Condeúba/Cultura: Foi realizado mais um encontro do Movimento Café com Poemas

 

 

Momento inicial que o Poeta Antônio Santana convida todos para proferir a oração do Pai Nosso e uma Ave Maria

Foi realizado nesta noite de sábado dia 26 de outubro de 2019, mais um encontro do Movimento Café com Poemas. Desta vez, o encontro foi no Salão Coluna Prestes no prédio da antiga Intendência. O coordenador do Movimento Café com Poemas em Condeúba Poeta Antônio Santana, fez a abertura do encontro com a oração do Pai Nosso seguido de uma Ave Maria. Em seguida Santana agradeceu a todos pela presença e fez um relato sobre os objetivos deste movimento, que é proporcionar nos encontros um pouco de distração para as pessoas, mostrar o quão é lindo uma poesia, um poema, em fim a arte do recital, a conversa com as letras e pelas letras.

Nesse mesmo diapasão, o Poeta Santana deu-se início aos trabalhos recitando o Poema, “O homem; as viagens”, de autoria de Carlos Drumond de Andrade. Este poema é provocante e no recital de ontem não foi diferente, pois, os membros do movimento ali presentes, fizeram a mesma reflexão sobre o tema, o que o homem busca em outros planetas? Será a felicidade? Ou divisas históricas e econômicas? As conclusões nem sempre são unânimes, mesmo porque ali se juntam pessoas que tem como prazer raciocinar, ao contrário do que disse certa vez o dramaturgo Nelson Rodrigues, “Toda unanimidade é burra”.

Dando prosseguimento aos trabalhos, foram sendo recitados poemas e poesias com os seguintes temas: “Seja Alpinista” de autoria do Poeta Edson Silveira recitado por Paulo Henrique. “Noite de sábado”, de autoria do Poeta Santana, recitado pela professora Janice Novaes. “Qual o valor da vida”? De autoria do Poeta Santana, recitado pela Sônia. “A luta pelo pão”, de autoria do poeta Santana, recitado pela professora Regina Célia. “Brasil, um Pais de subjetividade”, autor Poeta Santana, recido por Paulo Henrique. “Educar para falar”, de autoria do Poeta Santana, recitado por Sônia. “Amazônia”, de autoria do Poeta Santana, recitado por Políbio Cesar. “Como a lua”, de autoria do Poeta Santana e recitado por ele mesmo. “Santa Dulce dos pobres”, de autoria de Paulo Henrique, recitado por ele mesmo. Foi nessa pegada maiúscula, que aconteceu o encontro do “Movimento Café com Poemas”, na noite de ontem, ao terminou do encontro, ficou com o sabor de quero mais!!!

Fotos: Oclides/JFC

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmail

Redação

One Comment

  1. Precisamos divulgar mais esses encontros. No dia e hora eu estava em um aniversário inédito, os 80 anos de Dalva Verdelho que aceitou como presente um quilo de alimento para doar a quem precisa. No próximo Café com Poemas vamos recitar poesias do poeta conterrâneo Aroldo Ramos Pereira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.