Piripá: Morreu Etiene Pereira de Almeida popular (Etiene Alper), aos 37 anos de idade

 

 

Morreu Etiene Pereira de Almeida popular (Etiene Alper) aos 37 anos de idade

Morreu Etiene Pereira de Almeida popular (Etiene Alper) aos 37 anos de idade, nesta quarta-feira dia 1º de abril de 2020, segundo informações de populares, ele foi encontrado morto na sua residencia hoje pela manhã. Ele era solteiro e morava e cuidava da sua mãe que é cadeirante a Sra. “Lia” e seu pai Sr. “Zezinho”.

Etiene cantou com vários grupos Musicais como Arrasta Chinela, Banda Raios da Cibibitina, gravou um CD com participação de Rony Barbosa entre outros. Foi Coordenador de Cultura de Piripá e por mais de 15 anos fez a locução do São João de Piripá. Etiene sempre foi uma personalidade muito querida, deixou suas marcas na população piripaense e toda a região por onde passou, hoje todos choram com muita razão o seu desaparecimento tão precoce.

Atendimento: PAX ETERNA FUNERÁRIA

Nós do Jornal Folha de Condeúba, deixamos nossos profundos sentimentos à família e amigos enlutados por essa perda irreparável deste ente tão querido. Que o bom Deus o tenha ao seu lado para a eternidade. Descanse em paz amigo (Etiene Alper).

MP suspende obrigatoriedade de mínimo de 200 dias letivos

Medida visa compensar suspensão de aulas determinada pelo combate ao coronavírus e vale para escolas e universidades
O governo federal suspendeu a obrigatoriedade de escolas e universidades cumprirem a quantidade mínima de dias letivos neste ano. Medida provisória neste sentido foi assinada pelo presidente Jair Bolsonaro, informa o G1. A carga horária mínima foi mantida. A MP visa compensar a suspensão de aulas determinada pela estratégia de isolamento/distanciamento social visando o combate ao avanço do novo coronavírus. As informações são do G1.

Pela legislação, a carga horária anual deve ser de pelo menos 800 horas para o Ensino Fundamental e para o Médio, distribuídas em pelo menos 200 dias letivos. No caso do Ensino Superior, o ano letivo mínimo também é de 200 dias.

São Paulo/Condeúba: Morreu o Deputado Federal Luiz Flávio Gomes (PSB)

 

 

O Brasil perdeu o grande líder Deputado Federal Luiz Flávio Gomes (PSB)

Morreu o Deputado Federal Luiz Flávio Gomes (PSB) nesta manhã de quarta-feira dia 1º de abril de 2020, por volta das 04:00 horas vítima de leucemia, ele já vinha internado no Hospital Círio Libanês já alguns meses. Dr. Flavio Gomes morreu aos 62 anos  e deixou 2 filhos Luis Felipe e Paulo. Não haverá velório seu corpo sairá do Hospital Círio Libanês ainda hoje e segue para o crematório de Vila Alpina onde será cremado. O deputado Luiz Flávio tem sua origem aqui de Condeúba, seu falecido pai o popular “Zé Branco”, era irmão do ex-vereador José de Sousa, portanto primo dos irmãos Odílio, Olinto, Oclides e Ita dentre outros tantos da família grande Silveira. Infelizmente o Brasil perdeu uma grande liderança.

Nós do Jornal Folha de Condeúba deixamos nossos profundos sentimentos à família enlutada por essa perda irreparável deste ente tão querido. Que o bom Deus o tenha ao seu lado para a eternidade. Descanse em paz nosso querido primo Luiz Flávio Gomes.

HISTÓRICO

O deputado federal Luiz Flávio Gomes (PSB-SP) faleceu na madrugada desta terça-feira (1), em São Paulo.

Ele tinha anunciado seu afastamento das atividades da Câmara no dia 10 de setembro do ano passado, depois de ter sido diagnosticado com leucemia aguda.

Luíz Flávio Gomes se formou em direito pela Faculdade de Direito de Araçatuba, em 1979. Atuou como delegado de polícia e como promotor de justiça, entre os anos de 1980 e 1983.

Advogado, idealizou e fundou a rede de ensino LFG, em 2003, a primeira em formato telepresencial, no Brasil. A rede foi vendida para a Anhanguera, em 2008.

