Arquivos da categoria: Cultura

Homenagem aos pais pela passagem do seu dia

Por Oclides da Silveira – Jornalista MTPS nº 5910/BA.

O Jornal Folha de Condeúba, deixa aqui nesta página todas e quaisquer homenagens aos pais, pela passagem comemorativa do seu dia. Deixamos nossas felicitações aos pais e rogamos ao Pai Celestial, que nos dê muitos anos de vida com saúde e vigor para que tenhamos força em nossas messes no dia a dia. Parabéns aos pais!!! 

Poeta e Escritor condeubense professor Antônio da Cruz Santana

PAI!

Palavra forte,
Carregada de significados
Um nome repleto de substantivos e adjetivos
Um homem que abriga no coração pobre e rico.
Um nome grande e santo. ..
Um ser adorado, amado e respeitado.
Batalhador, guerreiro, marido, professor e educador.
Homem bom, o qual leva o nome do nosso Criador.
Amigo, irmão, companheiro, cidadão e sonhador.
Pai carinhoso com os seus filhos, disciplinador e conciliador.
Generoso, vacilante e gigante quando dele necessitar
Aquele que busca sempre o melhor para o seu lar.
Pai que valoriza o seu suor ao derramar
Pai, papai, meu pai, painho, paizão …
Somente tu és o meu campeão,
A minha razão no troféu do meu existir
Se um dia tu te ausentares de mim,
Não sei como viverei sem ti
Porque pai, eu te amo!

PAI

Por Edtattoo

Pai é o início da vida e a conquista na descoberta de si mesmo.
Pai é cura na dor em um dia frio; É a visão do futuro em um presente constante, nos braços encontramos abrigo quando os primeiros passos nos levam ao chão.
Ò Deus de minha alma, permita no seu tempo que meu tesouro seja vivo, e esse fruto que me deste hoje seja a conquista para felicidade, e quando o tempo pedir meus dias e eu voltar a ser criança, em metáforas virão as palavras que liberta mentes, pois os filhos de hoje serão os pais de amanhã!!!

Condeúba: Vem aí o I Campeonato de Karatê, em homenagem ao sensei “Jesuíno Coutinho”

Por Sensei Josué

Neste domingo, dia 11 de Agosto, a parti das 09:00 da manhã, na Quadra do Colégio Dário Lima, teremos um momento marcante em nossa cidade. Uma realização da Associação de karatê do Águias da Bahia e da Prefeitura Municipal de Condeúba (A força vem do povo).

Será o primeiro Campeonato de karatê Jesuíno Coutinho, tendo como objetivo homenagear o Sensei Jesuíno Coutinho e sua esposa a Sensei Marlene Alencar, que foram os fundadores do Dojo Águias da Bahia e da Associação karatê Águias da Bahia.

Temos a presença confirma do dojô Bunkai de Caculé, Dojô Santa Rosa de Guajerú, do Sensei José Carlos ( ZECA ) 7º Dan estilo Shotokan, Presidente da FPK, Vice-campeão Mundial, Técnico da Seleção Brasileira de Karate e o Sensei Ivon Rocha ( DEDÉ), 7º Dan do Estilo WADO_Ryu, vice presidente da FPK e Árbitro Pan-Anamericano.

Termos competições de Kata (Movimentos combinados que simulam uma luta) e kumite      (Luta com oponente em busca de pontos). Esperamos por vocês…

Aproveitamos o momento para agradecer aos apoiadores como Prefeitura Municipal de Condeúba na pessoa do Prefeito Silvan Baleeiro, as Caritas Diocesana, a ADCC, a rede Construir, Posto Ringo, Instituo Neuton Viana, Farmácia Itana, Casa de Carnes GL Gabriel, CP Construções, Loja Maçônica Filhos da Luz, Jk Variedades, a Miscelânea, Estilos Modas.

Salvador/BA: Lançamento do livro “Café com Poemas: Antologia Poética, Vol. II.”

Pelo Poeta Leandro Flores

Essa linda imagem é do Museu Tempostal, local onde acontecerá o ESTANDE DO MOVIMENTO CULTIVISTA BRASILEIRO e o lançamento do livro “Café com Poemas: Antologia Poética, Vol. II.”

Saguão de entrada do Museu Tempostal em Salvador/BA.

Em um ambiente aconchegante, artístico, acessível… O Museu Tempostal foi inaugurado em 1997, em um sobrado do século XIX, antigo ponto comercial do conde português Pereira Marinho. Destacam-se nas coleções as imagens representativas da Bahia Antiga, os cartões-postais da Belle Époque, que chamam a atenção pela variedade dos materiais nos quais foram confeccionados, e as estampas do Sabonete Eucalol.

