Tag: Eleições – 2020

Condeúba – Eleições 2020: Realizada Convenção que indicou o prefeito Silvan e sua vice Mara à reeleição

POR Cleyton Silveira

O prefeito Silvan Baleeiro e sua vice Mara Rúbia foram indicados pela Convenção para a reeleição

Nesta terça-feira dia 15 de setembro de 2020, pela manhã das 09:00 às 12:00 horas foi realizada a Convenção em bloco dos partidos MDB, PSD E PL todos de sustentação ao prefeito Silvan Baleeiro e que também se incorporam as pré-candidaturas a prefeito de Silvan Baleeiro e Mara Rúbia como sua vice, conforme ficou definido e oficializado ontem na Convenção.

A Convenção foi meia que dispersa com poucas presenças de correligionários no Plenário da Câmara Municipal, por conta da fatídica pandemia que hora vivemos. De certa forma, foram mantidas algumas tradições nas Convenções deste ano, tanto na de ontem do grupo situacionista quanto na do grupo de oposição realizada no dia (9/9), que foram as queimas de fogos de artifícios.

Na Convenção de ontem foram indicados os nomes do prefeito Silvan Baleeiro – MDB para concorrer à reeleição e sua vice Mara Rúbia – PSD, além de 28 pré-candidatos a vereador, conforme segue relação de nomes e partidos:

PRÉ CANDIDATOS - PSD
1 - Toinho Terêncio
2 - Lucas Ruan
3 - Márcio da Ambulância
4 - Bell do Alegre
5 - Julinda Sousa
6 - Jeremias
7 - Lucidalva da Ótica
8 - Joãozinho da Venda
9 - Arlindo Guarda
10 - Tanaka
11 - Weberson Chaves
12 - Zé Maria
13 - Niltão da Feirinha
14 - Oclides da Silveira

Partido Liberal – PL 

1 - WiIliam da Academia 
2 - Paulinho da Mandassaia
3 - Fabinho de Nuna 
4 - Darinalda
5 - Reginaldo Nascimento 
6 - Nena 
7 - Luiz do Conselho 
8 - Normando Brito 
9 - Dom Ribeiro 
10 - Junior do Bandarra 
11 - Elton da Lagoinha 
12 - Cesar de Aruanes 
13 - Isael Aragão 
14 - Isabel Rocha.

Chapa de oposição

A oposição realizou sua Convenção no dia 9 de setembro e ficou indicado e oficializado os pre-candidatos a prefeita Ângela Cruz – PSB e o vereador Silvano dos Santos – PSOL como seu vice-prefeito. Além de 18 pre-candidatos a vereador, conforme segue relação de nomes e partidos:

PSOL
1 - Professor Santana
2 - Fabiano Tem de Tudo
3 - Carlos do Barreiro Grande
4 - Arlete
5 - Adailton Ramos
6 - Vanda Barros
7 - Professora Eliana                                                                                                                        
8 - Wandras

 PSB
1 - Conceição Nascimento
2 - Carlito
3 - Luciene (Tia Lu)
4 - Maurílio Guilherme
5 - Zé Reis
6 - Sena da Boa Vista
7 - Có do gás
8 - Cida de Lerim
9 - Cassinho da Rádio
10 - Professor Ítalo

TRE-BA divulga lista de convocações de mesários para as Eleições 2020

Foi divulgada nesta segunda-feira (14), pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), a lista de convocações de mesários para as Eleições 2020.

Os eleitores nomeados como mesários no 1º turno estão automaticamente convocados para o 2º turno, onde houver. Os arquivos com os nomes dos convocados serão atualizados semanalmente, quando necessário. Nesse intervalo de tempo poderá haver alteração nas convocações que, portanto, não constarão no último arquivo publicado.

No site é possível consultar, em caso de dúvida, qual é o cartório da sua Zona Eleitoral. O TRE estima que quase 110 mil mesários, entre convocados e voluntários, atuem nas Eleições Municipais 2020. Este número pode sofrer redução após o trabalho de agregação das seções, que será concluído pelas zonas eleitorais no dia 8 de outubro.

O trabalho do mesário não é remunerado. A Justiça Eleitoral vai realizar treinamento online e, no dia da votação, adotará protocolos rígidos de segurança, como a ampliação de mais uma hora para votar, além do fornecimento de EPIs, entre os quais, máscaras e álcool em gel.

Eleições 2020: Com discurso inflamado na convenção de Isidório, Coronel faz aceno a setor empresarial e manda recado para ACM Neto

O coordenador da campanha do Pastor Sargento Isidório a prefeitura de Salvador, o senador Ângelo Coronel (PSD), foi o único da noite da convenção partidária Avante-PSD-PMB, na noite desta segunda-feira (7), a fazer um discurso mais inflamado. As falas do ex-presidente da Assembleia Legislativa foram recados, mesmo que não específicos, ao prefeito de Salvador ACM Neto (DEM), além de um aceno ao setor empresarial, principalmente a classe média, fatia do eleitorado a qual Isidório busca aproximação.

