Quando em transe a vida te fizer chorar lembre se das noites em claro

Por Edtattoo

Quando em transe a vida te fizer chorar lembre se das noites em claro. Quando a culpa cair sobre seus ombros, observe que a paz é adquirida após a guerra. Os detalhes que compõem um ser iluminado é diferente daqueles que apenas observa a superfície.

O brilho contagiante desfaz a ira de quem passa. Transforme isso em graça pois o riso é divino e no olhar a descoberta do belo que ainda se ver resquícios. Sejamos hoje a renúncia por toda dor causada, esquecendo os traumas por amor relativo e sigamos interpretando esse novo tempo, pois hoje é um tempo de festa.

Aproveita a nova fase e reinventemos a felicidade. Sejamos o palco das atenções estabelecendo a felicidade como meta, a vida é um instante e nós somos os propagadores desse tempo em transição. É preciso observar com cautela os abraços e olhares, aquilo que nos causa deslumbro também já nos causaram dor.

Tributo à comadre “Zina”

 

 

Querida comadre Zina de Sá, saudades!!!

Nesta tarde de segunda-feira dia 18 de novembro de 2019, tivemos uma notícia vinda de São Paulo nada agradável, pois, trata da partida para o além de um ente tão querido, que foi a minha querida amiga, prima e comadre “Zina” de Sá, assim que ela gostava de ser chamada e assim o faremos com muito respeito pelo que a minha comadre Zina representou para todos nós da família. Nascemos aqui em Condeúba e ainda muito jovens fomos para São Paulo e lá crescemos juntos, toda nossa fase de criança, adolescência e depois a fase adulta, passamos juntos por um bom tempo de nossas vidas. Casamos no mesmo ano 1979. Nossa amizade ampliou, dois anos depois veio o meu primeiro filho Nilo, adivinha quem foram os padrinhos, Zina e seu esposo José Ovídio de Sá. Passamos por um bom tempo curtindo juntos esse bebê. Depois os nossos queridos compadres tiveram que mudar para a cidade de Santarém no Pará, transferência de serviço do compadre, por lá ficaram um bom período. Quando eles retornaram à São Paulo, trouxeram por adoção o filho Carlos Eduardo de Sá, (hoje um grande Advogado). Nós já havíamos mudados para o interior do Estado na cidade de São José do Rio Preto. Ficamos sim um pouco distantes mas, sempre visitando uns aos outros, nunca nos deixamos pousar no esquecimento nossa sagrada amizade. Depois de morar 20 anos em São José do Rio Preto, retornei para Condeúba, minha cidade natal e aqui também a nossa querida comadre Zina veio nos visitar algumas vezes. Comadre Zina uma mulher católica fervorosa de muita fé. É nessa sua fé viva que nos amparamos hoje, para suportar essa lacuna que você deixou no meio de nós para sempre. Adeus comadre Zina de Sá, que o bom Deus a tenha ao seu lado para a eternidade. Saudade!!!

CONFORMADOS COM O FARELO DA CASA GRANDE

Levon Nascimento

Dia desses, num espaço público da cidade, eu lia um panfleto deixado propositalmente para que as pessoas o levassem de graça, publicado por um proletário que se contenta em beliscar os farelos que lhe caem da mesa da Casa Grande local. Lamentando, ele afirmava que o Presidente (assim mesmo, com “p” maiúsculo) recebe críticas injustas, xingamentos e acusações de gente que torce para que o Brasil não dê certo. Mais: que não se pode atacar daquele jeito o chefe da pátria (com “p” minúsculo, escreveu), que deve reagir com bravura. AI-5?

Lembrei-me na hora de que o dito escritor não se incomodou quando o ex-presidente Lula tornou-se vítima (e ainda é) de bullying por ter perdido um dedo da mão no chão de fábrica, nem quando a ex-presidenta Dilma, xingada aos palavrões pela classe média paulista na abertura da Copa do Mundo de 2014, foi caricaturizada nas tampas do reservatório de combustível dos carros, a simular um estupro, no tempo em que o litro da gasolina ainda custava R$ 2,80 e o botijão de gás de cozinha se comercializava a R$ 40,00. Antes pelo contrário, ele aplaudiu e justificou: “o gigante acordou!” Continue Reading

COMO SE EXPLICA A POBREZA NO BRASIL?

Antônio Santana – professor, escritor e poeta.

A pobreza no Brasil pode ser encontrada por diversos fatores: um dos mais impactantes é a má distribuição de renda, que acaba gerando em grande proporção uma cruel desigualdade social. Outra situação que nos preocupa, é a ausência de políticas públicas direcionadas eficazmente à educação, à saúde, à arte, à cultura, entre outras questões de interesse social.

