Condeúba – Eleições 2020 série de entrevistas: Hoje com o pré-candidato a vereador OCLIDES DA SILVEIRA

INTRODUÇÃO

O Jornal Folha de Condeúba, nesse ano eleitoral de 2020, em respeito a democracia, inova e vem abrir um espaço público destinado exclusivamente a todos os Pré-candidatos a Prefeito, vice-Prefeito e Vereadores, para que os mesmos exponham seus currículos, bem como suas propostas de trabalhos.

A primeira entrevista dessa serie, será com o Jornalista da Folha de Condeúba, Sr. Oclides da Silveira ele que é pré-candidato a vereador pelo PROS.

CURRÍCULO

Oclides  Ribeiro da Silveira, 68 anos, casado, Pedagogo, Jornalista, pós-graduado em Administração Pública pela Universidade Estadual Paulista – UNESP, pós-graduado em Administração Hospitalar pela UNINTER e pós-graduado em Jornalismo pela FAVENI.

EM CONDEÚBA

Foi Secretário Municipal de Saúde de 2006 a 2008 e Presidente do Conselho Municipal de Saúde no mesmo período, Secretário de Transportes e Obras de 2009 a 2012 e Secretário de Cultura, Desporto e Lazer em 2016, além de ser concursado na Prefeitura como Supervisor Educacional.

Após uma prévia apresentação do seu currículo o Jornal Folha de Condeúba através do seu repórter Cleyton Silveira fará uma entrevista com o pré-candidato a vereador Sr. Oclides da Silveira, conforme segue: Continue Reading

Saúde pública e combate ao desemprego devem ser prioridades do país em 2020, aponta pesquisa

Um levantamento feito em todas as capitais pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostra que a melhora da saúde pública (39%) e o combate ao desemprego (39%) foram apontados pelos consumidores brasileiros como os principais problemas a serem enfrentados este ano para a retomada do crescimento econômico. O ranking de temas que merecem a atenção em 2020 é seguido por investimentos em educação (38%), combate à corrupção (25%), combate à violência (20%) e controle da inflação (18%), além da diminuição de impostos (18%).

As áreas que mais devem registrar avanços neste ano, segundo a percepção dos entrevistados, são a criação de vagas de emprego (42% acreditam que irá aumentar), o combate à inflação (35% acreditam que ela irá reduzir) e a diminuição da inadimplência (32% acreditam que irá reduzir). Por outro lado, os consumidores avaliam que algumas áreas não devem evoluir, como a melhora da renda e salário, que para 43% seguirão estagnados, e os investimentos em saúde, que para 42% não irão se alterar.

Embora a retomada do ambiente econômico ainda aconteça em ritmo gradual, os brasileiros estão, em algum grau, otimistas com o cenário para 2020. De acordo com a pesquisam, 45% dos entrevistados têm a percepção de que a economia vem se recuperando, embora 37% avaliam que essa retomada acontece de forma lenta e apenas 8% de maneira acelerada. Já 31% não percebem sinais de crescimento e 17% acham que a situação está piorando. Outros 7% não sabem avaliar.

Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa é celebrado em Conquista

Quem passou pela Praça Tancredo Neves nesta manhã foi surpreendido por um detalhe pouco comum: panos brancos enlaçados nas árvores. Esses panos, na verdade, são os ojás, acessórios sagrados utilizados em rituais de candomblé. Eles foram colocados ali, na noite dessa segunda-feira (20), por praticantes de religiões de matriz africana. O ato é conhecido como Alvorada dos Ojás, realizado pela Prefeitura de Vitória da Conquista em parceira com a Rede Caminho dos Búzios.

O gesto simboliza um abraço pela paz. Ele vem para celebrar o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa, comemorado nesta terça-feira, 21 de janeiro. Por isso, a Alvorada dos Ojás é um pedido de paz, equidade e respeito para a comunidade conquistense; chamando a atenção para a necessidade de promover a tolerância e harmonia entre as diferentes correntes religiosas e de se combater o racismo.

