Autor: Redação

Cordeiros: Morreu a Sra. Maria Ribeiro Neto conhecida por “Lia de capitão” aos 70 anos de idade

 

Sra. Maria Ribeiro Neto conhecida por “Lia de capitão”, morreu aos 70 anos de idade

Morreu na noite de ontem dia 14 de outubro de 2021 às 21h10min., a Sra. Maria Ribeiro Neto conhecida por “Lia de capitão” aos 70 anos de idade. Segundo informações de familiares, a causa morte foi parada cardíaca. Lia de Capitão era separada e deixou dois filhos Ricardo dos Reis Ribeiro da Costa e Gleice Ribeiro da Costa além de dois netos. Seu corpo está sendo velado na Igreja Batista Renovada Peniel em Cordeiros. O sepultamento será hoje a tarde (15), às 16:00 horas no Cemitério Municipal Jardim da Saudade em Cordeiros/BA.

Atendimento: FUNERÁRIA SÃO MATHEUS

Nós do jornal Folha de Condeúba deixamos nossos profundos sentimentos aos queridos familiares da Sra. Maria, por eles estarem passando essa terrível dor, pela perca irreparável desse ente tão querido! Que o bom Deus a tenha ao seu lado para eternidade. Descanse em paz Sra. Maria.

Câmara dos Deputados aprova valor fixo para cobrança de ICMS sobre combustíveis

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (13), por 392 votos contra 71 e 2 abstenções, o projeto que estabelece um valor fixo para a cobrança de ICMS sobre combustíveis. A proposta segue para análise do Senado. O texto aprovado é o substitutivo do relator, deputado Dr. Jaziel (PL-CE), ao Projeto de Lei Complementar 11/20, do deputado Emanuel Pinheiro Neto (PTB-MT).

O texto obriga estados e Distrito Federal a especificar a alíquota para cada produto por unidade de medida adotada, que pode ser litro, quilo ou volume, e não mais sobre o valor da mercadoria. Na prática, a proposta torna o ICMS invariável frente a variações do preço do combustível ou de mudanças do câmbio.

Dr. Jaziel estima que as mudanças na legislação devem levar à redução do preço final praticado ao consumidor de, em média, 8% para a gasolina comum, 7% para o etanol hidratado e 3,7% para o diesel B. “A medida colaborará para a simplificação do modelo de exigência do imposto, bem como para uma maior estabilidade nos preços desses produtos”, espera.

Atualmente, o ICMS incidente sobre os combustíveis é devido por substituição tributária para frente, sendo a sua base de cálculo estimada a partir dos preços médios ponderados ao consumidor final, apurados quinzenalmente pelos governos estaduais.

As alíquotas de ICMS para gasolina, como exemplo, variam entre 25% e 34%, de acordo com o estado. Segundo o texto aprovado pela Câmara, as operações com combustíveis sujeitas ao regime de substituição tributária terão as alíquotas do imposto específicas por unidade de medida adotada, definidas pelos estados e pelo Distrito Federal para cada produto.

Brumado: Em péssimas condições de trafegabilidade, Avenida Ana Lídia Viana Cardoso torna-se perigosa para transeuntes e condutores de veículos

Avenida Ana Lídia Viana Cardoso em Brumado/BA.

Há vários meses, os moradores da Avenida Ana Lídia Viana Cardoso, que corta os bairros Nobre e Parque Alvorada, em Brumado, sofrem com as péssimas condições de trafegabilidade da via.

O trecho apresenta enormes buracos em vários pontos, sendo necessário que os condutores de veículos façam manobras arriscadas para não cair nos buracos, comprometendo a segurança, inclusive, de pedestres.

Cansados de esperar uma solução da prefeitura, moradores da rua já se mobilizaram diversas vezes promovendo um ” tapa buracos” em diferentes trechos, por conta própria, mas a ação paliativa não dura muito tempo, justamente pelo fato de a via ser de grande movimentação.

