Autor: Redação

Azul altera horários prevendo cancelamento de voos durante o inverno conquistense

Com a proximidade do inverno, quando a temperatura cai em Vitória da Conquista e o mau tempo impede pousos e decolagens no aeroporto Pedro Otacílio de Figueredo, a Azul Linhas Aéreas Brasileiras anunciou que terá uma malha especial de voos durante esse período. Segundo a companhia, serão feitos ajustes temporários de horários em Vitória da Conquista.

Ainda de acordo com a Azul, as mudanças foram planejadas a partir do histórico de fechamento do aeroporto e terão início em 16 de maio, com término em 28 de agosto. A alteração de voos durante o inverno conquistense está acontecendo pelo terceiro ano consecutivo.

“A malha especial de inverno já se tornou uma tradição na Azul, de modo a garantir conveniência e comodidade aos nossos clientes. A ideia com a malha de inverno é minimizar o impacto para os viajantes com base no retrospecto de operações em anos anteriores”, explica Marcelo Bento, diretor de Planejamento da Azul. Nesse sentido, a empresa espera evitar atrasos e possíveis transtornos aos viajantes.

Confira o cronograma do quadro de horários da Azul durante o inverno.
Origem Saída Destino Chegada Frequência
Belo Horizonte 12h10 Vitória da Conquista 14h00 Diária
Belo Horizonte 19h10 Vitória da Conquista 21h00 Domingo a sexta
Vitória da Conquista 5h00 Belo Horizonte 6h40 Segunda a sábado
Vitória da Conquista 14h25 Belo Horizonte 16h10 Diária

Escritores brumadenses são selecionados para projeto do governo do estado

A lista geral da seleção do Mapa da Palavra da Bahia, projeto desenvolvido pela Coordenação de Literatura da Fundação Cultural do Estado da Bahia, foi divulgada no Diário Oficial do Estado. Dois escritores brumadenses, José Walter Pires e Paulo Esdras, foram selecionados.

O primeiro com a obra que também será impressa: “Pintando o Sete”, e Esdras com as poesias: “O Tempo”, “A Procura da Menina Faceira”, “Semana de Arte Moderna” e “Buraco Vazio”. Na Bahia, a etapa de cadastramento do projeto foi iniciada em outubro de 2015 e prorrogada até o dia 18 de março de 2016.

Artistas que atuam nos 27 territórios de identidade do estado ou baianos que residem fora puderam se inscrever. Os objetivos são mapear e diagnosticar a produção literária do estado e estimular a produção e difusão da literatura baiana.

O processo de seleção de produções literárias serve ao propósito de compor o portal virtual e quatro publicações digitais e/ou impressas do projeto.

Prefeitura de Dom Basílio lança edital para realização de concurso público com 219 vagas

Na última sexta-feira (8), a prefeitura de Dom Basílio, no sudoeste baiano, lançou no Diário Oficial o edital do concurso público para o preenchimento de 219 vagas em 37 cargos. O certame será executado pelo Serviço de Processamento de Dados (Seprod) e terá validade de dois anos.

As inscrições podem ser feitas pela internet no endereço eletrônico www.seprod.com.br, no período de 11 a 22 de abril. Para nível superior, o valor da taxa de inscrição é R$ 60 e, para nível médio e fundamental, é de R$ 40. As remunerações variam de R$ 880,00 a R$ 5.000,00. A prova objetiva e a prova de títulos serão realizadas no dia 29 de maio.

Bahia antecipa vacinação contra a gripe para o dia 18 de abril

A partir do dia 18 de abril, a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) dará início à 18ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe (influenza). Este ano, a população estimada para vacinar é de 3.269.328 pessoas de todos os grupos prioritários.

A partir desta data, os postos e centros de saúde de todos os municípios podem iniciar a imunização dos idosos a partir de 60 anos, crianças de seis meses a menos de cinco anos, trabalhadores da saúde (público e privada), mulheres grávidas e puérperas, até 45 dias após o parto, povos indígenas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, e adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade, sob medidas socioeducativas.