“Tudo que foi feito em Salvador é bonito, bom, maravilhoso: praças, Centro de Convenções… vamos mantê-los todos. Mas precisamos construir o grande caminho da maior obra divina que é cuidar das pessoas”, comentou.

O pessedista reclamou da carga tributária de Salvador e alegou da prefeitura não ter dado apoio suficiente aos comerciantes que passaram por crise recente, principalmente a motivada pela pandemia do novo coronavírus.

“O foco é a geração de emprego ao jovem. Onde os empresários deixam de investir pois estão vivendo com IPTU lá no alto, ISS, taxas e mais taxas e hoje não podemos fazer isso. Os comerciantes de Salvador não tiveram uma mão amiga de nenhuma pessoa da equipe atual da prefeitura, nem a palavra vai melhorar foi dada, nem um carinho foi dado as essas pessoas [empresários], nada foi feito”, criticou.

“Muita gente pode falar que Coronel está defendendo o empresariado, mas, veja bem, sem empresa e sem empresário não há emprego. Emprego e empresa têm que estar unidos […] Do jeito que está, estamos vivendo a Salvador da fachada, e queremos viver a Salvador da realidade, a Salvador que pode cuidar das pessoas e isso será o que essa chapa vai apresentar. Tenha certeza que a equipe é boa”, completou.

Apesar de um estilo morde e assopra em suas respostas ao ser provocado a comentar ou criticar adversários, Coronel mostrou, em sua fala, o tom que deverá ser adotado quando a campanha começar oficialmente.

Condeúba – Eleições 2020: Foi lançado os nomes do atual prefeito Silvan e a vice Mara para reeleição

Por Paulo Henrique

O atual prefeito de Condeúba Silvan Baleeiro e sua vice-prefeita Maria Rúbia lançam seus nomes à reeleição

Nesta manhã do dia 07 de setembro de 2020, em assembleia com várias lideranças política do município de Condeúba e pré-candidatos a vereadores, o grupo da situação que é liderado pelo ex-prefeito Odílio da Silveira e pelo atual prefeito Silvan Baleeiro. Lançaram a pré-campanha de prefeito Silvan Baleeiro e vice-prefeita Mara Rúbia até a convenção oficial que acontecerá no próximo dia 15 de setembro.

TSE libera candidatura de políticos que estariam inelegíveis até outubro Beneficia condenados em 2012

Fachada do TSE. Brasília-DF, Foto: Roberto Jayme/Ascom/TSE

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) decidiu nesta 3ª feira (1º.set.2020) que a mudança na data das eleições devido à pandemia beneficia candidatos que estariam impedidos de disputar o pleito com base na Lei da Ficha Limpa até outubro. Por maioria de votos, os ministros entenderam que os candidatos não estão mais inelegíveis com a alteração.

O caso foi decidido por meio de uma consulta feita pelo deputado Célio Studart (PV-CE), questionando se 1 candidato cuja inelegibilidade vencia em outubro, quando se realizaria a eleição, pode ser considerado elegível para disputar o pleito em 15 novembro, nova data da eleição estabelecida pelo Congresso.

O congressista argumentou que, na nova data, já estaria vencido o prazo de 8 anos de inelegibilidade para os condenados por abuso de poder político e econômico nas eleições de 2012, por exemplo. Isso porque, nesses casos, conforme deliberado pela própria Justiça Eleitoral, a contagem teve como marco inicial o dia 7 de outubro, data do 1º turno da eleição daquele ano.

Devido à pandemia da covid-19, o Congresso promulgou emenda constitucional que adiou o 1º turno das eleições deste ano de 4 de outubro para 15 de novembro. O 2º turno, que seria em 25 de outubro, foi marcado para 29 de novembro.

A decisão da maioria dos ministros do TSE segue recomendação da área técnica do Tribunal. Em parecer (íntegra – 63 KB), os técnicos da Corte dizem que o Congresso deveria ter se manifestado sobre o assunto caso desejasse o veto aos candidatos fichas sujas.

“Não tendo o Congresso Nacional optado por postergar o prazo final das inelegibilidades em razão da alteração da data do pleito para o mês de novembro, entende-se não haver campo para que tal providência se dê no âmbito desta Corte Superior”, diz o parecer.

Caculé: Pré-candidatos a prefeito repudiam fake news e apoiam uma campanha limpa

Foto: WhatsApp

Os pré-candidatos à prefeitura de Caculé, Charles Martins, Pedro Dias, Sônia Santana e Willian Lima, se reuniram em um ato para apoiar uma campanha limpa e sem fake news. As últimas notícias falsas veiculadas com o objetivo de denegrir e expor a imagem de moradores da cidade foi o estopim para a manifestação.

Os pré-candidatos se reuniram na Praça da Igreja Matriz durante o ato. Na oportunidade, eles fizeram um apelo à comunidade para acabar com as notícias falsas. “Queremos uma Caculé unida. Somos adversários, mas não somos inimigos.