Vale ressaltar, que nos últimos anos o Brasil teve uma melhora substancial, porém pouco tem avançado nas referidas situações acima expostas de acordo com o que preconiza a Constituição Federal de 1988, que expressa os direitos e os deveres sociais de seu povo. Entretanto, sem as seguridade e o cumprimento dos direitos constitucionais de cidadãs e cidadãos, fica cada vez mais difícil se viver dignamente no Brasil.

É necessário que gestores públicos das três esferas governamentais do nosso país, façam um esforço para tirar do papel as Leis e colocá-las em prática e atender aos anseios constitucionais de uma nação. A pobreza, é ainda, fruto da desestruturação espacial de uma divisão territorial, intencional e desigual de uma herança herdada num processo de Descobrimento do Brasil, em 1500, pelos portugueses.

Vale lembrar que, a partir do êxodo rural em que famílias inteiras migraram do campo para as cidades em busca de sonhos, realizações, melhor condição de vida para os filhos, ( frustrações), e isso fez com que aumentasse as populações das grandes cidades que oferecem mais dificuldades do que oportunidades.

O resultado de tudo isso proporcionou o desemprego, a violência, a falta ou péssima moradia, invasão das drogas lícitas e ilícitas que atinge principalmente parte dos jovens como categoria vulnerável talvez pela ausência de um lar estruturado, ausência de uma educação que transformada a essa parcela da sociedade, dificuldade de acesso a serviços públicos essenciais à vida, bem como outros fatores determinantes para o aumento da pobreza no Brasil.

Diante do exposto, vejo uma possível solução a médio e longo prazo para se não resolver em definitivo o problema da pobreza, mas amenizar a dor, a falta de esperança e o desespero desse público-alvo em questão. Os governos federal, estadual e municipal deveriam ou ( poderiam) atrair investimentos nacionais e internacionais para industrializar o interior do país, gerando oportunidades de emprego e renda sem a necessidade de jovens e adultos deixarem suas próprias cidades e estados de origem.

Acredito que por meio de um ensino de qualidade, preparando bem o indivíduo para o mercado de trabalho e oportunidade de emprego sólido e com garantias trabalhistas, é que o Brasil de fato voltará a crescer e a se desenvolver.

As cardiopatias humana

Por Edtattoo

No momento as maiores pandemias refere se a falta de compreensão sobre uma visão distorcida que a sociedade mostra, “as cardeopatias, as manifestações cancerigenas dentre outras carcomendo a sociedade que não conseguem ver”.

Precisamos compreender o dia, reinventar e perpetuar à vida, observando os que choram em silêncio. Na alucinação real que nos mostra a dor, por medo criamos a fantasia e depositamos valor absoluto. Bem relativo às escolhas que fazemos para seguir. Precisamos do exemplo para que sejamos direcionados ao caminho de luz e paz.

Não existe fórmula mágica para a vida. Pois nós somos o mundo, existem formas de transformar essa fantasia de pensar em verdade.
Os erros cometidos antes fazem parte desse caminho, somos hoje parte de tudo que o universo permite, e precisamos continuar à acreditar, a vida é uma ótica equivocada de nossa consciência, precisamos interpretar de forma simples. Vendo em sua simplicidade a descoberta de tudo aquilo que se faz belo.

“Ninguém é tão alguém que não precise de ninguém”.
Defenda seu direito com amor e respeito, todos nós temos uma visão sobre a realidade que vemos, mas, precisamos observar a realidade do outro e tentar interpretar essa nova visão. Pois precisamos apoiar o direito de pensamento, embora não concordemos com o mesmo. Quando o homem descobrir quem o é, o deixará de ser.

Finados

Por Editattoo:

Geralmente as pessoas não compreendem a dor de uma lágrima, as lágrimas expressam aquilo que a alma pede e em silêncio grita. O interior sofre, pela janela dos olhos enxergamos a fantasia de tudo que nosso interior busca, buscar a compreensão das coisas é a partida para o desbloqueio de quem ainda caminha na penumbra. precisamos seguir o caminho, ele ainda é longo. Os traumas já vem de outrora. Expressando com sabedoria aquilo que te completa, e ser protagonista de sua história. Os frutos que de longe vieram já se faz presente. A observação coerente sobre a vida que iniciou é uma etapa a ser vencida, que na visão “ego celf” ,vemos a transformação eurística daquilo que elegemos.

