Condeúba/Associativismo: Festa em face a semana da Consciência Negra na Associação Quilombola da Vereda Grande

 

 

A dança do carimbó no momento em que as mulheres uma parte da saia

Foi realizada na Associação de Agricultores Familiares da Comunidade Remanescente de Quilombo e Vereda Grande neste domingo dia 24 de novembro de 2019, a segunda festa em face a semana da Consciência Negra.

A Presidente da Associação Remanescente de Quilombo da Vereda Grande Vita de Sousa Reis, saudou e agradeceu a todos pela presença e disse, devido ao horário já estar um pouco adiantado, convido todos vocês para comer essa deliciosa feijoada que está aí feita com muito capricho para vocês, depois seguiremos com nosso evento.

Logo após o almoça a Presidente Vita fez a abertura do segundo evento da Associação em referencia a semana da Consciência Negra. Primeiramente Vita saudou a todos os que deram suas vidas em busca da liberdade dos negros e pediu para que todos os presentes fizesse um minuto de silêncio em homenagem a esses heróis da causa negra.

A seguir anunciou a jovem Arlete Santos que falou com muita propriedade de Nelson Mandela. discorreu sobre sua vida de tantas lutas e vitórias. Foi o mais poderoso símbolo da luta contra o regime segregacionista do Apartheid, sistema racista oficializado em 1948, e modelo mundial de resistência, nascido na Africa do Sul.

Depois falou Nizete Costa que leu uma mensagem enviada por Ângela Cruz. Em seguida foi a vez de Renata Maria da Silva que falou um pouco sobre o Apartheid, Adrielli falou algumas frases de efeito ditas por Mandela. Outras garotas foram até o microfone e recitaram algumas poesias sempre fazendo referência a causa da Consciência Negra.

 As atrações foram as mais diversas possíveis, como as  apresentações Capoeira Arte e Cultura de Mortugaba de João “Capoeira” seu representante maior, trouxe seus alunos especiais para jogar capoeira e a garotinha de 8 anos Mariane Gomes equilibrista que deu show andando na corda sem nenhuma proteção.

Depois teve as danças do Carimbó, Maculelê e a peça teatral “ABC do preguiçoso”. A animação ficou por conta de Pedrinho do Forró que rompeu animado o dia todo terminando já ao escurecer.

O associado Sr. Antônio botando a mão na massa para fazer os biscoitos cheringa e chimango ao lado do forno para assar na hora

A Presidente Vita finalizou agradecendo a todos os que colaboraram para que essa festa maravilhosa acontecesse, em especial ao vereador José Reis que colocou toda sua estrutura a disposição em favor da festa.

Fotos: Oclides/JFC

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmail

Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.