Day: 4 de setembro de 2020

Vitória da Conquista/Condeúba: Morreu a Sra. Desoli Novais da Silva conhecida por “Delza” aos 73 anos de idade

POR Cleyton Silveira

Sra. Desoli Novais da Silva conhecida por “Delza” morreu aos 73 anos de idade

Morreu nesta tarde de sexta-feira dia 4 de setembro de 2020 às 14h30min., a Sra. Desoli Novais da Silva conhecida por “Delza”aos 73 anos de idade, ela foi vítima de um câncer, Delza era irmão de Bolivar nosso amigo do Auto Elétrico. Ela deixou viúvo o Sr. Gilberto Rocha e os filhos Márcia Novais, Gil Novais e Marcos Novais além de 3 netos. Seu corpo será velado na Igreja Missionária da Fé, seu corpo será enterrado amanhã dia 5/9 às 12:00 horas no Cemitério Municipal Parque da Cidade em Vitória da Conquista.

Nós do Jornal Folha de Condeúba, deixamos nossos profundos sentimentos à família que se encontra enlutada, por essa perda irreparável deste ente tão querido. Que o bom Deus a tenha ao seu lado para a eternidade. Descanse em paz Sra. “Delza”.

 

Prefeito de Caetité terá que devolver mais de R$90 mil

Foto – Reprodução / Facebook

Durante sessão realizada por meio eletrônico, na última quarta-feira (02/09), os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios julgaram procedente o termo de ocorrência formulado contra o prefeito de Caetité, Aldo Ricardo Cardoso Gondim, pelo pagamento de R$91.662,63 em juros e multas, com danos ao erário, decorrentes do atraso no adimplemento de obrigações previdenciárias, no período de janeiro a dezembro de 2019.

O relator do processo, conselheiro José Alfredo Rocha Dias, multou o gestor em R$ 3 mil. Além disso, foi imputado o ressarcimento, com recursos pessoais, no valor de R$91.662,63. Em sua defesa, o gestor não conseguiu descaracterizar as irregularidades.

Segundo a relatoria, existem documentos comprobatórios relacionados aos pagamentos de juros e multas, que se encontram nos autos relacionados nos demonstrativos de distribuição de arrecadação do município, inclusive disponíveis para qualquer interessado no portal eletrônico do Banco do Brasil. Cabe recurso da decisão.

Juazeiro: Bebê morre cinco dias depois de nascer em chão de maternidade e mãe está em UTI

Foto: Arquivo Pessoal

Uma bebê morreu cinco dias após nascer no chão da maternidade do Hospital da Mulher, em Juazeiro, no norte da Bahia. A recém-nascida teve uma parada cardiorrespiratória. Conforme os familiares, a mãe da criança, Jessica Ferreira Santos, de 27 anos, teve eclâmpsia (aumento da pressão arterial e convulsão) e está internada na UTI de uma outra unidade de saúde. O estado dela é estável.

Em nota ao G1, a Secretaria de Saúde de Juazeiro (Sesau) lamentou a morte da recém-nascida e informou que a regulação para uma UTI neonatal foi autorizada na segunda-feira, para a cidade de Irecê, com UTI aérea solicitada. “Infelizmente, nesta segunda-feira, ela teve uma parada [cardiorrespiratória], as manobras de reanimação foram feitas, mas a bebê não reagiu.

A secretaria lamenta o ocorrido, e neste momento, se solidariza com a família da criança”, disse na nota. O parto aconteceu na última sexta-feira (28), quando Jessica estava na 29ª semana de gravidez. De acordo com a irmã dela, Luana Ferreira Pinto, de 29 anos, Jessica chegou na maternidade em trabalho de parto, mas só foi atendida após dar à luz, sem ajuda de nenhum profissional de saúde.

A família acusa o Hospital da Mulher de negligência médica. A Secretaria de Saúde de Juazeiro não se manifestou sobre as reclamações em relação à falta de atendimento à gestante, e nem sobre o parto feito no chão da recepção da unidade de saúde.