O acervo do Museu Tempostal é formado por cerca de 50.000 peças, sendo 33 mil procedentes da coleção Antonio Marcelino. Constituem postais, fotografias e estampas, do final do século XIX e meados do século XX, sendo um dos acervos mais completos do país. Representam imagens de valor histórico, artístico e documental, não só da Bahia e do Brasil, mas também de diversos países do mundo, sobre as mais variadas temáticas.

Na programação para o dia 10 de agosto (sábado), teremos exposição de livros de poetas baianos como Audelina Macieira, Rita Queiroz, Ana Moreira, Conceição Oliveira Santos, Valdeique Oliveira, Gilberto Nogueira de Oliveira, Milena Moreira, Malú Ferreira, entre outros, além de uma apresentação artística com Gabriela Pinheiro e o lançamento, em Salvador, do livro “Café com Poemas: Antologia Poética, Vol. II.”, da editora Novos Sabores – Publicações. O projeto foi o resultado do II Concurso de Poesia “Prêmio de Literatura Café com Poemas”.

A coletânea reúne 35 participantes de diferentes localidades do país, sendo, entre eles, poetas experientes, consagrados, com diversas publicações, poetas que publicam pela primeira vez, alunos da rede pública de ensino e jovens do projeto artístico literário Movimento Cultivista (Café com Poemas). É um caldeirão de sabores que visa promover um verdadeiro banquete literário, com poemas cuidadosamente selecionados e apetitivos.

O primeiro lançamento aconteceu no dia 25/05/2019 na linda cidade do sudoeste baiano: Cordeiros/BA, a qual, mantém uma das bases funcionais do Movimento Cultivista Brasileiro (que é um projeto de formação e promoção intelectual/cultural, nascido e desenvolvido no sertão).

Referencia textual sobre o museu: //www.salvadordabahia.com/
Foto: museubrasil

Serviço:
Estande do Movimento Cultivista e lançamento do livro “Café com Poemas: Antologia Poética, Vol. II.”

Data: 10/08/2019,
A partir das 16h

Endereço: Rua Gregório de Matos, 33 – Pelourinho.

A VIDA

De Mario Quintana

“Depois de muitas quedas, eu descobri que, às vezes, quando tudo dá errado, acontecem coisas tão maravilhosas que jamais teriam acontecido se tudo tivesse dado certo.

Eu percebi que quando me amei de verdade pude compreender que, em qualquer circunstância,  eu estava no lugar certo, na hora certa.

Então pude relaxar… pude perceber que o sofrimento emocional é um sinal de que estou indo contra a minha verdade.

Parei de desejar que a minha vida fosse diferente e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento.

Desisti de querer ter sempre razão e com isso errei muito menos vezes.

Desisti de ficar revivendo o passado e de me preocupar com o futuro. Isso me mantém no presente, que é onde a vida acontece.

Descobri que na vida a gente tem mais é que se jogar,  porque os tombos são inevitáveis.

Percebi que a minha mente pode me atormentar e me decepcionar. Mas quando eu a coloco a serviço do meu coração,  ela se torna uma grande e valiosa aliada.

Também percebi que sem amor, sem carinho e sem verdadeiros amigos a vida é vazia e se torna amarga.

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver,  apesar de todos os desafios,  incompreensões e períodos de crise. É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.

Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo…”

Educar o interno para amar o externo

Por Edtattoo

A vida requer o aprimoramento na fala, hoje somos reféns de palavras soltas, de sentimentos e emoções, na atualidade a interpretação da vida é uma escolha em ser feliz, a felicidade é parte de nossa alma, devemos urgente buscar o caminho que nos leve para casa.

Aprender a amar é sentir e deixar partir. Quando nós descobrirmos o caminho que nos faz viajar para dentro, seremos capazes de amar tudo que estiver fora.

Paixão de escritor

Por Edson Silveira

Quem escreve acredita
Na força da escrita.
Concepção de escritor,
É reflexo de sonhador.

Um meio de expressar,
Toda forma de sentimento
Infinito como o mar…
Dá sentido até o vento.

Nesta nostalgia,
Tudo que é utopia
Se torna um grande ideal,
Em cada traço intelectual.

E neste cenário,
Põe essência e vigor…
Transforme o imaginário,
Numa forma de amor.

Escrever, dádiva holística,
Inscrever e ser otimista…
A cada palavra,
Um novo ser desbrava…
Com força de vitória,
Pelas letras apaixonado,
Busca fazer história
Em cada traço rabiscado.

Parabéns escritores,
pela brilhante arte de escrever!