“É uma vergonha. Já procuramos diversas vezes a prefeitura e nos dão as costas. Tem buracos aqui que cabe uma moto inteira dentro, está difícil transitar aqui, vejo a hora de ocorrer um acidente grave. Se nós não taparmos os buracos por conta própria, vamos ter que esperar a vida toda a prefeitura consertar”, disse indignado ao Agora Sudoeste um morador que preferiu não se identificar.

Fonte: Agora Sudoeste

4×1: Prefeito de Brumado sofre derrota de quatro dos cinco vetos de projeto de vereadores

O prefeito Eduardo Lima Vasconcelos (PSB) sofreu derrotas na sessão da Câmara de Vereadores que ocorreu na noite desta quarta-feira (13). O gestor havia vetado cinco projetos de lei de autoria dos parlamenteares, mas conseguiu vitória em apenas um, mesmo assim, por força do regimento interno, que previa votação por maioria absoluta.

No único veto em que venceu houve empate em 7×7 na votação e uma abstenção, o que favoreceu o veto do gestor. Foi votação secreta a cada veto em apreciação com o placar de 8×7 contra as intenções do prefeito.

O único veto vencido pelo prefeito foi contra o projeto do vereador Beto Bonelly (PSB) referente à liberação de atividades físicas em meio à pandemia. Nos demais, os projetos em defesa da mulher, para compra de vacinas contra a Covid-19, sistema de drive-truh de vacinação e sanitização de logradouros públicos, foram mantidos, derrubando os vetos do prefeito.

Volume de serviços na Bahia expandiu 1,7% em agosto

O volume de serviços na Bahia apresentou expansão de 1,7% na comparação com o mês imediatamente anterior, com ajuste sazonal. As informações com foco no segmento baiano, analisadas nesta quinta-feira (14) pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia vinculada à Secretaria do Planejamento (Seplan), constam na Pesquisa Mensal de Serviços, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Nessa análise a Bahia resultado seguiu o mesmo comportamento da média nacional (0,5%), e recuperou boa parte da perda acumulada (-1,0%), entre junho (-0,3%) e julho (-0,7%). É importante destacar, que o mês de agosto do ano corrente foi marcado pela retomada das atividades econômicas, que foram contidas nos meses anteriores, contribuindo para a aceleração do setor em relação a julho.

Em relação ao mesmo mês do ano anterior, o volume de serviços na Bahia avançou 26,8%. Quatro das cinco atividades puxaram o volume de serviços para cima, com destaque para as atividades de Serviços prestados às famílias (189,8%), que contabilizou a quinta variação positiva consecutiva mais expressiva e maior alta da série iniciada em 2012, para os meses de agosto.

Essa atividade também apresentou resultado superior àquele observado no mesmo mês do ano anterior (-67,4%). Seguida pela atividade de Transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (31,3%), que também, registrou variação positiva significativa, sendo a quinta maior alta da série iniciada em 2012, e a sexta variação positiva consecutiva para esse ano.

É importante destacar que o resultado da Bahia é superior à variação registrada pelo Brasil (16,7%). O indicador no acumulado no ano ampliou 11,6%, puxado pela atividade de Serviços prestados às famílias (40,2%), que apontou a mais expressiva variação positiva, seguida por Transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (18,0%).

E, no indicador do acumulado nos últimos 12 meses cresceu 4,4%, impulsionado principalmente, por Transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (11,1%). Com relação à receita nominal de serviços, houve expansão de 32,3% na comparação com agosto de 2020. O indicador no acumulado no ano ampliou 13,2% e o indicador no acumulado nos últimos 12 meses cresceu 5,4%.

Conquista: Prefeitura vai criar o Programa Municipal para Distribuição de Absorventes Higiênicos para alunas da rede municipal

O projeto de lei enviado pela prefeita Sheila Lemos à Câmara de Vereadores, instituindo o Programa Municipal para Distribuição de Absorventes Higiênicos (PDAH) para alunas das escolas públicas municipais foi elogiado pela representante da União Brasileira de Mulheres (UBM), Nildma Ribeiro.