Senado avalia projeto que amplia validade da CNH e regulariza corredor de motos

Foto – Wilker Porto 

O Plenário virtual do Senado deve analisar, nesta quinta-feira (3), o Projeto de Lei (PL) 3.267/2019, que flexibiliza regras do Código de Trânsito Brasileiro (CTB – Lei 9.503, de 1997). Entre as principais mudanças estão a ampliação da validade da carteira nacional de habilitação (CNH) e do uso obrigatório da cadeirinha até os 10 anos de idade, a criação de regras para o uso dos chamados “corredores” de motos e o aumento do número de pontos acumulados necessários para a suspensão da habilitação.

O texto deve ser votado logo após a avaliação da Medida Provisória (MP) 961/2020, que está trancando a pauta do Plenário. A MP precisa ser analisada ainda na quinta-feira, último dia de sua vigência. O relator do PL 3.267/2020, senador Ciro Nogueira (PP-PI), defende as alterações promovidas e a aprovação rápida do projeto, sem alterações ao texto aprovado pela Câmara.

Segundo o senador, “após quase 23 anos da aprovação do CTB, são necessárias adequações a esse diploma, em função das rápidas mudanças que acontecem no trânsito”. Ele redigiu quatro emendas de redação ao texto que, se for aprovado sem mudanças, estará pronto para seguir para sanção presidencial. Foram apresentadas 101 emendas pelos senadores.

Ciro defende o aumento do número de pontos para suspender a CNH, dos atuais 20 pontos para até 40 pontos para quem não tiver cometido infração gravíssima. “Embora esse seja um dos aspectos mais polêmicos do PL, é necessário ponderar que o Congresso vem aumentando a gravidade de algumas categorias de multas, o que tornou o atingimento desse limite fato bem mais trivial”.

Bahia é o 3º estado com mais casos de pessoas mortas pela polícia no 1º semestre

A Bahia teve 512 pessoas mortas por policiais da ativa, no 1º semestre de 2020, segundo dados do Monitor da Violência, divulgados nesta quinta-feira (3). O número coloca a Bahia na terceira posição entre os estados com mais casos de pessoas mortas pela polícia. O Rio de Janeiro lidera a lista (775 casos), seguido de São Paulo (514).

O Monitor da Violência é um levantamento feito pelo G1 com base nos dados oficiais de 25 estados e do Distrito Federal. Apenas Goiás se recusou a passar os dados. Para conseguir as informações, foram solicitados os casos de “confrontos com civis ou lesões não naturais com intencionalidade” envolvendo policiais na ativa.

Os pedidos foram feitos para as secretarias da Segurança Pública dos estados por meio da Lei de Acesso à Informação e das assessorias de imprensa. Apesar de em números brutos a Bahia ocupar o terceiro lugar na lista, o estado fica na quarta colocação com relação ao índice de mortes causadas pela polícia a cada 100 mil habitantes, com taxa de 3,4. à frente da Bahia estão Amapá (8,1), Sergipe (4,6) e Rio de Janeiro (4,5).

Sebrae monitora atividades comerciais em meio a pandemia no sudoeste baiano

Foto: Lay Amorim

Desde o início da pandemia, o Sebrae procurou se adaptar para o atendimento virtual dos empreendedores. Em entrevista Josenete Viana, gerente regional do Sebrae, informou que a entidade montou o Sebrae Presente com Você, que funciona como uma espécie de ponto de apoio ao empresário.

“Ele traz uma série de orientações e consultorias com dois enfoques principais: o marketing digital, tão importante nesse momento, e a questão da gestão financeira, haja vista que foi necessária cada empresa ajustar o seu orçamento para sobreviver durante a pandemia”, relatou.

Segundo a gerente, nesse período, mais de 3 mil empresas já foram atendidas, as quais tinham uma presença digital muito pequena e que puderam, por meio da consultoria, desenvolver diversos instrumentos, como e-commerce e perfis bem estruturados nas redes sociais, para melhoria de suas atividades. “Fazemos um balanço de que os resultados foram muito importantes para os nossos empresários”, avaliou.