Criou o movimento de combate a corrupção, “Quero um Brasil Ético” e, desde de 2019 atuava como deputado federal pelo PSB. Também ocupou a bancada do Jornal da Cultura como comentarista.

Em 2015, O Jusbrasil recebeu mais de 300 autores por intermédio do Professor Luíz Flavio, que mobilizou a migração de todos eles a partir do seu antigo portal Atualidades do Direito.

Manteve produção prolífica de livros (publicou mais de 60 durante toda a vida) e de artigos, muitos deles publicados na plataforma.

BIOGRAFIA: Continue Reading

Decreto estadual amplia suspensão do transporte intermunicipal em cidades da Bahia

Governo da Bahia publica decreto restringindo transporte intermunicipal em 29 cidades

O Governo da Bahia ampliou a relação de cidades impedidas de usarem o transporte intermunicipal. A medida entra em vigor nesta quarta-feira (1°), e foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (31), atualizando o Decreto 19.586, de 27 de março. Entram na lista os municípios de Itagibá, Itamaraju, Itororó, Pojuca e Dias d’Ávila

O Decreto impõe proibição de circulação de qualquer transporte intermunicipal rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans nesses municípios. Os ônibus interestaduais também não podem circular na Bahia até o próximo domingo.

Vitória da Conquista

São 34 cidades atingidas com o Decreto: Salvador, Feira de Santana, Porto Seguro, Prado, Lauro de Freitas, Simões Filho, Vera Cruz, Itaparica, Itabuna, Ilhéus, Itacaré, Camaçari, Luís Eduardo Magalhães, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Guanambi, Vitória da Conquista, Santa Maria da Vitória, Correntina, Entre Rios, Jequié, Brumado, Conceição do Jacuípe, Juazeiro, Teixeira de Freitas, Nova Soure, São Domingos, Canarana, Ipiaú, Itagibá, Itamaraju, Itororó, Pojuca, Dias d’Ávila.

Muitos vão para sete palmos do chão se não obedecerem ao isolamento’, diz secretário de saúde de Brumado

Cláudio Feres Secretário de Saúde de Brumado. Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o secretário municipal de saúde, Cláudio Feres, explicou a importância de intensificar o isolamento social, especialmente nos primeiros quinze dias do mês de abril, considerado o período crítico de maior proliferação do vírus. Segundo ele, uma pessoa infectada com a influenza (gripe comum) transmite a doença, em média, para 1,5 pessoas; já uma pessoa infectada com coronavírus consegue transmitir, em média, para 3 pessoas, ou seja, o dobro. “Então, qual é a grande preocupação da Organização Mundial da Saúde (OMS) e das autoridades sanitárias mundiais: que, com o contato direto e as aglomerações, essa transmissão seja exacerbada e sem controle”, afirmou. Continue Reading

A Bahia registra 217 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19)

A Bahia registra 217 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), o que representa 3,7% do total de casos notificados. Até o momento, 1393 casos foram descartados e houve dois óbitos, ambos de pessoas residentes em Salvador que apresentavam comorbidades associadas. Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 17 horas desta terça-feira (31). Ao todo, 17 pessoas estão curadas e 42 encontram-se internadas.

Agora são 30 municípios com casos confirmados da doença no Estado.

Estes números representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Dentre os casos confirmados, 54,38% são do sexo masculino e 45,62% do sexo feminino. O coeficiente de incidência por 100.000 habitantes foi maior na faixa de 70 a 79 anos (3,44), indicando o maior risco de adoecer entre os idosos.

Ressaltamos que os números são dinâmicos e na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. Outras informações em saude.ba.gov.br/coronavirus.

Para acessar o boletim completo, clique aqui.

Diagnóstico laboratorial de infecção pelo SARS-CoV-2
Pacientes com suspeita de COVID-19 devem ter amostras coletadas e enviadas para o Lacen-BA quando estiverem em um dos seguintes critérios abaixo-relacionados:
1. Pacientes com sinais de gravidade, Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) ou internados;
2. Pacientes sem sinais de gravidade contactantes de caso de COVID-19 suspeito ou confirmado, ou com histórico de viagem recente ao exterior em países com circulação do SARS-CoV2, e regiões do país com transmissão comunitária sustentada;;
3. Profissionais de saúde com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19;
4. Gestantes com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19;
5. Pessoas com febre, suspeitas de infecção, triadas nos Aeroportos, Portos e nas Estradas.