Repudiamos qualquer tipo de fake News. Prezamos por uma campanha lima, de propostas e de trabalho. Esse não é nosso perfil. Somos totalmente contra e repudiamos esse tipo de atitude”, disseram.

Eleições 2020: Convenções partidárias podem ser realizadas a partir desta segunda-feira (31)

Foto: divulgação

As convenções partidárias para as eleições municipais de novembro já podem ser realizadas a partir desta segunda-feira (31). O prazo para definir os candidatos aos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador vai até o dia 16 de setembro, respeitando o novo calendário eleitoral prorrogado pela Emenda Constitucional 107/2020, em decorrência da pandemia de Covid-19.

Convenções partidárias são reuniões realizadas por partidos políticos, em que filiados e filiadas, com direito a voto, na forma do estatuto, escolhem os candidatos e candidatas que disputarão o pleito. Também é neste momento que o partido decide se vai participar da eleição majoritária (prefeitos e vice-prefeitos), proporcional (vereadores), ou ambas; sorteia os números com os quais os candidatos irão concorrer; entre outras decisões. Portanto, a convenção é uma das etapas mais relevantes do processo eleitoral.

A grande novidade para as eleições 2020 é que vários procedimentos – da convenção partidária ao registro das candidaturas – podem ser online, como forma de atender às recomendações médicas e sanitárias. Além da convenção virtual, será possível digitar a ata, registrar lista de presença, fazer cadastro dos candidatos e encaminhar tudo pela internet para a Justiça Eleitoral. O formato virtual também poderá ser adotado para a definição dos critérios de distribuição dos recursos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC). As legendas devem garantir ampla publicidade, a todos os seus filiados, das datas e medidas que serão adotadas. Continue lendo

TSE: candidatos não podem participar de lives de artistas para promover campanhas

Por unanimidade, o Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou, em sessão extraordinária desta sexta-feira (28), que candidatos não podem participar de lives promovidas por artistas com o intuito de fazer campanha eleitoral.

O posicionamento do Tribunal é uma resposta à consulta feita pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) questionando se seria legítima a participação de candidatos em eventos virtuais não remunerados, como as transmissões ao vivo de artistas pela internet, ideia que tem recebido o nome de “livemício”.

Diante da pandemia causada pelo coronavírus (Covid-19) e das medidas de isolamento social recomendadas por autoridades de saúde, o partido questionou se a regra do §7º do art. 39 da Lei 9.504 permite realização de apresentação dos candidatos aos eleitores juntamente com atores, cantores e outros artistas através de shows (lives eleitorais) não remunerados e realizados em plataforma digital.

Em seu voto, o ministro relator Luis Felipe Salomão destacou que a proibição compreende não apenas a hipótese de showmício como eventos assemelhados e alcança eventos dessa natureza.

Ele lembrou que a Emenda Constitucional nº 107/2020, que trouxe modificações significativas no calendário eleitoral justamente por força da pandemia, não abriu espaço para qualquer ressalva a autorizar interpretação diferente da regra prevista na Lei das Eleições.

O presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, lembrou que a constitucionalidade da norma que proibiu a realização de showmício (Lei n 11.300/2006) está sendo questionada no Supremo Tribunal Federal (STF), particularmente na hipótese em que não haja remuneração.

“No entanto, como há um texto legal em vigor não declarado inconstitucional, penso que a posição adotada pelo ministro Luís Felipe Salomão é a que corresponde a interpretação adequada da lei em vigor”, finalizou.

Presidente do TSE convoca brasileiros para atuarem como mesários nas eleições

Foto – Wilker Porto

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, convocou os brasileiros comprometidos com o interesse público a atuarem como mesários voluntários nas Eleições Municipais de 2020, ajudando no fortalecimento da democracia brasileira.

O pleito, para escolha de prefeitos, vice-prefeitos e vereadores, ocorrerá nos dias 15 e 29 de novembro em 5.569 municípios do país. “Quero convocar brasileiros patriotas, idealistas, comprometidos com o interesse público, para que venham ajudar a democracia brasileira prestando um relevante serviço como mesários”, conclamou o ministro, ressaltando que os 32 anos ininterruptos de democracia vividos pelo país são uma benção.

Ao convocar os cidadãos para participação voluntária como mesários, o presidente do TSE enfatizou que esse é o mais longo período de estabilidade institucional da vida brasileira e que, em apenas uma geração, o país superou todos os ciclos do atraso.

Também afirmou que a eleição é um dos ritos vitais da democracia, pois é por meio do voto “que garantimos nosso presente e desenhamos nosso futuro”.

O mesário voluntário é aquele eleitor que espontaneamente se habilita a atuar na recepção de votos e na condução dos trabalhos na seção eleitoral, contribuindo para a transparência das eleições e para o fortalecimento da democracia.

O trabalho de mesário é fundamental para o sucesso do pleito, pois permite que a votação seja conduzida com tranquilidade. É ele que recebe os votantes, coleta as assinaturas ou as impressões digitais e constata quais eleitores faltaram, podendo atuar ainda na logística da votação.