Condeúba: Os garotos do Projeto “Eu Atleta” passaram hoje por uma avaliação médica

Por Oclides da Silveira

Professor Alex com os jovens juntamente ao também jovem Dr. Renato

Nesta sexta-feira dia 30 de novembro de 2018, foi oferecido aos atletas alunos devidamente matriculados no Projeto Eu Atleta, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, exames clínicos, necessários à continuidade a prática esportiva.

O local foi no CRÁS, teve início às 14:00 horas, os alunos tiveram que leva, Certidão de Nascimento, ou RG. e Cartão do SUS pertencente ao atleta. A idade dos alunos é variável de 6 à 15 anos. Os alunos passaram pelas seguintes avaliações, foram medidos a altura de cada um e pesados. foram cerca de 90 alunos. Os quais trinam com o Professor

O Médico da escolinha é o Dr. Renato que também atende no Hospital Dr. José Cardoso dos Apóstolos. Os alunos treinam com o Professor Alexandro Barbosa de segunda a quinta-feira no período da tarde, no Estádio David Alcântara. Também eles fazem treinamentos em horários adversos na quadra Poliesportiva Professora Léia Pina, a qual pertence ao  Colégio Alcides Cordeiro. Continue Reading

MORTUGABA NO TEMPO CERTO

Por Thiago Braga

Hoje, 30 de Novembro, Vovó Mortugaba faz aniversário. Sua história, cheia de altos e baixos, teve como norte a busca pela justiça social. Desde cedo, quis enveredar – se pelo caminho do progresso. “Planta flores, colhe flores”.

Agora, vemos um município produtor que enfrenta a seca com coragem e ânimo rumo ao sonhado porvir. Muita água há de correr embaixo dessa ponte: CIDADE TRABALHO. Parabéns Mortugaba!

Mudança climática impulsiona doenças como a dengue

Foto: John Eisele/Colorado State University Photography

As ondas de calor extremo causadas pela mudança climática já afeta a transmissão de doenças, o fornecimento de alimentos e a produtividade, alertou pesquisa do Lancet Countdown on Health and Climate Change, elaborado por 150 especialistas de 27 universidades e instituições, entre as quais o Banco Mundial e a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Divulgado na quarta-feira (28), o relatório final apontou que as mudanças climáticas já observadas no planeta estão favorecendo a propagação da dengue e do cólera. Nos Estados Unidos, casos de doenças transmitidas por mosquitos, pulgas e carrapatos, como a Doença de Lyme e o Vírus do Oeste do Nilo, triplicaram entre 2004 e 2016, segundo os Centros de Controle de Doenças (CDC).

“Nós não podemos atrasar as ações sobre a mudança climática. Não podemos mais cochilar nessa emergência de saúde”, afirmou o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus. Pequenas mudanças nas temperaturas e nas chuvas são suficientes para espalhar doenças infecciosas, segundo o estudo. A capacidade e força do Aedes Egypt, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya, aumentou nas últimas décadas.

A disseminação do vírus da dengue, por exemplo, cresceu 7,8% desde os anos 1950 e bateu recorde de contaminação no mundo em 2016. À CNN, a professora de Saúde Global da Universidade de Washington Kristie Ebi afirmou que a disseminação geográfica do mosquito do Aedes Egypt aumentou “dramaticamente com as temperaturas mais altas”.

Prazo para justificar ausência na votação das eleições de 2018 termina no próximo mês

Os eleitores que não compareceram ao local de votação na eleição deste ano (2018) e não justificaram a ausência no segundo turno ainda podem regularizar a situação eleitoral até dezembro. Os ausentes do primeiro turno, realizado em 7 de outubro, tem até 6 de dezembro para justificar por que não compareceram à votação. Para os que se ausentaram no segundo turno, o prazo vai até 27 de dezembro.

A justificativa pode ser feita mediante o preenchimento de um requerimento disponível no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que deve ser entregue pessoalmente em qualquer cartório eleitoral ou enviado por via postal ao juiz da zona eleitoral na qual é inscrito. Além do formulário, o eleitor deve entregar documentação que comprove a impossibilidade de comparecimento na votação.

Pela internet, o eleitor pode justificar a ausência usando o Sistema Justifica nas páginas do TSE ou dos tribunais regionais. No formulário online, o eleitor deve informar seus dados pessoais, declarar o motivo da ausência e anexar comprovante do impedimento para votar.

O requerimento de justificativa gerará um código de protocolo que permite ao eleitor acompanhar o processo até a decisão final do juiz da zona eleitoral. A justificativa aceita será registrada no histórico do eleitor no Cadastro Eleitoral.

Segurado vai trabalhar dois meses a mais com novo fator

Clayton Castelani
do Agora

O trabalhador que pedir a aposentadoria por tempo de contribuição ao INSS a partir de amanhã precisará trabalhar, em média, 60 dias a mais para ganhar a mesma renda à qual teria direito se o benefício fosse solicitado hoje, segundo estimativa do consultor para cálculos atuariais Newton Conde.

A mudança no valor mensal é resultado da nova tabela do fator previdenciário de 2019, divulgada ontem pela Previdência, que ficou desvantajosa aos aposentados em relação à deste ano após o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgar –também ontem– que houve aumento na expectativa de vida da população.

Para projetar o tempo de trabalho a mais para se aposentar, Conde considerou o aumento na esperança de vida dos brasileiros entre 40 e 80 anos de idade, que é de 54 dias.

Ao fazer esse mesmo cálculo com trabalhadores com idades entre 50 e 59 anos, faixa etária da maioria dos novos aposentados por tempo de contribuição, o período adicional de recolhimentos para ter a mesma renda sobe para 57 dias.