Autor: Redação

Apenas 8 municípios baianos ainda não possuem casos confirmados da Covid-19

Foto: Lay Amorim

Apenas oito municípios baianos ainda não possuem casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus, conforme dados publicados pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesab). De acordo com o Bahia Notícias, todas as cidades sem registros da Covid-19 no estado têm população menor que 20 mil habitantes, segundo o último censo realizado pelo IBGE.

A macrorregião oeste possui a maior concentração de cidades sem casos da Covid-19: Brejolândia, Brotas de Macaúbas, Canápolis, Ipupiara e Sítio do Mato. Mais distante da capital (Salvador), o oeste baiano demorou a registrar um grande avanço da pandemia. Entretanto, municípios da região, como Barreiras, com 1.761 contaminados, e Luís Eduardo Magalhães, com 1.057, já possuem alerta ligado.

O sudoeste, com Tanque Novo e Érico Cardoso, e o centro-leste, com Novo Horizonte, são as outras macrorregiões que ainda possuem municípios sem casos confirmados da doença.

Jorge Portugal foi enterrado sob aplausos em Santo Amaro “da purificação” – Bahia

Foto: Reprodução/TV Bahia

O corpo do professor, escritor e ex-secretário de Cultura da Bahia, Jorge Portugal, que morreu de falência cardíaca aguda, na noite de segunda-feira (3), foi enterrado sob aplausos no Cemitério Municipal de Santo Amaro, recôncavo do estado.

Portugal tinha 63 anos e faria aniversário na quarta-feira (5). O sepultamento, que estava marcado para 16h desta terça-feira (4), mas foi adiantado para às 15h, aconteceu debaixo de chuva e foi acompanhado apenas por familiares e amigos próximos de Portugal, para evitar aglomerações que facilitam a transmissão do coronavírus. Um dos grandes amigos e parceiros de composições, Roberto Mendes, ajudou a carregar o caixão.

Jorge Portugal passou mal em casa, na capital baiana, na tarde de segunda-feira, e foi socorrido pelo Samu. Ele foi levado para o Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), onde foi internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) cardiovascular com quadro de choque cardiogênico, que é quando o coração não consegue bombear sangue com eficiência.

Durante o trajeto até a unidade de saúde, Jorge Portugal chegou a ter paradas cardiorrespiratórias, mas foi estabilizado. Ao chegar no hospital, já em estado crítico, ele foi colocado em coma induzido. O professor morreu no mesmo dia, por volta das 20h15.

Condeúba: Morreu o jovem Gilcimar Antônio Moura aos 35 anos de idade

 

O jovem Gilcimar Antônio Moura, morreu aos 35 anos de idade

Morreu neste começo de noite de terça-feira dia 4 de agosto de 2020, às 18h30min., o jovem Gilcimar Antônio Moura aos 35 anos de idade. Segundo informações de familiares, suspeitam dele ter sofrido um infarto fulminante, ele era solteiro e não deixou filho. Seu corpo será velado (restrito aos familiares), no Memorial São Matheus amanhã a partir das 8hs., , o sepultamento será amanhã cedo dia (5/8) às 10:00 horas no Cemitério Municipal Barão José Egídio de Moura e Albuquerque na sede em Condeúba.

Atendimento: FUNERÁRIA SÃO MATHEUS

Nós do Jornal Folha de Condeúba, deixamos nossos profundos sentimentos à família enlutada, por essa perda irreparável deste ente tão querido. Que o bom Deus o tenha ao seu lado para a eternidade. Descanse em paz amigo Gilcimar.

Explosão de grandes proporções atinge Beirute

Imprensa local, citando ministro da Saúde e forças de segurança, diz que a detonação ocorreu em um armazém que guardava fogos de artifício

Explosão em Beirute, Líbano – 04/08/2020 Reprodução

Uma explosão de grandes proporções atingiu o porto de Beirute, no

Líbano, nesta terça-feira, 4. Segundo a imprensa local, as forças de

segurança e o ministro da Saúde, Hamad Hassan, a explosão ocorreu

em um armazém que estocava fogos de artifício. Há relatos, não

confirmados, de uma explosão secundária no centro da capital.

Imagens nas redes sociais mostram o armazém pegando fogo com

luzes, parecidas com as de rojões, acendendo e apagando rapidamente.

Logo depois o local é consumido por uma explosão.

Segundo a emissora LBC, Hassan disse que a explosão deixou um “grande número de feridos”. O ministro da Saúde informou que todos os hospitais da cidade foram instruídos a receber os feridos.