Hoje, para muitos é um dia triste, dia de renúncia da saudade em transe, dia de verdade encarada com dor por tudo que foi, dia tenso que recorda a dor da perda, mas, é preciso observar que quem morre ainda vive, continua em nós a verdade de tudo que foi vivida, sentida. Devemos continuar a luta pela fé em transformar, e passar o que foi ensinado, pois depois da utilidade continua seu significado, “que Deus conforte os corações dos que continua esse caminho ilusório em busca de cura, a vida é apenas uma ótica equivocada de nossa consciência, pois os homens ainda não conseguem ver além da matéria, o espírito ainda vive.

O Sínodo para a Amazônia

* Levon Nascimento

Em outubro próximo ocorrerá o Sínodo para a Amazônia. De acordo com o portal A12, do Santuário de Aparecida, “o Papa reunirá no Vaticano, entre os dias 6 e 27 de outubro [de 2019], bispos dos nove países que abrangem a região Pan-Amazônica. Desse território, em números arredondados, 67% pertence ao Brasil, 13% ao Peru, 11% à Bolívia, 6% à Colômbia, 2% ao Equador e 1,1% à Venezuela, Suriname, Guiana e Guiana Francesa”.

O sínodo é uma reunião eclesiástica prevista no Decreto Christus Dominus (n. 5, p. 244), do Concílio Vaticano II, que tem por objetivo discutir assuntos de interesse da Igreja e auxiliar o papa na tomada de decisões que passam a valer para todo o catolicismo.

No anúncio, em outubro de 2017, o Papa Francisco expressou que “o objetivo principal é identificar novos caminhos para a evangelização daquela porção do Povo de Deus, especialmente dos indígenas, frequentemente esquecidos e sem perspectivas de um futuro sereno, também por causa da crise da Floresta Amazônica, pulmão de capital importância para nosso planeta”. Continue Reading

Filosofando

Por Edtattoo

o tempo nos mostra a reposta do que nos feriu, o transe em completar a linha que definimos como vida é a razão de ainda estarmos de pé. O mundo é invisível e essa definição da realidade define o tempo.

Nosso tempo é renúncia pelo que somos não perdemos ninguém, apenas observamos a mudança em transição de um para o outro lado, a linha de vida que nos devolve o trama também nos ensina na dor o sentido da vida.

Somos herdeiros do tempo e filhos de um só caminho, o espelho reflete aquilo que buscamos, e sem perceber nos entristecemos. devemos observar que a vida é apenas um espelho que nos reflete e ainda não se quebrou o espírito é eterno e continuará sendo.

A penas pensando

Por  Editattoo

O homem precisa da transformação na qual evoluirá o interior, pois a ciência não logrou modificar o caráter humano, nós procuramos a evolução pela simples característica do evoluir, pelo “ego”, tornamos escravos da liberdade ilusória decadente de tudo que vemos, é triste observar os jovens de hoje, as paixões desenfreadas, os pântanos da ignorância humana e, a busca pela beleza exterior no qual nos possibilita fazer parte de uma sociedade materialista e consumista.

Fico feliz quando vejo projetos “como seu” (O povo em busca do bem comum), que faça essa inversão de valores e leve o jovem à uma busca interior afim de descobrir a sua consciência, pois um homem sem busca é um ser sem alma. A vida é muito mais do que está de pé, e ser feliz é saber quem você é, e não quem quer que você seja.

Já que somos de outros tempos, devemos acrescentar a esse tempo atual grandes coisas. Pois, todos nós somos transformadores da realidade de muitos outros, os que vieram antes trouxeram uma evolução necessária, para que hoje o homem se desprenda das correntes. Por hora sejamos livres, libertemos e continuemos a pensar, uma grande mente precisa expor tudo o que ver para que se torne exemplo.

ARTIGO DE OPINIÃO: Qual política?

* Levon Nascimento

Mestre Levon Nascimento

Muita gente nem quer ouvir falar de política, pois não aguenta mais tanta polarização, picuinha, xingamento e mediocridade.

Já outros adoram ver o circo pegar fogo, intrigas e revelações, traições e quedas, ambições e perdição.

Há também quem acredita que pela política se pode transformar o mundo em lugar melhor e os seres humanos em pessoas civilizadas.

Eu acredito que a política está em tudo, nas relações humanas e na tomada de decisões, seja para o coletivo ou para o individualismo.

É óbvio que há luta de classes. Isso não é uma invenção. É algo constatável. Um exemplo é que a patroa sempre vai querer que a empregada doméstica trabalhe mais e aceite receber menos. A política, enquanto controle do papel do Estado, teria a missão de regular essa relação entre a patroa e a empregada, impedindo que a primeira espolie a segunda, pois é inegável o desnível de poder entre ambas. Continue Reading