Além de membros do Governo Municipal e da Rede Caminho de Búzios, também participaram do evento representantes do Conselho Municipal de Igualdade Racial. Os Ojás poderão ser vistos na Praça Tancredo Neves até o dia 25 de janeiro.

“A Alvorada dos Ojás já é consolidada como uma importante agenda de luta e afirmação das religiões de matriz africana. Importante iniciativa que contribui para o debate sobre o enfrentamento ao racismo religioso em Vitória da Conquista e na Bahia, estado mais negro fora da África”, explica o coordenador de Promoção da Igualdade Racial, Roberto Silva.

O dia 21 de janeiro ficou instituído como o Dia Nacional do Combate à Intolerância Religiosa em homenagem à yalorixá Gildasia dos Santos, que faleceu na mesma data, no ano 2000. Ela foi vítima de agressões morais em decorrência de intolerância religiosa, o que fragilizou a sua saúde até o seu óbito. Conhecida como Mãe Gilda de Ogum, ela foi fundadora do Ilê Axé Abassá de Ogum, Terreiro de Candomblé em Salvador, em 1988.

Servidores da Bahia: Deputados aprovam requerimento de prioridade da reforma da previdência

Os deputados da Bahia votaram, nesta segunda-feira (20), o requerimento de prioridade da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que prevê, entre outros itens, a mudança na previdência dos funcionários públicos do estado. A sessão contou com a participação de 33 dos 66 deputados. Vinte e seis deputados votaram na aprovação da proposta. Com isso, os prazos regimentais para a tramitação do projeto foram reduzidos pela metade para que ele seja votado mais rápido.

Com a aprovação dos deputados, a PEC será enviada para a Comissão de Constituição e Justiça, onde os deputados vão ter cinco dias para apresentar mudanças de emenda na proposta. São necessárias 21 assinaturas de deputados para que cada emenda seja aprovada. A partir daí, o relator, que ainda não foi escolhido, faz um parecer e os deputados que fazem parte da Comissão de Constituição e Justiça fazem uma votação. Se aprovado, a proposta segue para votação em plenário.

É necessário a aprovação em dois turnos, com espaço entre cinco sessões entre um turno e outro. Para a PEC ser aprovada, é preciso que 2/3 dos deputados sejam favoráveis a proposta.

PF cumpre mandados e intimações em combate a fraudes em títulos de terras em Vitória da Conquista

Foto: Divulgação/Polícia Federal

Esses terrenos, conforme informou a polícia, tinham sido destinados pela Secretaria de Patrimônio da União (SPU) para a construção das novas sedes da delegacia de Polícia Federal em Vitória da Conquista, do Ministério Público do Trabalho e do Ministério do Trabalho e Emprego. As investigações apontam que a fraude teve início em 2016, com uma certidão falsa do 3º Tabelionato de Notas de Vitória da Conquista, que atestava a existência de uma suposta escritura pública de compra e venda da área em questão, datada de 1994, cujo livro de registros havia sido extraviado.

A partir dessa certidão foi feito um registro imobiliário no 1º Ofício de Imóveis de Vitória da Conquista, em um livro que, coincidentemente, estaria totalmente danificado e ilegível, o que impossibilitou a verificação. Os investigados conseguiram, então, cancelar administrativamente a matrícula da propriedade da União, e a partir daí o casal, a advogada e o corretor passaram a ameaçar algumas pessoas que ocupavam irregularmente a área, exigindo pagamentos em troca da manutenção de suas residências e negócios.

A PF informou que nesta fase do inquérito, os investigados foram indiciados pelos crimes de associação criminosa, estelionato, extravio de livro ou documento, prevaricação, falsidade ideológica, falsificação de documento público, extorsão e alienação ou oneração fraudulenta de coisa própria, quando, omitindo a existência de ônus sobre o imóvel, a vítima é induzida a adquiri-lo, obtendo vantagem ilícita com a negociação.