No dia 30, será realizado o Dia D de mobilização nacional. Em Vitória da Conquista, até o dia 7 de abril, de acordo com a Secretaria de Saúde, foram notificados 14 casos suspeitos, sendo 7 negativos, 1 inconclusivo e 6 aguardam resultados. Em 2015, foram notificados 10 casos suspeitos e nenhum se confirmou.

Faculdade Santo Agostinho definirá em reunião com estudantes melhorias para curso de Medicina

Após a manifestação de estudantes do curso de Medicina, a Faculdade Santo Agostinho emitiu nota informando que está com um canal aberto de conversa com seus discentes para a melhoria do ensino.

“As Faculdades Santo Agostinho (Fasa), conforme demanda dos alunos, está com encontro agendado nessa quinta-feira para, em reunião com os alunos, entender os motivos da manifestação, dialogar e definir encaminhamentos”, afirma a nota da instituição de ensino.

Além disso, a assessoria de imprensa da Faculdade Santo Agostinho informou que muitas das demandas apontadas pelos estudantes já vinham sendo solucionadas pela instituição no curto prazo.

Fonte: Blog Resenha Geral

61% apoiam o impeachment de Dilma e 58%, de Temer, diz pesquisa

A maioria da população brasileira apoia não só o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), mas também do vice-presidente Michel Temer (PMDB). Segundo pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (9), pela Folha de S. Paulo, 60% apoiam a renúncia da petista e do peemedebista.

Mesmo assim, o apoio ao impeachment de Dilma caiu de 68% para 61% entre abril e março. Entre os entrevistados, 58% esperam a saída do vice-presidente, enquanto 28% defendem sua permanência no Palácio do Planalto.

No caso de vacância dos dois maiores cargos do Executivo, 79% dos brasileiros esperam que seja feita uma nova eleição, enquanto 16% são contrários a essa alternativa. A pesquisa do Datafolha foi realizada entre os dias 7 e 8 de abril, com 2.779 pessoas de 170 municípios.

Projeto que evita punição de prefeitos deve entrar em votação no Senado

A pauta do Plenário da próxima semana começa com a votação das emendas ao Projeto de Lei do Senado (PLS) 316/2015. O texto original, aprovado na quarta-feira (6), evita a punição de prefeitos com base na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF – Lei 101/2000) em casos de redução de recursos por razões externas.

Do senador Otto Alencar (PSD-BA), a matéria tem como relator o senador Blairo Maggi (PR-MT) e faz parte da Agenda Brasil — pauta apresentada pelo presidente do Senado, Renan Calheiros, com o objetivo de incentivar a retomada do crescimento econômico. Apesar do apoio da ampla maioria no Plenário, os senadores Reguffe (sem partido-DF) e Cristovam Buarque (PPS-DF) demonstraram preocupação com a flexibilização da LRF.

Já o autor argumentou que os prefeitos acabam sendo punidos por ações de desoneração do governo federal. O senador Walter Pinheiro (sem partido-BA) também manifestou apoio ao projeto.

— Quando cai a coleta de impostos como o IPI, o município tem queda de arrecadação. A renúncia é do governo federal. Convivemos hoje com os municípios sendo penalizados, quando na realidade não é de competência desses gestores municipais a responsabilidade com a frustração de expectativa de receitas. É nesse sentido que o projeto caminha — argumentou Walter Pinheiro.