A liderança feminina, que já foi vereadora em Vitória da Conquista, levou ao gabinete da prefeita, nesta quinta-feira (14), pautas relativas às políticas para as mulheres e de melhorias em áreas rurais do município, a exemplo da Lagoa Nova do Juazeiro.

Nildma ressaltou o compromisso da prefeita com as mulheres, ao ter enviado, no mês passado, para a apreciação dos vereadores o Projeto de Lei nº 16, que trata da dignidade menstrual. “Ter uma prefeita mulher, em uma cidade que tem uma população composta por 54% de mulheres, é algo muito importante. Fomos muito bem recebidos aqui e saímos felizes com os encaminhamentos”, afirmou Nildma.

A ideia de criar um programa municipal para enfrentamento da pobreza menstrual foi do vereador Ricardo Babão, acatada pela prefeita, que a transformou a ideia em projeto de lei.

Também participaram da reunião, o assessor especial da prefeita, Marcelo Melo, a presidente da associação do povoado de Lagoa Nova do Juazeiro, Sandra Mara, e e o diretor entidade, Nilton Ferreira, além da presidente da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), Elza Santos.

Dignidade Menstrual – O Fundo de Emergência Internacional das Nações Unidas (Unicef) orienta que o direito à dignidade menstrual requer acesso a produtos e condições de higiene adequados. Em maio deste ano, o Unicef e o Fundo de Populações das Nações Unidas (UNFPA) lançaram o estudo “Pobreza Menstrual no Brasil: desigualdade e violações de direitos”, que traça um panorama alarmante da realidade menstrual vivida por meninas brasileiras.

A população atual da Terra gira em torno de 7,8 bilhões de habitantes

Fonte: Animal Planet

Para a maioria das pessoas, é um número grande. Isso é tudo. No entanto, em termos percentuais, podemos apreciá-lo em uma dimensão mais humanamente gerenciável. A análise resultante é relativamente mais fácil de entender.

Desse total de 100%:
– 11% estão na Europa
– 5% estão na América do Norte
– 9% estão na América do Sul
– 15% estão na África
– 60% vivem na Ásia
– 49% vivem no campo
– 51% vivem em cidades
– 12% falam chinês
– 5% falam espanhol
– 5% falam inglês
– 3% falam árabe
– 3% falam hindi
– 3% falam bengali
– 3% falam português
– 2% falam russo
– 2% falam japonês
– 62% falam sua própria língua nativa.
– 77% possuem casa própria ou locada.
– 23% não têm onde morar.
– 21% consomem mais calorias que o necessário
– 63% podem comer três refeições completas.
– 15% estão desnutridos, comeram a última refeição, mas não passaram para a próxima.
– O custo de vida diário de 48% é inferior a US$ 2,00
– 87% têm água potável limpa.
– 13% carecem de água potável e ou têm acesso apenas a uma fonte de água contaminada.
– 75% têm telefones celulares
– 25% não tem
– 30% têm acesso à internet.
– 70% não têm condições de se conectar.
– 7% receberam educação universitária.
– 93% não cursaram faculdade.
– 83% sabem ler.
– 17% são analfabetos.
– 33% são cristãos
– 22% são muçulmanos
– 14% são hindus
– 7% são budistas
– 12% são de outras religiões
– 12% são ateus, sem crenças religiosas
– 26% vivem menos de 14 anos
– 66% morreram entre as idades de 15 e 64
– 8% têm mais de 65 anos.
Se você tem sua própria casa (ou locada), faz de 3 a 6 refeições completas diárias e bebe água limpa, tem um telefone celular, pode navegar na Internet e fez faculdade, você está no pequeno Grupo dos Privilegiados (vc é da categoria Elite Global de menos de 7% da população mundial).
Nas condições atuais, de cada 100 pessoas no planeta, apenas 8 podem viver ou ultrapassar os 65 anos.
Se você tem mais de 65 anos, seja feliz e grato. Aprecie a vida, aproveite o momento.