“Vi uma bola de fogo e fumaça sobre Beirute. As pessoas estavam gritando, correndo e sangrando. Varandas de prédios foram destruídas. Vidro de prédios altos caíram e quebraram na rua”, disse uma

testemunha das detonações à agência Reuters.

Cordeiros: A Sra. Deolinda Ribeiro Maria de Jesus aos 84 anos de idade

 

 

Morreu na manhã desta terça-feira dia 4 de agosto de 2020 às 05h30min., a Sra. Deolinda Ribeiro Maria de Jesus aos 84 anos de idade. Ela sofreu um Avc ha 6 anos atrás e hoje foi a óbito. Deolinda deixou viúvo o Sr. José Lucindo de Jesus, não tiveram filhos. Seu corpo está sendo velado (restrito aos familiares) na residencia à Rua Alcides José Ribeiro em Cordeiros. O sepultamento será nesta tarde de (4/8) às 13:00hs., no Cemitério Campo Santo em Cordeiros.

Atendimento: FUNERÁRIA SÃO MATHEUS

Nós do Jornal Folha de Condeúba, deixamos nossos profundos sentimentos à família enlutada, por essa perda irreparável deste ente tão querido. Que o bom Deus a tenha ao seu lado para a eternidade. Descanse em paz Senhora Deolinda.

Condeúba: Criada a Comissão de Conselheiros de Cultura que intermediará os recursos vindo através da “Lei Aldir Blanc” para os artistas e artesãos

 

 

Os Conselheiros Agnerio Evangelista, Ygor Roberto, Oclides da Silveira e José Dias, todos usando mascaras e mantendo a distância regulamentar entre eles conforme prevê as normas Sanitária e Epidemiológica

Nesta primeira segunda-feira do mês dia 3 de agosto de 2020, ocorreu mais uma Reunião Ordinária do Conselho Municipal de Cultura, Desporto e Lazer. A reunião foi realizada na Biblioteca Municipal, cujo principal tema debatido, foi a criação de uma Comissão de Conselheiros para acompanhar a aplicação e distribuição dos valores que virão do Governo Federal e que será distribuídos a todos os artistas do município como músicos, artesãos, ceramistas entre outros.

Desde já o Diretor de Cultura Ygor Roberto solicitou que esses profissionais deverão procurar a Secretaria Municipal de Cultura para fazer o seu cadastro, a qual se encontra instalada junto a Biblioteca Municipal na Praça Jovino Arsenio da Silva Filho no Centro. Esses recursos que virão serão provenientes da chamada “Lei Aldir Blanc”.

Os Conselheiros Agnério, Ygor, José Dias e a professora Fátima que secretariou os trabalhos

Segundo pesquisadores, Nordeste terá volume tão grande de chuvas que vai modificar até a geografia

“O sertão vai virar mar e o mar vai virar sertão!” (Frase de Antônio Conselheiro). A segunda parte do refrão já aconteceu em várias localidades do Nordeste, onde rios viraram poeira. A primeira e mais improvável, pode não ser tão improvável assim e se tornar realidade nas próximas décadas, de acordo com a previsão de estudiosos sobre prognósticos do clima a médio e longo prazo.

Após sofrer por várias décadas com a seca, o Nordeste brasileiro pode ir para o outro extremo e sofrer com excesso de chuvas, que começariam em 30 anos, de acordo com as previsões.

De acordo com pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP), ao Correio Online, chuvas torrenciais trarão um volume de água tão grande, a ponto de modificar a geografia nordestina, eliminando espécies e fazendo surgir novas fauna e flora. O desastre ambiental será provocado pela ação do homem, que resulta em emissão de gases do efeito estufa em altas concentrações e desequilibram o clima no planeta. O resultado disso é que as correntes marinhas irão reduzir em até 44% sua intensidade, provocando o super aquecimento das águas do Atlântico, nas imediações da região Nordeste, produzindo maior evaporação e formação de chuvas em excesso.

“O aquecimento global vai arrefecer as correntes marinhas de duas formas. Uma delas é intensificando as chuvas nas altas latitudes do Atlântico Norte, onde as águas precisam ser mais densas para afundar e retornar ao Sul, realimentando as correntes. Se chove muito, reduz a salinidade da água e consequentemente sua densidade, dificultado o afundamento.

A outra forma é derretendo as calotas de gelo sobre a Groenlândia, liberando água doce e também reduzindo a salinidade da água, exatamente nos sítios de formação das águas profundas, onde as correntes marinhas fazem o retorno”, explicou o professor de Ciências da USP, Cristiano Chiessi, coordenador da pesquisa que estuda os efeitos da redução das correntes marinhas.

(Correio Online)

Nova gasolina automotiva será obrigatória a partir de ontem (3/8). Veja o que muda!