Lula tem 21%, Marina, 19%, Aécio, 17%, e Temer 2% diz pesquisa Datafolha

G1, em Brasília
Pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (9) pelo site do jornal “Folha de S.Paulo” mostra os percentuais de intenção de voto em quatro simulações da corrida presidencial de 2018.
Cenário 1 (com Aécio Neves):
Lula (PT): 21%
Marina Silva (Rede): 19%
Aécio Neves (PSDB): 17%
Jair Bolsonaro (PSC): 8%
Ciro Gomes (PDT): 7%
Luciana Genro (PSOL): 2%
Michel Temer (PMDB): 2%
Eduardo Jorge (PV): 1%
Ronaldo Caiado (DEM): 1%
Branco/nulo: 17%
Não sabe: 5%
Na pesquisa anterior, divulgada em março, Marina tinha 21% dos votos, Aécio, 19%, e Lula, 17%.
Cenário 2 (com Geraldo Alckmin):
Marina Silva (Rede): 23%
Lula (PT): 22%
Alckmin (PSDB): 9%
Ciro Gomes (PDT): 8%
Jair Bolsonaro (PSC): 8%
Luciana Genro (PSOL): 2%
Michel Temer (PMDB): 2%
Eduardo Jorge (PV): 1%
Ronaldo Caiado (DEM): 1%
Branco/nulo: 18%
Não sabe: 6%
Nesse cenário, na pesquisa anterior, Marina aparecia com 23%, Lula com 17% e Alckmin, 11%.
Cenário 3 (com José Serra):
Marina Silva (Rede): 22%
Lula (PT): 22%
José Serra (PSDB): 11%
Jair Bolsonaro (PSC): 7%
Ciro Gomes (PDT): 7%
Luciana Genro (PSOL): 2%
Michel Temer (PMDB): 2%
Eduardo Jorge (PV): 1%
Ronaldo Caiado (DEM): 1%
Branco/nulo: 18%
Não sabe: 6%
Em março, nesse cenário, Marina tinha 24%, Lula, 17% e Serra, 13%.
Cenário 4 (com três candidatos tucanos):
Lula (PT): 21%
Marina Silva (Rede): 16%
Aécio Neves (PSDB): 12%
Sérgio Moro (sem partido): 8%
Jair Bolsonaro (PSC): 6%
Ciro Gomes (PDT): 6%
José Serra (PSDB): 5%
Geraldo Alckmin (PSDB): 5%
Luciana Genro (PSOL): 2%
Eduardo Jorge (PV): 1%
Ronaldo Caiado (DEM): 1%
Michel Temer (PMDB): 1%
No cenário com três candidatos tucanos, em março, os três primeiros colocados eram Marina e Lula, com 17% cada, e Aécio, com 14%.
O Datafolha informou que fez a pesquisa nos dias 7 e 8 de abril, com 2.779 entrevistados em 170 municípios.

Empreiteira aponta Jucá como beneficiário de propina

Executivos da Andrade Gutierrez mencionaram, em acordo de delação premiada, o nome do senador Romero Jucá (PMDB-RR) ligado a um esquema no setor elétrico.
Segundo a Folha apurou, dirigentes da empresa repassaram ao Ministério Público detalhes do caminho do dinheiro que, segundo eles, teria sido enviado por meio de intermediários ao senador. Os repasses seriam vinculados à Eletronorte, onde Jucá tem influência política. Continue lendo

OMS diz que diabético pode ter vida saudável se detectar cedo e controlar a doença

Relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostra que quem tem diabetes pode ter vida longa e saudável se a doença for detectada a tempo e bem controlada.

De acordo com a Agência Brasil, o número de diabéticos nas Américas triplicou desde 1980 e, segundo a OMS, a doença é a quarta maior causa de morte na região, depois do infarto, acidente vascular cerebral e de demências.

De acordo com o Sistema de Informação de Mortalidade (SIM), no Brasil, mais de 57 mil pessoas morreram por complicações relacionadas à doença em 2013. O diabetes foi o tema escolhido pela OMS para marcar o Dia Mundial da Saúde, lembrado nesta quinta-feira (7).

Dados da OMS indicam que nas Américas mais de 60% da população estão acima do peso ou obesa, em grande parte como resultado de mudanças de estilo de vida relacionadas ao desenvolvimento e à globalização.

O novo relatório da organização destaca que o aumento de casos do diabetes pode ser retardado por meio de uma combinação de políticas fiscais, legislação, mudanças no meio ambiente e conscientização das pessoas para a necessidade de modificar os fatores de risco para a doença.