Se você não deixou este mundo antes dos 64 anos, como as 92 pessoas que partiram antes de você, você já é abençoado entre a humanidade.
Cuide bem da sua saúde porque ninguém se importa mais do que você!
Aprecie cada momento restante e não reclame, viva e ajude seu próximo.

Condeúba: A Secretaria de Saúde informa o boletim da covid-19 hoje (14), aumentou UM caso

Segundo o gráfico divulgado pela Coordenação da Vigilância Epidemiológica, informa que aumentou, de 1347 para 1348 os infectados pelo covid-19 no município sede de Condeúba. Sendo 26 óbitos, 1320 já foram curados e 2 que estão em tratamento. Suspeitos 3.633, aguardam coleta 5, aguardam resultado 1 e descartados laboratorialmente 2.279.

Confira o boletim desta quinta-feira (14):

Pesquisa revela piora do estilo de vida do brasileiro na pandemia

Maior tempo de tela e menos atividade física: o estilo de vida do brasileiro piorou durante a pandemia, mostra pesquisa de universidades federais mineiras. O estudo foi iniciado cinco meses após o início das medidas de distanciamento social. Os resultados da primeira etapa foram publicados em artigo nas revistas Public Health Nutrition e na Frontiers in Nutrition.

A pesquisa foi realizada em conjunto pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e pelas universidades federais de Lavras (Ufla), Ouro Preto (Ufop) e Viçosa (UFV). Em relação às refeições, diminuiu a frequência de realização de café da manhã, lanche e almoço, por outro lado, aumentou a realização de lanches noturnos e outras refeições além das tradicionais.

Os hábitos alimentares também pioraram, com aumento de consumo de pães, farináceos, refeições instantâneas e fast food. O consumo de frutas e vegetais, por sua vez, caiu. Sobre o estilo de vida, houve mudança no consumo mais frequente de bebida alcoólica, aumento na frequência no hábito de fumar, e no tempo de utilização de telas e dispositivos.

Antes da pandemia, os participantes da pesquisa relataram média diária de seis horas e meia de exposição. Durante a pandemia, esse número subiu para dez horas por dia. Por outro lado, houve redução da prática de atividade física.

Os voluntários que responderam ao questionário informaram praticar em torno de 120 minutos por semana no período pré-pandemia e o índice caiu para 80 minutos por semana com as restrições para evitar a circulação do novo coronavírus. A recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) é uma prática semanal de 150 a 300 minutos. Para o estudo, foram aplicados questionários online entre agosto e setembro de 2020. Os dados reúnem respostas de 1.368 pessoas de ambos os sexos, com idade a partir de 18 anos.

Quase 90% são da região Sudeste e 80% são mulheres. Entre os respondentes, 97% disseram estar cumprindo as medidas de distanciamento social. A segunda etapa da pesquisa envolve a análise de variáveis de comportamento alimentar, ganho de peso e prática de exercício físico durante a pandemia.

De acordo com os pesquisadores, esta fase está em andamento e inclui a reaplicação do questionário após 10 meses.

Governo da Bahia vai distribuir absorventes a estudantes da rede estadual de ensino

Durante o ato de assinatura de ordem de serviço para modernização e construção de 24 escolas em Salvador, nesta quarta-feira (13), o governador Rui Costa falou sobre o programa Dignidade Menstrual.

A iniciativa, lançada pelas secretarias estaduais da Educação e de Políticas Para as Mulheres, vai distribuir absorventes descartáveis para 225 mil estudantes da rede estadual de ensino, em situação de pobreza ou extrema pobreza, na faixa etária de 11 a 45 anos.

O aviso de licitação para a aquisição dos absorventes foi publicado no Diário Oficial do Estado do último dia 02 de outubro e, de acordo com o governador, o processo será concluído em novembro, quando deve ser feita a distribuição do primeiro lote dos produtos higiênicos para as estudantes.