um veículo que ocorreu na chácara da vítima, identificada como Diran Pinheiro de Araújo, na manhã desta sexta-feira (19/6).

A equipe foi acionada por policiais militares, que encontraram o corpo do idoso no porta-malas de um Ford Escort da própria vítima. O veículo estava estacionado em frente à residência de Diran, localizada na Chácara 51 do Café sem Troco, próximo ao Restaurante Magia Rural.

Agentes da 6ª DP se deslocaram até a área do crime para iniciar a investigação do crime. Especialistas do Instituto de Criminalística (IC) da Polícia Civil (PCDF) realizaram a perícia ainda pela manhã. De acordo com informações preliminares, além das agressões, a vítima teve os pés e as mãos amarradas com um cadarço.

Segundo a delegada-chefe Jane Klebia, ainda não está identificado se o caso é um homicídio ou latrocínio (roubo com morte). “Em tese, a vítima não tinha bens ou algo de valor na casa. Apuramos que, no início do mês, o idoso sacou R$ 500, mas não sabemos se ele estava com o dinheiro no momento do crime. A investigação é muito inicial”, explica.

“A casa da vítima estava completamente revirada, com tudo jogado. Havia muito sangue, por toda a parte. Acreditamos que o crime tenha sido cometido por mais de uma pessoa, até pelas condições que o corpo foi encontrado (no veículo). Outro ponto levantado é que o assassinato pode ter relação com o roubo de um carro na chácara vizinha à da vítima. É possível que usaram o automóvel para fugir, já que o do idoso não funcionava. Esse carro foi localizado em Planaltina”, acrescenta Jane Klebia.

O QUE É CULTURA?

POR Antônio Santana

Professor, Poeta e Escritor condeubense Antônio da Cruz Santana

No Brasil, não é somente necessário garantir os direitos fundamentais dos cidadãos pela Constituição Federal de 1988, como também o Poder Público deve oferecer-lhes as demais condições para exercê-los. Portanto, é interessante compreender que cultura nos apresenta vários conceitos como: “Todo complexo que inclui o conhecimento, a arte, as crenças, a lei, a moral, usos e costumes, assim como todos os hábitos e aptidões adquiridos pelo ser humano não somente na família, como também por parte de uma sociedade da qual é membro”. Cultura também definida em ciências sociais, aprendidos de geração em geração através da vida em sociedade.

No entanto, o que se pode observar é tamanha dificuldade encontrada nas prefeituras de cidades do interior do Brasil, a exemplo de Condeúba, na Bahia, quando se trata de investimentos à Cultura. São milhares de crianças, adolescentes, jovens e também adultos que procuram desenvolver as suas habilidades na arte, nos esportes, na cultura e na literatura, porém, não conseguem nenhum tipo de suporte técnico e apoio financeiro do Poder Público Municipal.

Vale ressaltar, que tanto a filosofia quanto a sociologia, conceituam à cultura intrinsecamente relacionada ao comportamento e ao convívio do homem na sociedade. Nessa perspectiva, se percebe angústias, decepções e insatisfações por parte dos artistas profissionais e amadores ou em formação que querem produzir arte, mas não conseguem desenvolver suas habilidades e/ou talentos por ausência de políticas públicas de governos que não ofertam a esta categoria.

Nesse sentido, torna-se cada vez mais difícil repensar ou reescrever a história do Brasil, sem passar por uma educação que se proponha a trabalhar na transformação intelectual dos indivíduos através da leitura, da arte e da literatura. Abrindo novos caminhos para formar cidadãs e cidadãos humanamente melhores, politizados, conscientes de seus direitos e deveres para com a sua Pátria, visando uma sociedade crítica, solidária e fraterna para todos.

Estado diz que Vitória da Conquista possui leitos de UTI suficientes para o atendimento da demanda regional, secretário rebate Prefeitura

Secretário Estadual de Saúde da Bahia Flávio Vilas Boas

Em nota oficial, a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) esclarece que dos 50 leitos de UTI exclusivos para pacientes com diagnóstico de coronavírus (Covid-19) no município de Vitória da Conquista, apenas 59% estão ocupados. Isso inclui os dez leitos de Terapia Intensiva contratados pela prefeitura, que possuem cinco pacientes internados, sendo apenas um em ventilação mecânica.

No Hospital das Clinicas foram abertos 20 leitos de UTI, sendo doze com respiradores. Os requisitos mínimos para funcionamento de Unidades de Terapia Intensiva, conforme Resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), estabelece que uma UTI adulto deve dispor, no mínimo, para funcionar, de 2 respiradores para cada 2 leitos, o que acontece hoje com o HCC. Dos 20 leitos disponíveis, oito estão ocupados e apenas dois estão em uso de respiradores.

“Respiradores não são equipamentos que estejam sobrando no mundo para que não sejam distribuídos com racionalidade e responsabilidade. O governo do estado tem monitorado todas as UTIs contratadas e, havendo necessidade, mais respiradores serão enviados aos municípios”, informa a nota.

No facebook, o secretário estadual de saúde, Fábio Vilas Boas, comentou a nota da Prefeitura que questiona os leitos contratados pelo Estado para casos de coronavírus:

É lamentável que o Prefeito Herzem Gusmao tenha feito declarações públicas que revelam desconhecimento técnico e portanto despreparo para lidar com o momento crítico da pandemia da Covid19 em seu município. Pior ainda foi usar o alegado baixo número de respiradores do Hospital das Clínicas como motivo para suspensão do precipitado programa de abertura do comércio de Vitória da Conquista.

A cidade de Vitória da Conquista possui hoje 50 leitos de UTI, com ocupação de 59%. No Hospital das Clinicas foram abertos 20 leitos de UTI, sendo 10 com respiradores. Os requisitos mínimos para funcionamento de Unidades de Terapia Intensiva conforme RDC ANVISA estabelecem que uma UTI adulto deve dispor, no mínimo, para funcionar, de 2 respiradores para cada 2 leitos, o que acontece hoje com o HCC. Dos 20 leitos disponíveis, 10 estão ocupados e apenas 2 estão em uso de respiradores.

Respiradores não são equipamentos que estejam sobrando no mundo para que não sejam distribuídos com racionalidade e responsabilidade.

O governo do estado tem monitorado todas as Uti contratadas e, havendo necessidade, mais respiradores serão enviados.

A saúde pública não pode ficar a reboque de motivações políticas. As decisões responsáveis e técnicas continuarão a ser tomadas pelo governo do estado.

WhatsApp chat