Condeúba: Multidão de amigos e parentes compareceram no enterro de Geraldo Terêncio

 

 

Num momento de muita fé, os Grupos do Terço dos Homens e a Irmandade do Santíssimo Sacramento rezam o Santo Terço, com as duas camisas das entidades sobre o corpo do irmão Geraldo

Neste tarde ensolarada de domingo dia 22 de dezembro de 2019 às 17:00 horas, uma multidão de muitos amigos e parentes se deslocaram de várias cidades circunvizinhas como Mortugaba, Cordeiros, Piripá, Guajeru, Vitória da Conquista e tantas outras, para dar o seu adeus final ao grande amigo de todos Geraldo Magela Terêncio, neste horário saiu o cortejo fúnebre de sua residencia rumo ao Cemitério Municipal Barão José Egídio de Moura e Albuquerque na sede onde ele foi sepultado.

Estiveram ainda dando seu último adeus ao ilustre irmão falecido, os membros das entidades trajando seus respectivos uniformes, das quais Geraldo era membro ativo, Irmandade do Santíssimo Sacramento, Grupo do Terço dos Homens e a Maçonaria.  Continue Reading

Fies exigirá 400 pontos na redação do Exame Nacional do Ensino Médio

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) passará a exigir nota mínima de 400 pontos na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Esta foi uma das mudanças aprovadas pelo Comitê Gestor do Fies. Além disso, a partir de 2021, o programa poderá ter uma redução na oferta de vagas financiadas pelo governo federal.

Até então, não havia a exigência de uma nota mínima na redação do Enem, era necessário apenas não ter zerado a prova, mesmo critério usado para seleção de estudantes para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferta vagas em universidades públicas, e para o Programa Universidade para Todos (ProUni), que oferece bolsas de estudo em instituições particulares de ensino superior.

Agora, além da nota mínima na redação, continua valendo a regra de nota média mínima de 450 pontos nas provas objetivas do Enem. Ficou também mais difícil mudar de curso dentro da instituição de ensino. Agora, para serem transferidos, os estudantes beneficiados pelo Fies precisam ter resultado igual ou superior à nota de corte do curso de destino desejado.

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), as mudanças foram feitas para garantir “a meritocracia como base para formar profissionais ainda mais qualificados”.

Incêndio destrói monumento de Mário Cravo Júnior na Praça Cayru em Salvador

Foto: Vanderson Nascimento/TV Bahia

A ‘Fonte da Rampa do Mercado’ ou ‘Monumento à Cidade de Salvador’, como é conhecida uma das mais emblemáticas obras do artista baiano Mário Cravo Júnior, foi destruída por um incêndio na tarde deste sábado (21).

De acordo com G1, localizada na Praça Cayru, entre o Elevador Lacerda e a Baía de Todos-os-Santos, no bairro do Comércio, a escultura era uma das mais conhecidas do artista e um dos principais cartões-postais da capital baiana. A obra foi construída na década de 1970 e era formada por fibra de vidro.

Após o incêndio, restaram apenas as estruturas de metal que sustentavam a fibra. Todo o resto foi consumido pelo fogo. Ainda não se sabe o que provocou o incêndio. Além do fogo alto, muita fumaça se formou no local.

O Corpo de Bombeiros Militar da Bahia esteve na praça onde fica o monumento, mas, segundo testemunhas, o fogo apagou antes mesmo da ação, depois de destruir a fibra. A área ao redor do monumento está em manutenção, e, por isso, estava fechada com tapumes. Quando os bombeiros militares chegaram no local, parte do material foi removido para permitir a aproximação.

Em nota, a Prefeitura de Salvador lamentou o caso e informou que vai reconstruir o monumento, por meio da Fundação Gregório de Mattos (FGM), que é ligada à Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult). Segundo o comunicado, o projeto original da obra será usado para a reconstrução. O material será doado pela família de Mário Cravo Júnior para a Prefeitura.

Prefeito de cidade na Paraíba é flagrado colocando dinheiro de propina na cueca

Foto: Reprodução/TV Globo

O prefeito de Uiraúna, João Bosco Nonato Fernandes (PSDB), cidade na Paraíba, apareceu em imagens captadas pela Polícia Federal escondendo maços de dinheiro na cueca. A sequência faz parte de denúncia da Operação Pés de Barro, deflagrada neste sábado, 21, que desarticulou organização criminosa dedicada à realização de pagamentos ilícitos e superfaturamentos de obras no sertão da Paraíba. As imagens foram divulgadas pelo Jornal Nacional, da TV Globo.

As investigações apuram pagamentos de propinas decorrentes do superfaturamento das obras de construção de uma adutora que deve se estender do município de São José do Rio do Peixe, na Paraíba a Uiraúna, no sertão da Paraíba. Entre outubro de 2018 e novembro de 2019, a empresa Coenco Construções, responsável pelas obras, recebeu dos cofres públicos R$ 14,7 milhões e, em decorrência da ação criminosa, repassou R$ 1,2 milhão ao deputado federal Wilson Santiago (PTB-PB) e R$ 633 mil ao prefeito, como propina.

O inquérito policial federal teve por base uma proposta de colaboração premiada, apresentada pela Polícia Federal e acolhida pelo ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), que está em sigilo. De acordo com a Veja, a ação teve busca e apreensão no Congresso e o deputado Santiago foi afastado do cargo pelo ministro Celso de Mello. Outras cinco pessoas são acusadas de integrar o esquema.

O advogado de Wilson Santiago, Luís Henrique Machado, afirmou, em nota, que o parlamentar recebeu “com respeito e acatamento” a decisão do ministro Celso de Mello e que ele está “tranquilo e demonstrará a inexistência de qualquer relação com os fatos investigados”. Com base nas denúncias, a Procuradoria Geral da República (PGR) denunciou os acusados pelos crimes de organização criminosa e corrupção e passiva.