Mortugaba/Sítio: Morreu o Sr. José Pereira dos Santos o popular “Zé de Vavá” aos 66 anos de idade

Por Oclides da Silveira – Jornalista MTPS nº 5910/BA.

Sr. José Pereira dos Santos o popular “Zé de Vavá” aos 66 anos de idade

Morreu nesta tarde de sexta-feira dia 19 de julho de 2019  às 13h30min., o Sr. José Pereira dos Santos o popular “Zé de Vavá” aos 66 anos de idade. Ele deixou viúva a Sra. Maria Santana de Sousa e dez filhos Marineis, Marinaldo, Eva, Adão, Crê, Nice, Denilsa, Marilene, Renata, Adriana além de 14 netos e 1 bisneto. Seu corpo está sendo velando na Fazenda Sítio em sua residencia. O sepultamento será hoje 20/7 a tarde no Cemitério Municipal da Fazenda Sítio, ainda sem horário definido, aguardando parentes de fora chegar.

Atendimento: FUNERÁRIA ISAC PRO-TANATUS

Nós do Jornal Folha de Condeúba deixamos nossos sentimentos à família enlutada por essa perda irreparável deste ente tão querido. Que o bom Deus o tenha ao seu lado para a eternidade. Descanse em paz Sr. JOSÉ!!!

Alunos do curso de Engenharia Civil do IFBA apresentam projetos na França

Vitória da Conquista tem se destacado na última década com grande dinamismo na economia baiana, um dos setores responsáveis por tal dinamismo é o da construção civil, aquecida até mesmo nos períodos de crise, tem se mostrado uma grande geradora de emprego e renda para o município. Mas a atividade não chama atenção apenas pelo desenvolvimento promovido, mas também pela quantidade de entulho provocado pelo material descartado.

Preocupados em dar uma destinação útil e mais sustentável aos rejeitos da construção civil, os estudantes de Engenharia Civil do IFBA campus Vitória da Conquista Bruno Oliveira dos Anjos e Fiacre Mahugnon Aizoun desenvolveram dois projetos de pesquisa de reaproveitamento do vidro e do gesso.

A ideia é que o gesso seja reutilizado nas placas do forro, em molduras e acabamentos; já o vidro, após ser triturado e misturado ao cimento, substitui a areia e dá mais resistência ao concreto. De acordo com o estudante Bruno dos Anjos, além de promover economicidade a obra, o projeto tem uma proposta ambiental, “Aqui em Conquista o gesso é completamente descartado, no aterro sanitário, sem nenhum tratamento e o gesso é o material da Engenharia Civil que mais polui, pois ele tem enxofre na sua composição, poluindo o solo e o lençol freático”, enfatiza. Continue Reading

Após acumular quedas entre 2015 e 2017, vendas a prazo crescem pelo segundo ano seguido em junho

Depois de amargar três anos consecutivos de resultados no vermelho, as vendas a prazo no varejo voltaram a crescer pelo segundo ano seguido. Dados apurados pelo Indicador de Atividade do Varejo da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostram que as consultas de CPFs para vendas parceladas cresceram 2,15% no acumulado em 12 meses até junho deste ano. O número comprova a trajetória de recuperação do comércio, porém a um ritmo menor, uma vez que em junho de 2018, as vendas haviam crescido 3,13%.

No auge da recessão, entre os anos de 2015 e 2017, as vendas a prazo no varejo registraram quedas de -2,06%, -5,16% e -4,34%, respectivamente. O Indicador de Atividade do Comércio é construído a partir das consultas de CPFs e é um termômetro da intenção de compras a prazo por parte do consumidor, abrangendo os segmentos de supermercados, lojas de roupas, calçados e acessórios, móveis e eletrodomésticos.

Outro dado também apurado pelo indicador é o nível de atividade no comércio atacadista. Nesse caso, que não leva em consideração a venda de veículos e motocicletas, o crescimento no acumulado em 12 meses até junho foi de 3,62%, dado abaixo dos 14,20% verificados no mesmo período de 2018.

Na avaliação do presidente da CNDL, José Cesar da Costa, embora o volume de vendas do varejo não tenha alcançado os patamares anteriores da crise, os números começam a se distanciar dos resultados negativos observados nos piores momento da crise. “O varejo exibe melhora desde meados de 2017, depois do período mais agudo da crise. Mesmo crescendo, infelizmente, ainda não vimos a melhora da confiança se traduzir em aceleração das vendas, algo que poderá se concretizar com as medidas de estímulo previstas para sair depois da aprovação da reforma da previdência”, analisa.

Caetité: TJ-BA mantém proibição do aumento de salários do executivo e legislativo

Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Por unanimidade, o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) decidiu acatar a ação popular movida pelos advogados Leonardo Monteiro e Fabiano Cotrim com a finalidade de não permitir o aumento dos salários do prefeito, vice-prefeito, vereadores e secretários municipais de Caetité.

De acordo com o Sudoeste Bahia, atualmente, o gestor recebe mais de R$ 24 mil, fora as inúmeras vantagens financeiras próprias do cargo. Já os vereadores recebem R$ 6.400. Um dos autores da proposta, o advogado Leonardo Monteiro disse que, desde a proibição, foram economizados cerca de R$ 3 milhões aos cofres municipais, apenas em relação ao subsídio dos vereadores.

Por sua vez, o presidente da Câmara de Vereadores de Caetité, Álvaro Montenegro, disse que o setor jurídico do legislativo já recorreu da decisão. Um novo julgamento do processo ocorrerá no dia 23 de agosto.

Mais de 2 mil medidas protetivas foram concedidas a baianas este ano

A Justiça da Bahia concedeu 2.024 medidas protetivas para mulheres vítimas de relacionamentos abusivos só neste semestre. Desse total, 53 foram descumpridas, um percentual de 3,8%.

De acordo com o G1, por todo o estado, três Varas da Violência Doméstica analisam os casos para conceder as medidas. No ano passado, 2.749 foram consentidas e 102 descumpridas.

As medidas protetivas variam e podem ser desde o afastamento do agressor do lar ou local de convivência com a vítima, com uma fixação de limite mínimo de distância, até a suspensão da posse ou restrição do porte de armas que o homem tenha, se for o caso.