As novas especificações da gasolina automotiva, estabelecidas pela ANP na Resolução nº 807/2020, passou a ser obrigatórias a partir desta segunda-feira (3). Segundo a agência, essas novas especificações aprimoram a qualidade da gasolina brasileira, proporcionam maior eficiência energética, melhorando a autonomia dos veículos pela diminuição de consumo, e viabilizam a introdução de tecnologias de motores mais eficientes, com menores níveis de consumo e emissões atmosféricas.

Publicada em janeiro deste ano, a resolução deu prazo até 3 de agosto para os produtores de combustíveis se adequarem às regras. Assim, a partir de hoje, toda a gasolina produzida no país e importada deverá atender às novas especificações.

De acordo com a ANP, será dado prazo adicional de 60 dias para as distribuidoras e de 90 dias para os revendedores se adequarem, permitindo o escoamento de possíveis produtos comercializados até domingo (2) ainda sem atender integralmente às novas características.

A revisão da especificação da gasolina automotiva contempla, principalmente, três pontos. O primeiro é o estabelecimento de valor mínimo de massa específica (ME), de 715,0 kg/m3, o que significa mais energia e menos consumo.

O segundo é valor mínimo para a temperatura de destilação em 50% (T50) para a gasolina A, de 77,0 ºC. Os parâmetros de destilação afetam questões como desempenho do motor, dirigibilidade e aquecimento do motor.

O terceiro ponto é a fixação de limites para a octanagem RON (Research Octane Number), já presente nas especificações da gasolina de outros países. A fixação de tal parâmetro mostra-se necessária devido às novas tecnologias de motores e resultará em uma gasolina com maior desempenho para o veículo.

Existem dois parâmetros de octanagem – MON (Motor Octane Number) e RON. No Brasil, só era especificada a octanagem MON e o índice antidetonante (IAD), que é a média entre MON e RON. O valor mínimo de octanagem RON, para a gasolina comum, será 92, a partir de 3 de agosto de 2020, e 93, a partir de 1º de janeiro de 2022. Já para a gasolina premium, será de 97, já a partir de 3 de agosto próximo.

Pesquisa de qualidade

A iniciativa é resultado da realização, pela ANP, de estudos dos padrões de qualidade, considerando o acompanhamento das especificações e harmonizações internacionais, bem como de amplos debates com os agentes econômicos do mercado de combustíveis.

Segundo a ANP, atende aos atuais requisitos de consumo de combustível dos veículos e de níveis de emissões progressivamente mais rigorosos, considerando cenário futuro das fases L-7 e L-8 do Programa de Controle de Emissões Veiculares (Proconve – Ibama) e do Programa Rota 2030 – Mobilidade e Logística (Governo Federal).

Além de estabelecer as novas especificações da gasolina, a Resolução ANP nº 807/2020 determina as obrigações quanto ao controle da qualidade a serem atendidas pelos agentes econômicos.

Veja a Resolução ANP nº 807/2020 na íntegra: http://legislacao.anp.gov.br/?path=legislacao-anp/resol-anp/2020/janeiro&item=ranp-807-2020

(*) Fonte: R7/ Foto: Folha Vitória

Relatório da FIEB atualiza estimativas sobre impactos da Covid na economia baiana

Foto – Divulgação

Passados quatro meses desde que a FIEB lançou relatório com estimativas sobre os impactos da pandemia nas atividades econômicas, a Gerência de Estudos Técnicos acaba de publicar um novo documento, atualizando as previsões. A estimativa é de queda de 7,2% para o PIB da Bahia, considerando que o auge da pandemia já passou e haverá uma recuperação lenta da economia.

“Esse estudo não pretende exaurir o tema e deve ser reavaliado constantemente. Assim, espera-se que ele possa contribuir no combate aos efeitos econômicos da epidemia do coronavírus na Bahia”, explica o superintendente da FIEB, Vladson Menezes, lembrando que a análise está baseada em dados da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais (SEI/SEPLAN-BA) e do IBGE, além de projeções das consultorias Datamérica e Focus.

Pelo relatório, é possível verificar os efeitos da suspensão de atividades na indústria baiana a partir de abril. Comparando-se o quarto mês de 2020 com o de 2019, verifica-se queda de 26,2% da Indústria de Transformação e Extrativa. A produção de automóveis parou e a de Plásticos e Borracha, que se caracteriza na Bahia pela produção de pneus, teve queda de 70,8%.

Foram registradas quedas expressivas também nos segmentos produtores de bens de consumo final de Calçados (-69,9%) e de Bebidas (-57%). O resultado do bimestre abril-maio de 2020 apresentou queda de 23,4% na comparação com igual período de 2019.