Condeúba: Os manos – “Pobre com alegria”

Por Junior Verdelho

O youtube vem sendo um meio eficaz em exposições de trabalhos. Pensando na visibilidade de um dos seus projetos, os artistas Ney Brandão e Junior Verdelho criaram um canal onde irão trazer conteúdo de entretenimento com uma alta dose de humor.

O canal se chama “Os manos”, já possui seu primeiro vídeo: Pobre com alegria, uma paródia da música “Up town funk de Bruno Mars”. A letra faz comédia com tantos brasileiros que gostariam de curtir um final de semana, porém, a falta de dinheiro não permite, confira o vídeo abaixo:

O livro que Herzem deu ao presidente Bolsonaro

O livro que o prefeito Herzem Gusmão (MDB), segurava todo o tempo, na solenidade de inauguração do aeroporto Glauber Rocha, despertou curiosidades de muita gente e da imprensa.

O livro O Brasil não precisa de estados é de autoria do ex-prefeito de Vitória da Conquista e ex-deputado federal Raul Ferraz. Nele (livro), Raul prega a extinção do sistema federativo em defesa dos municípios brasileiros. O livro revela que 92% dos países não têm estados e prega um país unitário.

O autor cita a França como exemplo e detona: Os estado não são mera ficção. Não tem sequer onde morar. Moram em municípios aos quais denominam de “capitais”.

“Foi o livro mais importante que já li sobre sobre o fortalecimentos dos municípios”, afirmou o prefeito de Brumado, Eduardo Vasconcelos (PSB).

“O livro de Raul Ferraz fortalece as cidades do Brasil. Os estados são atravessadores e vivem explorando os municípios”, defende o prefeito Herzem Gusmão (MDB). O prefeito Herzem garante que “o livro de Raul Ferraz prega uma grande e transformadora revolução em defesa das cidades”.

Deputado propõe que casa de Barão de Jeremoabo se torne patrimônio cultural

Cícero Dantas Martins chegou a ser o maior proprietário de terras do Nordeste, tendo 61 fazendas espalhadas pela Bahia e Sergipe

Casa do Barão de Jeremoabo Reprodução – João de Souza Lima

O deputado estadual Jacó (PT) apresentou ao legislativo, um projeto de lei (PL) em que propõe tornar a casa onde nasceu o Barão de Jeremoabo, na Fazenda Caritá, no município de Jeremoabo (BA), patrimônio cultural imaterial.

O PL, de número 23.398/2019, demanda também a recuperação do prédio histórico e traz em sua justificativa um texto do estudioso Roberto Ventura, professor de Teoria Literária na Universidade de São Paulo (USP) e autor de ‘Estilo Tropical’, um livro que aborda a história cultural brasileira entre 1870 e 1914.

No livro, segundo o deputado, há referências a Cícero Dantas Martins (o Barão de Jeremoabo) em obras de autores consagrados como Euclides da Cunha e o peruano Mario Vargas Llosa, que no romance ‘A Guerra do Mundo’ (baseado na Guerra de Canudos) cria a figura do Barão de Canabrava, inspirada no Barão de Jeremoabo, conforme o professor.

Cícero Dantas Martins nasceu em 1838; formado em Ciências Sociais e Jurídicas no Recife (PE), recebeu o título de barão do imperador D. Pedro II. Ele chegou a ser o maior fazendeiro de todo nordeste, e teve 61 propriedades rurais espalhadas pelos estados da Bahia e Sergipe. O Barão de Jeremoabo também teve uma extensa carreira política, sendo deputado pela Bahia, por quatro legislaturas e senador da província em 1891; Cícero Dantas faleceu em 1903 na cidade de Bom Conselho, que hoje leva o seu nome.

Redação de Sertão em Pauta, com informações de AL-BA.

Itambé vai promover o 1º Encontro de Capoeira “Vem jogar mais eu”

O município de Itambé estará realizando entre os dias 19 e 21 de julho, na sede da Apae, o 1º Encontro de Capoeira “Vem jogar mais eu”. A realização do evento é uma parceria entre o Grupo de Capoeira Descendentes de Zumbi e a Prefeitura de Itambé.

Sob a supervisão do contramestre Bahia de Belo Horizonte, a expectativa dos organizadores é reunir um grande número de capoeiristas de Itambé e de toda região.

Conforme a organização do evento, um dos momentos que promete emocionar os participantes é uma homenagem ao Professor Tripa (Moisés Silva), um amante da arte afro-brasileira e grande incentivador da capoeira na cidade, que faleceu em 2017.

A abertura da programação será no dia 19, às 14:00 horas. Nos demais dias, as atividades vão começar às 6:00 horas.